Os 14 maus hábitos que podem custar seu emprego

Os 14 maus hábitos que podem custar seu emprego

Seja em nome da preguiça ou do bem estar, todos os profissionais têm maus hábitos. Pode ser que você tenha dias em que as fofocas ou redes sociais estejam mais interessantes que seu trabalho ou que você pense tanto em voltar para sua cama que a desatenção fale mais alto. De vez em quando isso é normal, mas quando eles fazem parte do cotidiano talvez você tenha que tomar mais cuidado pois seu trabalho pode estar em jogo.

“Um único hábito ruim não é provável que você seja demitido imediatamente, mas o efeito acumulativo ao longo do tempo pode”, adverte a diretora da University of Texas e autora do livro “You Majored in What? Mapping Your Path from Chaos to Career”, Katherine Brooks. Além disso, acrescenta, as pessoas podem notar um mau hábito e isso levará a procurarem outras falhas ou problemas com você. Outro mau que é o isolamento ocasionado por mentiras e fofocas, que pode afetar toda sua carreira na empresa, desde sua avaliação de desempenho até seu ciclo de amizades.

Para o fundador e presidente-executivo da TalentZoo, Rick Myers, o mais notável é que a maioria dos profissionais não percebe que está cultivando esses hábitos. “Um dos melhores conselhos para se dar a alguém que quer subir na empresa é tornar-se mais autocrítico e ter certeza que eles estão cultivando hábitos que serão valorizados pela instituição”, reforça Myers.

Para testar sua auto crítica, a Forbes listou os 14 maus hábitos que acompanham os profissionais e que podem colocar em risco seus empregos. Será que você se identifica com algum deles?

1. Procrastinação

“Esse hábito pode seriamente prejudicá-lo em um ambiente corporativo. Se você é daquelas pessoas que acreditam fazer o melhor trabalho no último minuto e adiar os projetos e atividade por horas ou dias antes de serem entregues, você não está ciente do impacto que esse hábito está sobrecarregando seus colegas de trabalho”, alerta Brooks.

O raciocínio é simples, se sua corrida contra o tempo (no último instante) exige que os outros também trabalhem no mesmo ritmo, você provavelmente os deixará furiosos e será o primeiro culpado quando algo der errado.

2. Mentira

Isso não significa apenas inventar histórias, mas roubar ideias dos colegas, inventar desculpas por chegar atrasado, não entregar uma tarefa, abusar das despesas e cartões de crédito da empresa, usurpar de realizações de uma equipe (não apenas suas) ou outras desonestidades. “O caminho certo para acabar com a carreira de vez é ter o hábito de encobrir a verdade por mentiras pequenas ou grandes” diz a psicóloga e Ph.D., Ann Kaiser Stearns.

3. Negatividade

Se lamentar, reclamar da vida (e dos outros) ou fofocar são péssimos hábitos que devem ser combatidos diariamente. “Todos estes levam ao mesmo resultado final: você se torna uma dor de cabeça para o seu chefe”, diz a presidente da TalentZoo, Amy Hoover. “Seu chefe é responsável por garantir que suas equipes estejam unidas e positivas. Os profissionais negativos são apontados como um “câncer” pela administração superior por uma boa razão: eles acabam contaminando todos os outros”, ressalta.

4. Atraso

Se diariamente você perde o horário, é possível que você esteja passando ao seu superior um descuido com a empresa, afirmou a consultora de negócios e carreira, Roxanne Peplow. “Então, ser pontual ou até chegar uns minutinhos mais cedo mostra que você é comprometido e que se preocupa com seu trabalho e o tempo de outras pessoas, também”.

5. E-mail corporativo

O tópico envolve os hábitos errados que os profissionais fazem no e-mail. Não respondem e-mails dos chefes e colegas de trabalho ou, se respondem, escrevem errado e com informalidade. “Você pode sair como rude ou inapropriado aos olhos de outros empregados e líderes”, afirma Brooks. Se você também demora para responder os e-mails ou até lê-los, você pode perder coisas importantes, como reuniões de última hora ou algum comunicado.

6. Vício em mídias sociais

Outro hábito que deixa o profissional mais perto da demissão é ser viciado em redes sociais. “Se você diz que entrar no Facebook umas 20 vezes por dia não interfere no seu trabalho, você está mentindo. Algumas empresas têm até tomado medidas de monitoramento ou bloqueio do uso das mídias sociais. Então, cuidado: passar muito tempo on-line pode lhe custar seu emprego”, ressalta Ann.

7. Linguagem corporal

Você revira os olhos com frequência? Você tem um aperto de mão fraco? Evita fazer contato visual? Esses hábitos podem assassinar, de vez, com sua carreira. “As pessoas devem entender que as ações falam mais alto que as palavras e a maioria da nossa comunicação é feita por sinais não verbais”, diz Peplow.

Colaboradores, gerentes ou clientes podem entender alguns de seus hábitos não verbais como uma ofensa ou sem profissionalismo.

8. Desatenção

Se você sempre está no “mundo da lua”, pode deixar de avaliar a cultura do local de trabalho e se tornar ineficiente e limitado para seus colegas e chefes. “Não observar e entender a cultura da sua empresa leva a não se encaixar nela e isso pode criar uma diferença entre você e seus colegas”, observa Brooks.

9. Gramática pobre

Para Peplow, uma pessoa que abusa de gírias, não entende a linguagem formal e, constantemente, comete erros gramáticas é vista como ignorante. Lembre-se que você não está em casa ou reunido com seus amigos.

10. Síndrome do “lobo solitário”

Quem pensa que fazer social é errado e soa como falsidade, leve em consideração que você precisa saber se relacionar e ser sociável para continuar no seu emprego. “Embora a independência é boa em algumas situações ou quando a concentração é necessária, geralmente as pessoas precisam saber se comunicar se fazem parte de uma equipe de trabalho. Se você não é visto como um bom jogador, não terá apoio dos seus colegas quando surgirem problemas”, revela Brooks.

11. Birra

Se você perde a paciência facilmente com as pessoas ou situações e passa o resto do dia com o famoso “bico”, presume-se que você não é capaz de trabalhar sob pressão ou lidar com responsabilidade, observa Peplow. “Pratique técnicas de redução de estresse, como a meditação ou exercícios físicos e de respiração. Também, nunca traga problemas pessoais ao trabalho”.

12. Ineficiência

Esse não é um hábito, mas uma consequência de vários péssimos hábitos, como a desorganização, perda de tempo e falar muito. Todos eles podem ajudar a torná-lo um trabalhador incapaz de acabar ou realizar as próprias tarefas. “Você pode não se dar conta, mais muitos dos seus colegas estão lá para trabalhar e não para socializar. Eles podem não ser rudes com você, mas será por educação. Limite suas conversas a tempos espaçados, mantenha sua mesa organizada e não gaste tempo com tarefas não relacionadas com seu trabalho”, diz Hoover.

13. Falar sem pensar

Tente pensar antes de falar e não ao contrário. Você pode falar muitos assuntos inapropriados para um ambiente de trabalho, como os pessoais. Isso poderá prejudicar sua imagem e te deixar menos confiável.

14. Falta de educação

“As coisas mais importantes são o que nós aprendemos quando éramos pequenos”, lembra Peplow. Quando você pedir algo, diga “por favor” e logo depois agradeça. Quando se ausentar, peça “licença”. Se você não conhece alguém, se apresente. Peça perdão quando interromper alguém. “Boas maneiras são importantes e, acima de tudo, se você não tem algo bom a dizer, apenas não diga nada”.

Fonte: http://www.administradores.com.br/informe-se/carreira-e-rh/os-14-maus-habitos-que-podem-custar-seu-emprego/64494/

 

 

 

O PODER DO COMPROMETIMENTO

Você está realmente comprometido com aquilo que faz? Ou simplesmente está envolvido.
Eu gosto sempre de ilustrar citando o exemplo do café da manhã dos americanos que é composto de ovos, bacon e presuntos.

Dois animais participam desse café da manhã; a galinha e o porco.

A galinha cede os ovos e continua viva – ela está envolvida.

Já o porco cede o bacon e o presunto e para isso dá a sua vida – e está comprometido com o café da manhã dos americanos.
Se comprometer com aquilo que faz, é se doar de corpo e alma.

É mergulhar de cabeça e dar o seu melhor, seja no trabalho, num relacionamento ou qualquer coisa que faça. Se envolver, significa apenas fazer por fazer, sem nenhuma vibração.
Analise a sua vida e veja que tudo aquilo em que você está comprometido 100% está dando certo.

E aquilo em que você está apenas envolvido não está indo muito bem. Faça a comparação.
O interessante é que queremos os melhores resultados, mas não envidamos todos os esforços necessários.

Esquecemos que todo resultado é proporcional ao esforço despendido.

Veja ao seu redor, quem é comprometido e quem está envolvido apenas.

Seja no trabalho, na vida pessoal ou nos esportes, o comprometimento faz a grande diferença.

Quer testar o seu nível de comprometimento na vida?

Responda a pergunta:

Será que estou fazendo tudo o que posso pelo meu trabalho, pela minha empresa, pela minha família e pelos meus objetivos? Responda sinceramente.
De 0 a 100 dê-se uma nota. Se não for exatamente 100, você não está comprometido, e não poderá reclamar dos resultados que vêm alcançando.

ENTÃO COMPROMETA-SE JÁ. MERGULHE DE CABEÇA.
Por Valdemir Ribeiro

Colaboração: Beatriz Ferreira

 

 

Últimas notícias

Empresa anuncia fabricação de combustível a partir de ar e água

Algumas ressalvas são importantes porque são resultados anunciados por uma empresa, e estarem sendo repassados pela imprensa como se o avanço já fosse um produto pronto.    Leia mais…

Superar a velocidade da luz é matematicamente possível

Se alguém imaginar uma maneira de viajar a uma velocidade superior à da luz, o intrépido viajante agora já poderá contar com um velocímetro confiável.    Leia mais…

Atrito negativo surpreende cientistas

Um nanolápis vai exigir mais força para deslizá-lo sobre uma superfície à medida que a pressão sobre ele diminui.    Leia mais…

Menor transformador do mundo usa cristais atômicos

O novo dispositivo deixa os mais modernos transistores e demais componentes eletrônicos com um aspecto antiquado.    Leia mais…

Causalidade quântica questiona sequência de causa e efeito

No mundo da física quântica é possível conceber situações nas quais um evento pode ser tanto a causa quanto o efeito de outro.    Leia mais…

O século da fotônica

Grupo brasileiro de renome internacional discute as últimas inovações em um dos campos mais promissores das pesquisas atuais.    Leia mais…

Braços robóticos mais precisos do mundo vão manipular a luz

Projetados para interagir com a luz, e não com a matéria, eles farão em dois meses o trabalho que uma equipe de astrônomos hoje leva anos.    Leia mais…

Ciência climática: Limites catastróficos não ajudam negociações

As negociações com base em limites cataclísmicos vão falhar porque seu valor é determinado pela natureza, sendo inerentemente incerto.    Leia mais…

Plantão

Câmera astronômica inovadora será desenvolvida no INPE
Asteroides troianos viajam em grupos pelo espaço
Nascimento da Lua a partir da Terra ganha nova teoria
Experimento inédito investigará vórtices oceânicos
Novo regime automotivo pretende salvar motores flex
Começa Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2012
GPS europeu pronto para fase de testes
Quebrado recorde de salto de pára-quedas com 39 mil metros

Mais lidas na semana

Curiosity encontra em Marte rocha similar às da Terra
Vulcão gigante nos Andes está se mexendo
Astrônomos amadores descobrem planeta com quatro sóis
NASA apresenta exoesqueleto derivado do Robonauta
TransOS: primeiro sistema operacional em nuvem
Encontrado planeta na estrela mais próxima do Sol
Astrônomo brasileiro descobre satélite da Via Láctea
Neo-alquimia: bactéria produz ouro artisticamente

Patrocínio

Diário da Saúde

Notícias mais lidas da semana

Formulário para cancelamento do recebimento deste Boletim.

  Últimas notícias do Diário da Saúde – 23 de Outubro de 2012

Melancia melhora o coração e controla ganho de peso

A inclusão de suco de melancia na alimentação normal reduz o peso, os níveis de colesterol e a placa arterial. Leia mais…

Células-tronco que receberam Nobel podem causar câncer

Cientistas dizem-se impressionados com as similaridades entre as células-tronco implantadas em seres vivos e as células do câncer. Leia mais…

Vício em sexo: cientistas querem definir “Distúrbio Hipersexual”

Comportamentos sexuais fora de controle ainda não são definidos como distúrbios de saúde mental, mas novos estudos propõem definições dos distúrbios de “excesso de sexo”. Leia mais…

Alimentos com maior teor de sódio são divulgados pela Anvisa

Mesmo o queijo ricota, muito consumido em dietas, apresentou altas variações de sódio entre as marcas avaliadas. Leia mais…

Terapias hormonais contra envelhecimento estão proibidas

Está vedada a prescrição dos hormônios conhecidos como “bioidênticos” para o tratamento antienvelhecimento e o uso de ácido etilenodiaminotetracético, procaína, vitaminas e antioxidantes, entre outras. Leia mais…

Células da tireoide produzem hormônios em laboratório

Cientistas conseguiram pela primeira vez produzir tecido funcional da tireoide em laboratório. Leia mais…

Umbanda e Santo Daime melhoram estado emocional dos praticantes

Pesquisadores da USP queriam saber se há alguma relação entre as práticas associadas com essas formas de religiosidade e a saúde dos seus praticantes. Leia mais…

Brasileiros desenvolvem terapia para anemia falciforme

Atualmente não existem tratamentos para a fase crônica da doença, cuja única alternativa é o transplante de medula óssea. Leia mais…

Geração super formada não consegue emprego

A crise atinge a todos, mas os jovens sofrem mais porque, na crise, a primeira medida das empresas é interromper as contratações. Leia mais…

Copyright 2006-2012 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s