Segurança:

Sempre é bom saber…

No feriado passado houve um princípio de incêndio em um apto do 13º andar do prédio 305 da Av Afrânio de Melo Franco, felizmente percebido a tempo pelos vizinhos (mesmo sendo no início, foram necessários 9 extintores para debelar o fogo).

Fica o alerta: o morador cometeu um erro que muitos fazem: deixou o notebook ligado, juntamente com vários outros equipamentos, sobre uma toalha de mesa revestida de plástico, com outros materiais inflamáveis próximo, ou seja, armou uma bomba relógio e saiu.

Causas prováveis indicadas pelos bombeiros, após examinar o local:

1 – O CARREGADOR pode ter esquentado, o calor transferido à toalha de mesa e como não tinha ninguém em casa, começou o fogo;

2 – O NOTEBOOK tem um ventilador(cooller), que resfria mas pode travar, pricipalmente se ficar em cima de uma toalha de mesa grossa que vai impedir a circulação do ar por baixo e irá causar o super aquecimento de todo equipamento e novamente o calor poderá se r transferido à toalha de mesa podendo iniciar um incêncio.

Os bombeiros, que só chegaram depois de tudo apagado, disseram que está sendo comum FÔGO INICIADO Á PARTIR DE NOTEBOOKS LARGADOS LIGADOS SOBRE MADEIRA, TOALHAS (PLÁSTICAS, TECIDO OU PAPEL).

Se o fogo tivesse se alastrado não teriam muito o que fazer devido a altura.

Cuidado com carregadores em geral (notebook, celulares, etc…) que por natureza dissipam calor quando estão em uso.

EVITE DEIXA-LOS LIGADOS DURANTE A AUSÊNCIA DE CASA OU TRABALHO e caso seja imprescindível, deixem sobre superfícies não inflamáveis (bancadas de pedra, mesas de vidro ou até sobre o piso cerâmico, sem nada que possa propagar fogo por perto, (NUNCA SÔBRE PISO DE MADEIRA, TAPETES, TOALHAS DE MESA E ETC…).

Nunca use notebook na cama sobre a barriga nem deixe carregando em cima da cama, como tem gente que gosta de fazer (inclusive eu fazia ), nem pensar  Tem coisas que a gente pensa que nunca vai acontecer com a gente mas A C O N T E C EM !

   
   
   
 
 
   

Utilidade pública

             A partir de janeiro de 2013

– Tabela de Infrações de Trânsito –

(v. sigla das penalidades no final)

:: Infrações Leves

PONTOS

MULTA

PENALIDADES

INFRAÇÕES

3

R$ 53,20

Usar luz alta em via iluminada

3

R$ 53,20

Buzinar Prolongadamente entre 22 e 6 horas

3

R$ 53,20

Ultrapassar veículos em cortejo

3

R$ 53,20

RT

conduzir sem portar documentos obrigatórios

3

R$ 53,20

Estacionar afastado mais de 50 cm da calçada

:: Infrações Médias

PONTOS

MULTA

PENALIDADES

INFRAÇÕES

4

R$ 86,13

Atirar lixo na via Pública

4

R$ 86,13

Dirigir com fone de ouvido ou celular

4

R$ 86,13

RV

Parar por falta de combustível

4

R$ 86,13

RV

Estacionar a menos de 5 metros da esquina

4

R$ 86,13

Dirigir com uma só mão

4

R$ 86,13

Dirigir com o braço do lado de fora

4

R$ 86,13

Estacionar na contra mão

4

R$ 86,13

Excesso de Velocidade até 20% acima da rodovia / trânsito rápido ou 50% acima da via de trânsito local

:: Infrações Graves

PONTOS

MULTA

PENALIDADES

INFRAÇÕES

5

R$ 127,69

Conversão a direita ou esquerda proibida

5

R$ 127,69

RT

Veiculo sem acionar limpador de para brisa na chuva

5

R$ 127,69

RT

Motorista ou Passageiro sem cinto de segurança

5

R$ 127,69

RV

Estacionar na calçada

5

R$ 127,69

RV

Estacionar em fila dupla

5

R$ 127,69

Não transferir o veículo em 30 dias

5

R$ 127,69

Não manter distância lateral ou  frontal

5

R$ 127,69

Seguir veiculo urgência (Bombeiro, Ambulância, Polícia)

5

R$ 127,69

RT

Conduz. veiculo em mau estado de conservação

5

R$ 127,69

RT

Veiculo expelindo fumaça ou gás nível superior ao permitido

5

R$ 127,69

Conversão em locais proibidos

5

R$ 127,69

Não dar seta para conversão

5

R$ 127,69

Ultrapassar pelo acostamento

5

R$ 127,69

Transitar em marcha a ré em trechos longos ou com perigo

5

R$ 127,69

RV

Estacionar viadutos / túneis / pontes

5

R$ 127,69

Ultrapassar veiculo em fila ou sinal

5

R$ 127,69

RT

Não usar cinto de segurança

5

R$ 127,69

RT

Farol desregulado ou luz alta

:: Infrações Gravíssimas

PONTOS

MULTA

PENALIDADES

INFRAÇÕES

7

R$ 574,00

AV

Dirigir sem ser habilitado

7

R$ 957,70

AV

Dirigir com CNH Cassada ou suspensa

7

R$ 191,54

AV

Dirigir com CNH vencida a mais de 30 dias

7

R$ 191,54

RC+RT

Dirigir sem óculos obrigatório

7

R$ 957,70

CCNH+RT+RV+SDD+DET

Dirigir sob efeito de álcool ou outro entorpecente

7

R$ 191,54

RT

Entregar veículo a pessoa sem condições

7

R$ 191,54

RT

Transportar criança sem proteção

7

R$ 191,54

RC+RT+SDD+RDH

Dirigir ameaçando pedestres

7

R$ 957,70

SDD+AV+RV+CCNH+DET

Promover ou participar de competição, exibição, rachas e demonstração de perícia

7

R$ 574,52

AV+RV+SDD+RC

Velocidade acima de 50% da máxima permitida

7

R$ 957,70

DD+RV+RC+DET

Não prestar socorro à vítima

7

R$ 191,54

RV

Estacionar na pista das estradas

7

R$ 191,54

Transitar pela contra mão em vias de sentido único

7

R$ 492,00

Transitar pela calçada, ciclovia, etc

7

R$ 191,54

Retorno proibido

7

R$ 191,54

Avançar sinal vermelho

7

R$ 191,54

Não dar preferência pedestre na faixa

7

R$ 191,54

AV+RT

Passageiro no compartimento carga

7

R$ 191,54

SDD+RC

Conduzir moto sem capacete

7

R$ 191,54

SDD+RC

Passageiro da moto sem capacete

7

R$ 191,54

SDD+RC

Conduzir moto com farol apagado

7

R$ 191,54

AV+RV+SDD+RC

Transpor bloqueio policial

7

R$ 191,54

Não  reduzir velocidade perto de escola, etc.

7

R$ 191,54

AV

Veículo sem placa ou licenciamento

7

R$ 191,54

RV

Dirigir/exibir manobra perigosa

7

R$ 191,54

Não dar passagem a Bombeiros, Ambulância.

7

R$ 191,54

Ultrapassar pela contramão, etc

7

R$ 191,54

AV+RV

Bloquear via com o veículo

SIGLAS DAS PENALIDADES

AV = Apreensão de veículo

CNH = Carteira Nac. de Habilitação

CCNH = Cassação da CNH

DET = Detenção de 6 meses a 3 anos

RC = Retenção da CNH

RDH = Recolhim. do docto. de habilitação

RT = Retenção do veículo

RV = Remoção do veículo

SDD = Suspensão do direito de dirigir

Ao encaminhar esta mensagem, por favor:
1. Apague o meu e-mail e o meu nome.
2. Apague também os endereços dos amigos antes de reenviar.
3. Encaminhe como cópia oculta (Cco) aos SEUS destinatários.
* Agindo assim dificultaremos a disseminação de vírus, spams e banners.

Se você não está conseguindo visualizar este e-mail, clique aqui.

Informativo eletrônico – Edição 1114

Terça-Feira, 27 de Novembro de 2012

Prezado leitor,

Você está recebendo o Macro Visão. Veja os destaques desta edição:

Economia Brasileira

·  Confiança da indústria recua 0,8% em novembro

·  IPC-Fipe varia 0,64% na terceira semana de novembro

Economia Internacional

·  Reino Unido: PIB avança 1,0% no terceiro trimestre


Economia Brasileira

Confiança da indústria recua 0,8% em novembro

Segundo dados da FGV divulgados nesta terça-feira (27/11), o Índice de Confiança da Indústria (ICI) recuou 0,8% em outubro ao passar de 106,0 para 105,2 pontos.

A piora nas expectativas para os próximos meses foi a principal responsável pela queda do índice. O quesito que mede a expectativa para os próximos três meses recuou 3,0%, levando o Índice de Expectativas (IE) a cair 1,0%, atingindo 104,2 pontos, mas ainda se mantendo acima da média histórica.

O Índice da Situação Atual (ISA) caiu 0,6% em novembro, atingindo 106,2 pontos, influenciado principalmente pelo índice que mede a satisfação com a situação atual dos negócios que caiu 1,2%.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) passou de 84,2% para 84,0% entre outubro e novembro, ainda mantendo-se acima da media histórica recente, 83,7%.

IPC-Fipe varia 0,64% na terceira semana de novembro

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-Fipe) de São Paulo apresentou variação de 0,64% na terceira semana de novembro, após subir 0,70% na semana anterior.

Os principais destaques foram as Despesas Pessoais (avanço de 1,55%), o setor de Vestuário (alta de 1,45%) e o de Alimentação (0,85%), que apesar de ter desacelerado em relação a ultima semana (1,21%) continua como uma das principais contribuições positivas.

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulgou os dados nesta terça-feira (27).


Economia Internacional

Reino Unido: PIB avança 1,0% no terceiro trimestre

O Escritório de Estatística Nacionais (ONS, sigla em inglês) divulgou hoje (27/11) que o PIB do Reino Unido avançou 1,0% no terceiro trimestre de 2012, sem alteração em relação à primeira estimativa divulgada.

O setor de Manufaturas avançou 0,9%, revisado para baixo em relação à primeira divulgação (1,0%). O setor de serviços cresceu 1,3% e o de construção, 2,6%. O consumo das famílias aumentou 0,6%.


Projeções de Mercado

Relatório divulgado em 26/11/2012

Mediana – Agregado

2012

2013

Há 4 semanas

Há 1 semana

Hoje

Comp. Semanal

Há 4 semanas

Há 1 semana

Hoje

Comp. Semanal

IPCA (%)

5,45

5,45

5,43

(2)

5,40

5,39

5,40

(1)

IGP-DI (%)

8,42

8,70

7,66

(6)

5,16

5,17

5,17

=

(1)

IGP-M (%)

8,30

7,57

7,55

(7)

5,16

5,16

5,12

(2)

IPC-Fipe (%)

4,62

4,73

4,76

(1)

4,83

4,85

4,90

(1)

Taxa de Câmbio – fim de período (R$/US$)

2,01

2,03

2,03

=

(1)

2,01

2,02

2,02

=

(1)

Taxa de Câmbio – média do período (R$/US$)

1,95

1,95

1,95

=

(9)

2,01

2,02

2,03

(2)

Meta da Taxa Selic – fim de período (% a a)

7,25

7,25

7,25

=

(6)

7,75

7,25

7,25

=

(2)

Meta da Taxa Selic – média do período (% a a)

8,47

8,47

8,47

=

(6)

7,44

7,25

7,25

=

(2)

Dívida Líquida do Setor Público (% do PIB)

35,20

35,20

35,20

=

(2)

34,00

34,00

34,00

=

(8)

PIB (% do crescimento)

1,54

1,52

1,50

(2)

4,00

3,96

3,94

(2)

Produção Industrial (% do crescimento)

-2,10

-2,39

-2,30

(1)

4,15

4,15

4,20

(1)

Conta Corrente (US$ bilhões)

-56,00

-54,60

-54,00

(3)

-65,90

-65,00

-65,00

=

(1)

Balança Comercial (US$ bilhões)

18,45

19,20

19,60

(3)

15,00

15,52

15,52

=

(1)

Invest. Estrangeiro Direto (US$ bilhões)

59,68

60,00

60,00

=

(3)

60,00

60,00

59,00

(1)

Preços Administrados (%)

3,50

3,50

3,50

=

(5)

3,00

3,30

3,30

=

(1)

*comportamento dos indicadores desde o último Relatório de Mercado; os valores entre parênteses expressam o número de semanas em que vem ocorrendo o último comportamento ( aumento, diminuição ou = estabilidade)

Fonte: Banco Central do Brasil – Relatório de Mercado/Focus.

O Boletim Focus é uma pesquisa realizada pelo Banco Central do Brasil com as principais instituições financeiras do País. Todas as estimativas ali apresentadas devem ser examinadas com bastante cautela, pois não significam compromisso do BACEN nem expressam a opinião da FIESP/CIESP.


Economia Brasileira

INDICADORES

Efetivo

Projeções

2006

2007

2008

2009

2010

2011

    2012

   
 

Crescimento do PIB (%)

4,0

6,1

5,2

-0,3

7,5

2,7

1,4

   

PIB Indústria (%)

2,2

5,3

4,1

-5,6

10,4

1,6

-0,5

   

Extrativa Mineral (%)

4,4

3,7

3,5

-3,2

13,6

3,2

-0,4

   

Transformação (%)

1,0

5,6

3,0

-8,7

10,1

0,1

-2,6

   

Construção Civil (%)

4,7

4,9

7,9

-0,7

11,6

3,6

2,2

   

Serv. Ind. Utilidade Públ. (SIUP) (%)

3,5

5,4

4,8

0,9

8,1

3,8

4,5

   

PIB Agropecuária (%)

4,8

4,8

6,1

-3,1

6,3

3,9

-1,0

   

PIB Serviços (%)

4,2

6,1

4,9

2,1

5,5

2,7

2,3

   

Consumo das Famílias (%)

4,5

5,8

5,7

4,4

6,9

4,1

3,0

   

Consumo do Governo (%)

2,6

5,1

3,2

3,1

4,2

1,9

3,8

   

Formação Bruta de Capital Fixo (%)

9,8

13,9

13,6

-6,7

21,3

4,7

-1,5

   

Exportações de Bens e Serviços (%)

5,0

6,2

0,5

-9,1

11,5

4,5

-0,5

   

Importações de Bens e Serviços (%)

18,4

19,9

15,4

-7,6

35,8

9,7

3,9

   

Setor
Externo

Exportações (US$ bilhões)

137,8

160,6

197,9

153,0

201,9

256,0

248,5

   

Importações (US$ bilhões)

91,4

120,6

173,0

127,6

181,6

226,2

232,3

   

Saldo da Balança Com. (US$ bilhões)

46,5

40,0

24,9

25,4

20,3

29,8

16,2

   

Exportações (%)

16,3

16,6

23,2

-22,7

32,0

26,8

-2,9

   

Importações (%)

24,1

32,0

43,4

-26,2

42,3

24,6

2,7

   

Saldo da Balança Comercial (%)

3,4

-13,8

-37,7

2,0

-20,1

47,0

-45,6

   

Produção Industrial (%)

2,8

6,0

3,1

-7,4

10,5

0,3

-3,0

   

INA – FIESP/CIESP (%)

2,9

6,0

4,3

-8,1

9,9

0,6

-4,4

   

Emprego Industrial SP- FIESP/CIESP (%)

-0,1

4,6

-0,3

-4,5

4,7

0,0

-3,2

   

Emprego Industrial Brasil – IBGE (%)

0,8

3,3

-1,2

-2,4

3,4

-0,4

-2,2

   

Elaboração FIESP/CIESP
Com exceção dos indicadores marcados com *, os dados de 2005 a 2007 foram revisados pelo IBGE.

 

Copyright © 2011 Fiesp. Todos os direitos reservados

Dúvidas e sugestões, clique aqui.

Se você não deseja mais receber esse informativo, clique aqui.

Macro Visão é uma publicação da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e
do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP)

Av. Paulista, 1313 – 5º andar – Cep 01311-923 – Tel.: 11 3549-4316
Diretor Titular do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos: Paulo Francini
Gerente: Guilherme Moreira – Textos: Denilson Lopes, Gabriela Vichi, Gabriela Uieda, Jefferson Galetti, Rodolfo Margato e Vinicius Lopes – DEPECON

Revisão: Emilse Bentson – Coordenadora web: Aurilene Santos – Webdesigner: Caroline Levart, Michel Avelar e Bruno Nascimento


Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo “Loja Luz do Ocidente” dos Grupos do Google.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para loja-luz-do-ocidente@googlegroups.com.
Para cancelar a inscrição nesse grupo, envie um e-mail para loja-luz-do-ocidente+unsubscribe@googlegroups.com.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

Vejam o nome escolhido pelo ignorante povo brasileiro que não sabe significado do que vota viva a copa no brasil minusculo mesmo

FULECO É NOME MASCOTE DA COPA
QUALQUER DUVIDA ENTREM NO GOOGLE

Significados de Fuleco :

Clique aqui se você CONCORDA com essa definição!  22 sobe, 7 desce Clique aqui se você NÃO CONCORDA com essa definição!

1. Fuleco

Por Fernando (MT) em 26-11-2012

Fuleco é um apelido para o ânus.
O mesmo que cu.

Vai tomar no fuleco!
fuleco de bêbado não tem dono.
Quem tem fuleco tem medo
Passarinho que come pedra sabe o fuleco que tem.
fuleco não tem acento.

Compartilhar

Sinônimos: cu tóba rabo butão ânus fiofó furico anel anel de couro   rosca   roela   botico olhota roscofe boga mais…
Relacionadas: bunda mais…

Jurandir Guedes

Analista de Sistemas

Escolha o que você quer encontrar, mas não quem…
por Rosana Braga
Há milhares de anos, o ser humano tenta decifrar o tal segredo para realizar seus desejos e alcançar suas metas.

Escolha a hora certa
por Graziella Marraccini
Tudo tem seu tempo certo… declamava uma canção dos anos 60! Então, por que insistimos em fazer as coisas fora do tempo?

As vozes da mente
por Elisabeth Cavalcante
No caminho da confiança, encontramos muitos obstáculos, o principal deles são as vozes que ouvimos o tempo todo em nossa mente.

Paz…
por Thais Accioly
Quando os bons forem maioria o mal há de se esconder de vergonha. Para haver paz não basta aumentar o policiamento das ruas…

Toda história tem sempre três lados…
por Maria Isabel Carapinha
Ah, que saudade eu NÃO tenho da época que achava que a minha verdade era absoluta!

Diluindo as ondas cinzentas – Parte 2
por Wagner Borges
Muitas vezes, espíritos sofredores entram em lugares abandonados e casas obscuras… Eles gostam de ambientes assim, sem claridade

Decisões que trazem liberdade…
por Rubia A. Dantés
Vi-me diante de uma situação que ao invés de resolver de vez, resolvi adiar, assim como algo que o incomoda e você deixa pra lá…

Não me teste porque posso errar
por Maria Silvia Orlovas
Estava me lembrando da adolescência quando o tempo todos testávamos nossos amigos, namorados…

Seu mapa de ação para o Novo Ciclo
por Era de Cristal
Resolvemos compartilhar com você esse material porque estamos prestes, não somente a mudar de ano, como também de era…

Morte ou renovação?
por Bruno J. Gimenes
Temos um corpo físico e um corpo espiritual. Nosso físico é o veículo de manifestação de uma consciência divina chamada alma ou espírito.

As armadilhas do inconsciente
por Flávio Bastos
No Egito as bibliotecas eram chamadas tesouros dos remédios da alma. De fato é nelas que se cura a ignorância

O que é um insight e como ele surge?
por Andre Lima
De vez em quando alguém me pergunta o que seria exatamente um insight, já que esta é uma palavra bem utilizada por muitos quando estão falando sobre autoconhecimento.

Assumindo as verdades de nossa alma
por Teresa Cristina Pascotto
A direção não é clara e definida, mas ainda assim, nos determinamos a segui-lo, porque não é mais possível continuarmos no caminho das ilusões.

Catástrofes
por Carmem Farage
Particularmente, acredito naquilo que chega a mim através de minhas próprias canalizações e visões de alguns pacientes.

Curso de Apometria Quântica e Apometria Clinica

 

 

Faça parte de um Projeto Sustentável no RS !!!

 

 

Ho´oponopono
Workshop S.Paulo 15 e 16/12
com Cristina Pinho

 

 

Atendimentos de
Leitura de Aura de corpo inteiro
método GDV

 

 

Cursos Geobiologia, Equilíbrio, Mesa Radiônica

 

 

Atendimentos On-line de Tarô, Runas e I-ching

 

 

DVDs Autoconhecimento, Auto-ajuda e Espiritualidade

 

 


M. Pessoal



Mapa Astral



Numeros



V. Passadas



Constelações



Cor do Medo



Grafologia



Aura-Soma



Meditação



Animais de Poder



Tarot



Runas



I-ching


Áries


Touro


Gêmeos


Câncer


Leão


Vírgem


Libra


Escorpião


Sagitário


Capricórnio


Aquário


Peixes

Boletim enviado para 804446 assinantes.

Almas Gêmeas

Astrologia

Corpo e Mente

Espiritualidade

Oráculos

Psicologia

Vidas Passadas

Quem Somos | Depoimentos | Arquivo | Colabore | Anuncie

© Somos Todos UM – Direitos Reservados – Boletim ano 12. Edição 611.

PRECISAMOS NOS UNIR E PARTICIPAR!!!!!!!!!!!

http://www.onorte.net/noticias.php?id=41151 06/11/2012 – 19h01m

A Polícia Federal pediu a ajuda da Maçonaria para combater a corrupção no Norte de Minas. O delegado Marcelo Eduardo Freitas, chefe da Delegacia da Polícia Federal no Norte de Minas, acompanhando do delegado Tiago Garcia, participaram da reunião conjunta com as 23 lojas maçônicas de Montes Claros, na noite de segunda-feira, dia 5 de novembro, no templo da Loja Maçônica Estrela de Montes Claros.

A sessão foi presidida pelo venerável Olimpio Maia Abreu e pelo presidente do Conselho de Veneráveis do Norte de Minas, Mauricio Sérgio Souza e Silva. Na mesma sessão, o coronel Franklim de Paula Silveira, comandante da 11ª Região da Policia Militar,mostrou os indicadores de criminalidade em Montes Claros e as providências para reduzir esta situação.

O principal pedido do delegado Marcelo Eduardo Freitas é de que a Maçonaria conscientize e sensibilize os seus membros e a comunidade para inibir a corrupção, orientando a população a fiscalizar a aplicação do dinheiro público. Ele lembra que a impunidade é uma das causas do aumento da corrupção e raramente os acusados deste tipo de crime são punidos criminalmente.

Durante o encontro, o delegado Marcelo Eduardo Freitas mostrou que a corrupção causa um rombo de R$ 200 bilhões no Brasil, equivalente a 5% do Produto Interno Bruto, equivalente a 20% do investimento no país e causa os mesmos impactos do tráfico de drogas. A consequência disso é o caos vividos na saúde, educação, além de prejudicar as políticas de habitação e ainda, a sobrevivência de diversas famílias carentes.

Criminalidade

O coronel Franklim de Paula Silveira, comandante da 11ª Região Militar da Policia Militar e também presente à reunião, fez apelo aos maçons para serem parceiros da PM e ajudar a diminuir a criminalidade em Montes Claros. Ele citou como exemplo positivo, a adesão aos Projetos Vizinhos Protegidos e Comerciantes Protegidos, que tem ajudado a combater a criminalidade, mas lembrou, que ainda não foi possível, levar o projeto a todos bairros, pois esbarram em diversas questões como falta de recursos.

Outra ação, que de acordo com o Coronel Franklin é simples, embora importante, é a limpeza de lotes vagos, que servem de esconderijo para os criminosos, assim como uma iluminação de melhor qualidade, por parte do poder público. Ele informou ainda, que Montes Claros está reivindicando a instalação de 72 câmeras de vigilâncias, mas a autorização inicial é para 18 câmeras. Outra reivindicação ainda não atendida é a construção do Centro de Recuperação dos Drogados.

Antes de finalizar ele apresentou os indicadores de violência em Montes Claros, que segundo ele, são otimistas, pois o número de crimes violentos teve uma queda de 4,9%, saindo de 1.333 em 2011 para 1.267 até outubro deste ano. Já os crimes violentos contra o patrimônio, como assaltos e roubos, teve queda de 9,1%, com 1.162 casos em 2011 e 1.056até agora. Neste ano, a Policia Militar apreendeu 482 armas de fogo em Montes Claros, enquanto no ano passado, foram 471 e em 2010, 427 armas. Foram realizadas 4.705 operações policiais em 2012, contra 3.789 em 2011 e 2.592 em 2010.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s