Saúde

Argila, lecitina de soja

LECITINA DA SOJA: Em seu estado natural a lecitina existe na gema do ovo e no fígado de boi. Sua melhor fonte é a soja. Quando ingerida a lecitina permite ao organismo produzir uma espécie de sabão que “lava” o sangue. E tem mais: É excelente nutriente cerebral prodzindo colina, lisina e valina em quantidades como se tivessem sido injetadas na própria veia.

A lisina combate dores reumatismais – Dores ligeiras a moderadas – Hipertermias.

Acetilcolina consiste numa substância química que atua como neurotransmissor, transmitindo os impulsos nervosos entre as células do sistema nervoso.

Valina é um aminoácido essencial para o funcionamento do organismo.

ARGILA: Poderoso agente da REGENERAÇÃO celular.

Como você sabe, cada célula tem função específica para a manutenção do funcionamento de nosso organismo.

Quando a célula está oxidada se apresenta na corrente sanguínea como se fosse o pára-brisa sujo de óleo. O sangue chega até ela, mas não consegue fazer a troca das impurezas que deveriam jogar na corrente sanguínea. Se não bastasse, devido não ter feito a troca como deveria, por estar oxidada, a célula impede que o sangue purificado pelo sistema possa nutri-la. Aí entra o envelhecimento precoce  debilitando um organismo que passa a ser presa fácil dos famigerados “itis”. Como se sabe o sufixo “it” é empregado para classificar inflamações: Artrite, bursite, amidalite, laringite, tendinite, etc.

Para os mais abastados a medicina ortomolecular disponibiliza medicamentos e tratamentos que desoxidam as células com grandes possibilidades de cura ou melhor qualidade de vida. Munidos de equipamentos ultra-modernos profissionais examinam um fio do cabelo (os carecas dançaram) conseguindo classificar quais minerais ou elementos nutricionais aquele organismo está carente.

A Medicina Ortomolecular é o ramo da ciência cujo objetivo primordial é restabelecer o equilíbrio químico do organismo. Este acerto (orto=certo) das moléculas se dá através do uso de substâncias e elementos naturais, sejam vitaminas, minerais, e/ou aminoácidos. Estes elementos, além de proporcionarem um reequilíbrio bioquímico, combatem os radicais livres. Mas por que o organismo se desequilibra? Para entendermos como isto se dá, podemos partir de uma analogia. O organismo é uma máquina que está permanentemente se produzindo. Durante este processo de produção podem surgir falhas, seja na chegada de matéria-prima (vitaminas, minerais, etc.), seja na própria integração de todo e qualquer sistema que compõe a máquina. Estes sistemas devem trabalhar de forma harmoniosa, como uma engrenagem.

Não tendo grana:

Argila e lecitina de soja é a melhor pedida.

Suco da babosa, também.

Para os não chegados a termos técnicos que acontece de fato com nosso organismo é o mesmo mostrado na fabula do Chapeuzinho Vermelho: A hemácia limpinha e bem nutrida pega carona na corrente sanguínea para visitar sua vovozinha, a célula. Estando oxidada pelo Lobo Mau da má alimentação, da vida sedentária ou desregrada, a oxidação não deixa que a cestinha da vida que a hemácia está trazendo possa entrar. A vovó (celula doente) só é descoberta pelos gemidos provocados pelos famigerados it´s que são apenas um dos estágios de sofrimento e dor provocados pela artrites…

E aí entra o caçador (médico) para salvá-la…

DEVANIR

Existem outras receitas:

http://www.tuasaude.com/remedio-natural-para-artrite/

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s