FORÇA DO PENSAMENTO

Boletim Doutrinário do cruzeiro da luz – Ano 2010 – 52

“Somos o que pensamos.

Tudo o que somos vem dos nossos pensamentos.

Com nossos pensamentos fazemos o mundo.”

(Buda)

"Eu sou a luz do mundo.

Quem me segue, nunca andará em trevas,

mas terá a luz da vida." (Jo 8.12)

EXUS & POMBA-GIRAS

É importante que nós Umbandistas e médiuns da Umbanda tenhamos conceitos corretos a respeito de Exu e Pomba Gira. Vamos, a partir de agora, ver o  Exu e a Pomba Gira  como aquela polícia que guarda e toma conta das ruas, obedecendo sempre a uma hierarquia de  comando. Nos Templos de Umbanda é o Exu chefe do Templo que detém esta autoridade, e acima dele os guias chefes da Casa.

Podemos comparar os Exus, de forma didática e em padrão vibratório alto, como aqueles “lixeiros” alegres que passam pelas ruas recolhendo toda a “sujeira”. Vêm com brincadeiras e algazarras, mas fazem um trabalho enorme em benefício da sociedade, que, diga-se de passagem, é muito pouco reconhecido. E as Pomba-Giras seriam as “margaridas”, mulheres que trabalham também na limpeza de nossas ruas e nossa cidade, exercendo a sua profissão com presteza e determinação. 

Assim como devemos ter um conceito mais respeitoso do Exu, devemos também dedicar mais respeito aos trabalhos das Pomba Giras, deixando de encará-las como mulheres vulgares e da vida, que só vêm “para arranjar casamento” ou o que é pior, para desfazer casamentos…

Isto é uma coisa absurda e vulgar… O trabalho da Pomba Gira é sério. É também um trabalho de descarrego, de limpeza, de união entre as pessoas, de aconselhamento e mensageiras. De abertura dos caminhos da vida, seja do ponto de vista material, mental ou espiritual.

O que é esse lixo? Nossos pensamentos negativos. Nossa sociedade desigual, perversa e preconceituosa. Nossas ações. Nossas emoções negativas se sobrepondo à nossa capacidade de amar.

Por isso devemos respeitar ao máximo o trabalho dos Exus, levando-os a sério e não os desrespeitando e nem os menosprezando. 

Sabendo que a religião de Umbanda, segundo o Caboclo das Sete Encruzilhadas é “a manifestação do espírito para a caridade”, qual a principal função desempenhada pelos Exus nos nossos Templos, Terreiros, Casas ou Centros?

Na Umbanda o Exu é uma Entidade que cuida da Segurança da casa e de seus médiuns. Todas as religiões têm Entidades que cumprem esse papel. Um bom exemplo disso são as comunicações recebidas por Chico Xavier e Divaldo Franco que  mostram a existência  desses espíritos trabalhando também no Plano Astral.

Infelizmente as cabeças fantasiosas de irmãos sem doutrina, evangelho e estudo espiritualista sério descarregam nos Exus suas enfermidades emocionais e mentais, transformando-os em entidades vagabundas, maldosas e demoníacas. Nada mais errado. Essas entidades malévolas são denominadas na Umbanda de Quiumbas (espíritos ainda presos à ignorância e ao desamor). Nada têm a ver com os verdadeiros Exus da Umbanda, pois esses são espíritos de luz que se sacrificam e assumem roupagens mais concretas e densas para militar, trabalhar e defender os seus irmãos de caminhada evolutiva contra as suas próprias emanações pesadas e aquelas produzidas por esses espíritos chamados de Quiumbas.

A Reunião de Exu ou Gira de Exu tem como finalidade descarregar os médiuns e os consulentes. Unindo suas energias, eles são capazes de entrar em contato e orientar mais facilmente com espíritos que ainda não encontraram um caminho. Estes espíritos vivem entre os encarnados, prejudicando-os, obsediando-os e até mesmo trazendo-lhes um desequilíbrio tão grande que são considerados loucos. Para este trabalho eles necessitam muito de nosso equilíbrio e de nossa energia. Nosso equilíbrio é utilizado por eles nos momento em que as entidades sofredoras se aproximam ou acompanham certos aconselhandos. Entram para serem ajudadas, com o consentimento do Exu Guardião da Tronqueira. Muitos desses espíritos desorientados não conseguem nem se aproximar dos Templos de Umbanda, pois os Exus da Tronqueira ficam encarregados de fazerem uma triagem liberando a passagem apenas dos espíritos que eles percebem já estarem prontos para o socorro, ou seja, prontos para seguirem um novo caminho longe do encarnado ao qual estava apegado.

Este trabalho de separação é feito por eles com muito empenho e seriedade, sem, na maioria das vezes, ser percebido nem pelo aconselhando, nem pelos membros da corrente, e assim é que deve ser, para que não haja fantasias e superstições, e será muito melhor sucedido se o encarnado der continuidade ao mesmo, pelo tratamento de desobsessão e melhorando os seus pensamentos e se livrando da negatividade e do medo. 

Os Exus são espíritos que riem, fazem troça, mas não brincam em serviço. Como diz o Sr. Malandrinho, brincam trabalhando e trabalham brincando. Por este motivo, devemos ter por eles o maior respeito e consideração, pois eles são os nossos guardiões e da Gira, reponsabilizando-se pela limpeza dos fluidos ou energias mais pesadas.

Cada pessoa que entra em uma casa de Umbanda traz consigo seu saco de lixo cheio (são seus pensamentos, suas raivas, suas desilusões…) e são os Exus os trabalhadores encarregados de juntarem todos estes sacos para descarregar, dando a cada um de nós a oportunidade de diminuirmos o nosso lixo e facilitando nossas próximas limpezas. Cada vitória nossa é para estes espíritos trabalhadores um passo no caminho do desenvolvimento.

A saudação ao Exu é Laro Yê = Salve, Senhor.

Exu é mojubá – Moju (viver a noite, ver no escuro) + Bá (armar emboscadas) ou seja “armar emboscadas contra o mal, na noite das sombras, que seus olhos têm o poder de enxergar”.

Mas, na Umbanda o trabalho dos Exus é o de guardião, aconselhador e mensageiro. Assim ao cumprimenta-lo estamos dizendo: Salve aquele que vive à noite e que arma emboscadas contra o mal. Assim estamos reconhecendo seu poder e ao mesmo tempo estamos pedindo “Àquele que enxerga no escuro, que nos livre das emboscadas das sombras”.

Alguns Nomes de Pomba-Giras

Pomba Gira do Cruzeiro, da Calunga, do Cemitério, Maria Padilha, Maria Mulambo, Cigana, Ciganinha, da Calunga, Maria Rosa, Rosa Vermelha, Rosa do Cruzeiro, Sete Véus, Sete Cravos, Maria da Encruza, da Rosa Branca e Vermelha, Menina da Estrada, da Figueira, do Jardim, etc… São as diversas falanges de Pomba-Giras.

Alguns Nomes de Exus

Sete Encruzilhadas, Veludo, Caveira, Tranca Rua, Caveirinha, Táta Caveira, Exú Campina, Exú do Cruzeiro, Calunga, do Lodo, Lalu, da Madrugada, da Meia Noite, Mangueira, Mulambo, Mulambinho, Malandro, Malandrinho, Gira Mundo, Tiriri, Marabô, Sete Capas, Cadeado, Capa Preta, dos Ventos, Quebra Galho, Sete Covas, Sete Catacumbas, Sete Luas, Sete Sombras, Três Punhais, Três Cruzes, Sete Chaves, Tranca Tudo, Tira Teima, Zé Pilintra, Cigano,  e muitos outros. São as diversas falanges de Exus.

São nomes místicos das diversas falanges da Linha de Exu, que representam ou passam a mensagem ligada às suas atividades nobres de combate ao mal, sendo a luz nas sombras, ou seja, instrumentos Divinos nos ambientes energéticos baixos e condensados no sentido atrair e salvar os que lá se encontram prontos para serem retirados, e combater aqueles que se mantêm empedernidos no mal.

PROGRAMA RELIGIOSO NO CRUZEIRO DA LUZ

SÁBADO, DIA 06 DE MARÇO, ÀS 17:00h.

SESSÃO ESPÍRITA DE UMBANDA (GIRA)

.PRECES E PALESTRA DOUTRINÁRIA

.PASSES COM OS MENSAGEIROS DE XANGÔ

.CORRENTE DE CURA DA MÃE SANTÍSSIMA

.ACONSELHAMENTO COM OS EXUS E POMBA GIRAS

QUINTA-FEIRA, DIA 11 DE MARÇO, ÀS 19:30h

.PRECES E PALESTRA DOUTRINÁRIA

.PASSES

. TRATAMENTO ESPIRITUAL DE DESOBSESSÃO

CURSO DE EVANGELIZAÇÃO PARA CRIANÇAS E JOVENS

TURMAS DE 5 A 17 ANOS

O curso de Evangelização Infantil é voltado ao público infanto-juvenil que deseja conhecer o Evangelho de Jesus, as religiões, a Espiritualidade. Evangelizar é plantar sementes na formação do indivíduo, para que   esteja mais próximo da verdade de Deus.

INSCRIÇÕES NA BIBLIOTECA DO TEMPLO

Rua Grajaú, 33 – Grajaú – RJ

INÍCIO DAS AULAS: 10 DE ABRIL DE 2010

A MÃE SANTÍSSIMA É A BELA ESTRELA DE JESUS QUE DISTRIBUE SUA LUZ DE CONSOLO E CURA A TODOS OS QUE DELA SE APROXIMAM COM FÉ E AMOR. DELA OS GUIAS E MENTORES RECEBEM TODA A GRAÇA DE ENERGIA E VIBRAÇÃO, A SER DISTRIBUIDA NO TRABALHO DE CARIDADE, NO CRUZEIRO DA LUZ.

ELA É QUE FAZ TUDO NESTE TEMPLO, EM NOME DE SEU FILHO, AMADO DE TODOS NÓS.

Cab. Ventania de Aruanda

Senhora, teu nome é suspiro da alma.

Teu nome é perfume de unção.

O nome de Maria é alegria para o coração,

Mel na boca, melodia para ouvidos.

Senhora nossa, única esperança,

Ilumina nossa mente

Com o esplendor de tua graça,

Purifica-a com o candor da tua pureza,

Aquece-a com o calor de tua presença.

Reconcilia-nos com teu Filho Jesus.

Amém”

Sto. Antonio de Pádua

TEMPLO ESPIRITUALISTA DO CRUZEIRO DA LUZ

CASA DA MÃE SANTÍSSIMA

“Per Crucem ad Lucem”

RUA GRAJAÚ, 33  GRAJAÚ  RIO DE JANEIRO/RJ

Registro no Cartório de Pessoas Jurídicas/RJ nº 234.104

www.cruzeirodaluz.org.brboletim_esp@terra.com.br

 

Nada na vida acontece em vão:
Se um dia ao acordar, você encontrasse, ao lado da sua cama, um lindo pacote embrulhado com fitas coloridas, você o abriria, antes mesmo de lavar o rosto, rasgando o papel, curioso para ver o que havia dentro…
Talvez houvesse ali algo de que você nem gostasse muito… Então você guardaria a caixa, pensando no que fazer com aquele presente aparentemente "inútil" …
Mas no dia seguinte, lá está outra caixa…
mais uma vez, você abre correndo, e dessa vez há alguma coisa da qual você gosta muito…
Uma lembrança de alguém distante, uma roupa que você viu na vitrine, a chave de um carro novo, um casaco para os dias de frio ou simplesmente um ramo de flores de alguém que se lembrou de você…
E isso acontece todos os dias, mas nós nem percebemos…
Todos os dias quando acordamos, lá está, à nossa frente, uma caixa de presentes enviada por Deus, especialmente para nós: um dia inteirinho para usarmos da melhor forma possível!
Às vezes ele vem cheio de problemas, coisas que não conseguimos resolver, tristezas, decepções, lágrimas…
Mas outras vezes, ele vem cheio de surpresas boas, alegrias, vitórias e conquistas…
O que mais importante é que, todos os dias, Deus embrulha para nós, enquanto dormimos, com todo o carinho, nosso presente: O DIA SEGUINTE!
Ele cerca nosso dia com fitas coloridas, não importa vir…
A esse dia quando acordamos, chamamos PRESENTE…
O PRESENTE de Deus pra nós.
Nem sempre Ele nos manda o que esperamos, o que queremos…
Mas Ele sempre, sempre e sempre, nos manda o melhor, o de que precisamos, e que é sempre muito mais do que merecemos…
Abra seu PRESENTE todos os dias, primeiro agradecendo a quem o mandou, sem se importar com o que vem dentro do "pacote“.
Sem dúvida, Ele não se engana na remessa dos pacotes.
Se não veio hoje o PRESENTE que você esperava, espere…
Abra o de amanhã com mais carinho, pois a qualquer momento, os sonhos e planos de Deus pra você chegarão, embrulhadinhos pra PRESENTE!

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s