2012

A verdade sobre 2012, e uma previsão terrível

                Recebi um email de uma leitora relatando sobre um onda de medo que estava ocorrendo em sua cidade com relação ao que poderia acontecer no final de 2012. Ela relatava que havia uma previsão de um tsunami que iria acabar com sua cidade. Algumas pessoas estavam em pânico, e outras riam da situação. Ela me perguntou qual seria a minha opinião sobre esse assunto, e o que ela poderia falar para seus alunos da escola que a questionavam.

                Certa vez assisti uma palestra de um mestre espiritual, Eckhart Tolle, onde ele falou sobre esse tema. Disse não saber ao certo o que vai acontecer em 2012, mas revelou uma previsão chocante, terrível, e infalível. Ele disse: ” Daqui a 90 anos, todo mundo que você conhece, inclusive você mesmo, já terá morrido”. Foi engraçado, mas é realmente algo que ninguém pode contestar.

                A grande lição que ele deu nessa palestra é que o problema não é o que vai acontecer, e sim como nos sentimos agora. É esse medo que precisa ser curado para vivermos o agora. Esse medo é que é a doença que precisa ser tratada. Afinal de contas, ninguém tem como garantir o que vai acontecer no futuro. A pessoa fica com medo de morrer no tsunami ou em alguma catástrofe natural no final de 2012 ou mais adiante e deixa de ser feliz no presente (que é tudo que existe), e amanhã ela dá uma topada, cai no chão e morre.

                Morrer todos nós vamos, mais dia menos dia. Viver com medo e tentando prever como isso vai acontecer nos deixa tensos e nos impede de aproveitar a vida. Não seria uma loucura ficar pensando que podemos morrer a cada dia de alguma coisa imprevisível e ficar tomado pela angustia constantemente? O ego adora viver no futuro e nos causar constantes preocupações de diversas formas. É medo da velhice, de não ter dinheiro, do casamento acabar, do filho morrer, de ser demitido…

                Um dia, vamos morrer. Um dia, a vida na terra será extinta. Um dia, até o sol vai explodir e este sistema solar não existirá mais. É a natureza do universo, do mundo da forma. A unica coisa que é constante é a impermanência. E nós somos parte intrínseca deste universo.

                O somatório desse medo individual cria uma nuvem de medo no inconsciente coletivo e influencia negativamente a população ajudando a causar pânico, depressão, pessimismo e doenças. Acredito até que, com tanta negatividade que é gerada através do medo, criamos também uma influência na natureza que favorece fenônemos naturais destrutivos como tempestades, furacões, ondas de frio ou calor. O planeta é um organismo vivo por inteiro, somos como células dentro dele. Se as células não estão bem, acabam provocando danos no resto do corpo.

                Eu particularmente não acredito que vai acontecer algo especialmente trágico. Nada além do que já vem ocorrendo.  E se quisermos ajudar a criar um planeta harmonioso, só há um caminho: curar a nossa negatividade individual, o que acaba trazendo efeitos positivos no inconsciente coletivo e também para a natureza.

                Mas eu entendo perfeitamente como esses medos são contagiosos e parece que as vezes penetram na nossa mente. A negatividade é sempre um fenômeno individual e coletivo ao mesmo tempo. Para todos os medos que você tem, pode ter certeza,  existem milhões de pessoas que tem medos idênticos aos seus. Os pensamentos e sentimentos negativos são energias que circulam no inconsciente coletivo e que muitas vezes captamos. São como vírus e bactérias que tem o potencial de entrar no nosso organismo quando estamos com imunidade baixa e nos fazer adoecer. Podemos captar e alimentar esses pensamentos dentro de nós, aumentando ainda mais a energia coletiva, ou podemos nos curar a cada vez que nos contaminarmos com esses  pensamentos doentes, o que ajuda a curar o coletivo. Eu mesmo lembro que já passei um tempo com pensamentos negativos a respeito de 2012, mas felizmente me curei. E olhe que me considero uma pessoa muito pouco sugestionável.

                Podemos utilizar a EFT para tratar e curar esse medo. Vamos ver um exemplo de como isso pode ser feito. Primeiramente, vamos descrever todos os pensamentos, imagens e memórias que estão em torno desse medo, verbalizando tudo. É muito útil também se anotarmos em um papel. Detalhe o máximo possível. Exemplo: “Tenho medo que o mundo se acabe em 2012. Fico pensando que um tsunami pode atingir a minha cidade. Entro em pânico só de pensar nisso. Esses pensamentos não me saem da cabeça. Lembro de tal pessoa que fez essa previsão catastrófica. Lembro ainda das imagens do filme tal (se possível, descreva as imagens). Vejo outras pessoas com esse mesmo medo (liste as pessoas que você conhece que também tem esse medo). Isso aumenta ainda mais o meu medo. Fico imaginando como será o mundo depois. Do que adianta trabalhar, fazer planos, cuidar da saude? Sinto medo por não ter certeza. Sinto medo do que pode acontecer”.

                Depois de descrever minuciosamente todos os pensamentos e sentimentos, é hora e aplicar a primeira rodada de EFT:

Frase de preparação (repete 3 x enquanto bate no ponto do caratê): “Mesmo que eu sinta  medo que o mundo se acabe em 2012, eu me aceito profunda e completamente”

Topo da cabeça:  Tenho medo que o mundo se acabe em 2012.

Início da sobrancelha: Fico pensando que um tsunami pode atingir a minha cidade.

Lateral do Olho: Entro em pânico só de pensar nisso.

Embaixo do olho: Esses pensamentos não me saem da cabeça.

Embaixo do nariz: Lembro de tal pessoa que fez essa previsão catastrófica.

Embaixo do lábio inferior: Lembro ainda das imagens do filme tal (se possível, descreva as imagens).

Osso da Clavicula: Vejo outras pessoas com esse mesmo medo (liste as pessoas que você conhece que também tem esse medo).

Embaixo da axila: Isso aumenta ainda mais o meu medo.

Topo da cabeça: Fico imaginando como será o mundo depois.

Inicio da sobrancelha: Do que adianta trabalhar, fazer planos, cuidar da saude?

Lateral do olho: Sinto medo por não ter certeza.

Embaixo do olho: Sinto medo do que pode acontecer

Embaixo do nariz:  Tenho medo que o mundo se acabe em 2012.

Embaixo do lábio inferior: Fico pensando que um tsunami pode atingir a minha cidade.

Osso da clavícula: Entro em pânico só de pensar nisso.

Embaixo da axila: Esses pensamentos não me saem da cabeça.

                Terminada a rodada, verifique o seguinte. Alguma frase perdeu o sentido pra você? Elimine estas frases. Alguma frase modificou o sentido, mas ainda tem algum sentido? Modifique as frases para ajustar de acordo com sua forma de sentir e pensar. Surgiu alguma frase nova que antes não existia? Acrescente estas frases.

                Pegue todo este material que você descreveu conforme ensinei no parágrafo anterior, e faça mais uma rodada de EFT. Ao término da rodada, repita a análise e crie uma nova rodada. Repita esse processo até que TODAS as frases tenham perdido completamente o sentido. Neste momento, você estará curado do medo e conseguirá viver sua vida no momento presente, sendo feliz agora que é o que realmente importa. Você continuará sem saber o que vai ocorrer no futuro, mas isso não mais poderá tirar sua paz interior. Você se sentirá confortável, mesmo diante da incerteza e impermanência da vida.

                Para quem deseja uma experiencia mais profunda com a EFT, estarei ministrando cursos presenciais de EFT nas seguintes cidades:

Rio de Janeiro (EFT e o Perdão) dias 14 e 15 de março: http://www.eftbr.com.br/curso-presencial.asp?i=41

Salvador (Curso Basico de EFT): http://www.eftbr.com.br/curso-presencial.asp?i=28

São Paulo (Curso Básico de EFT): http://www.eftbr.com.br/curso-presencial.asp?i=11

Belo Horizonte (Curso Básico de EFT): http://www.eftbr.com.br/curso-presencial.asp?i=18

Porto Alegre (Curso Básico de EFT): http://www.eftbr.com.br/curso-presencial.asp?i=13

Brasilia (Curso Básico de EFT): http://www.eftbr.com.br/curso-presencial.asp?i=33

Abraços,

Andre Lima – www.eftbr.com.br

                                    (81) 8721-2534           

 

 

Ola a Todos,

RE: SEMINARIO: PENSAMENTO E FISIOLOGIA DO PENSAMENTO

Para conhecimento de todos, quem tiver interesse em assistir o seminário de ontem, PENSAMENTO E FISIOLOGIA DO PENSAMENTO, poderá acessa-lo via nossa website (necessário acessar via internet explorar) pois estamos em manutenção, talvez não esta acessando via google, sendo:

http://www.spiritistps.org/br/ao-vivo/

ou via:

http://pt-br.justin.tv/spiritistps/videos

Votos de Muita Paz.

The Spiritist Psychological Society

Registered Company 07280490

Registered Charity 1137238

www.spiritistps.org

Evanise M Zwirtes

 

 

 

11 dicas práticas para acelerar o metabolismo

Saiba quais alimentos e hábitos podem ajudar no processamento das calorias

Por Especialista – publicado em 14/03/2012

2K

Escrito por: Daniela Hueb

Dermatologia e medicina estética

foto especialista Especialista Minha Vida

O metabolismo nada mais é do que a forma como nosso organismo processa as calorias que ingerimos. Enquanto se é jovem, o metabolismo é rápido. Por isso, na adolescência, muitos comem sem parar e continuam magros, mesmo depois de um pacote inteiro de bolacha recheada, por exemplo.

Depois dos 30, entretanto, a coisa pega. Principalmente nas mulheres, cujo organismo tem mais tecido gorduroso e esse é o grande problema: as células de gordura queimam menos caloria que as de músculo, a conhecida massa magra. Para não deixar o metabolismo ficar lerdo, as dicas são muitas, da alimentação à prática de exercícios. Vamos lá?

Alimentos que aceleram o metabolismo

Conhecidos como termogênicos, uma vez que são capazes de aumentar a temperatura corporal e acelerar a queima de gordura, eles ajudam no controle do peso e no emagrecimento. Então, tenha sempre à mesa:

1. Pimenta vermelha: bastam três gramas ao dia como tempero de pratos quentes e saladas pra aumentar o metabolismo em até 15%. Mas tem que ser a vermelha, pimenta-do-reino não tem esse efeito, certo?

2. Chá verde: também favorece a utilização da gordura corporal e atua como fonte de energia, com função de estímulo metabólico. É preciso beber quatro xícaras do chá ao dia. Só não vale adoçar com açúcar: tome puro ou use algumas gotas de adoçante.

3. Canela: tem alto teor de cálcio, essencial para aumentar o metabolismo basal. Salpique um pouco em pratos quentes, molhos e até saladas. Também vale colocar na sobremesa, mas não pode exagerar nos doces.

Depois do café da manhã, almoço e jantar, coma frutas e faça lanches rápidos e leves.

4. Gengibre: pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. Para consumir, use-o como tempero de carnes, aves e peixes. Vale colocar na sopa de legumes e no chá.

5. Ômega 3: encontrada em peixes como salmão, sardinha e atum, essa substância aumenta o metabolismo basal e faz com que o organismo não retenha tanto líquido. Opte por colocar uma porção de alguns desses citados no prato principal da sua refeição. Também vale fazer um lanche natural de atum ou usá-lo como mais um ingrediente da salda à noite.

6. Fibras naturais: por serem indigeríveis, elas mantêm a saciedade por mais tempo, agindo no metabolismo basal. No intestino, melhoram a microflora intestinal. Além disso, são fundamentais para uma ótima absorção de nutrientes, que também ativarão o metabolismo.

Hábitos que aceleram o metabolismo

1. Não ficar grandes intervalos sem comer: depois do café da manhã, almoço e jantar, coma frutas e faça lanches rápidos e leves. Sucos naturais, barrinhas de cereais e frutas são as melhores opções. Desse jeito, o metabolismo fica ativo durante o dia todo.

2. Combinar exercícios aeróbicos com ginástica localizada ou musculação: a prática regular produz uma ação metabólica contínua, acelerando o metabolismo. Ganhar massa magra (músculos) também é ótimo, já que esta gasta mais energia que o tecido de gordura.

Saiba mais

3. Beber muita água: ela é fundamental para transportar vitaminas, minerais e hormônios, para eliminar toxinas e para o bom funcionamento dos intestinos. Beba de oito a 10 copos de água por dia, pelo menos. A água gelada acelera um pouco mais o metabolismo, já que nosso corpo trabalha (ou seja, queima energia) para deixá-la na temperatura normal.

O que retarda o metabolismo?

1. Estresse: ele diminui o seu metabolismo por colocar o seu organismo em estado de tensão. Além disso, muitas pessoas tendem a comer mais quando estão estressadas.

2. Falta de sono: isso faz com que você não acorde com a energia necessária para mais um dia, os músculos do corpo não estarão a 100% e o seu sistema metabólico ficará ressentido.

Se você cumpre tudo isso certinho e, mesmo assim, não vê resultado, marque uma consulta médica. Às vezes, algum padrão rotineiro pode estar atrapalhando todo o processo.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s