E.F.T.

Já ouvi comentários e questionamentos de pessoas que se frustraram ao não conseguir melhorar suas vidas após terem tentado a prática de “pensamentos positivos”. Na teoria, mudar pensamentos para melhor leva à mudança de comportamento, o que por sua vez leva a resultados melhores, além de ajudar a criar ou atrair situações mais favoráveis para a nossa vida. Entretanto, há pessoas que têm excelentes resultados ao praticar a mudança de pensamento, e outras, têm resultados pequenos ou nulos.

Para responder melhor a esse questionamento de uma forma mais ampla, é preciso uma compreensão mais profunda sobre os pensamentos e sentimentos conscientes e inconscientes.

Os pensamentos e sentimentos conscientes são aqueles mais superficiais que conseguimos perceber. Eles passam pela nossa mente e trazem sensações no corpo (toda emoção gera sensação no corpo) e nós conseguimos observá-los.

As práticas que ensinam sobre pensamentos positivos, seja através de afirmações, visualizações e outras técnicas, normalmente atuam no nível dos pensamentos conscientes.

É preciso perceber que temos algo muito mais vasto no nosso interior que é o que chamamos de inconsciente. Enquanto o consciente é apenas a ponta do iceberg, o inconsciente é toda a parte submersa que não conseguimos ver. Temos uma ligeira noção sobre o inconsciente, mas ele é muito mais vasto e profundo do que qualquer percepção racional que possamos ter do mesmo.

Ao mudarmos conscientemente nossos pensamentos, estamos mexendo apenas com a pontinha do iceberg. Essa mudança vai nos ajudar a mudar comportamentos e a atrair “coincidências” mais favoráveis. Entretanto, como o nosso inconsciente é muito mais profundo e vasto, ele terá sempre uma força muito maior, e se essa força for negativa, ela irá sabotar ou anular completamente todo o benefício gerado pelos exercícios e esforço de pensar positivamente.

Vivemos em um conflito interno constante. Racionalmente (pensamentos conscientes mais superficiais) dizemos que queremos mais prosperidade, melhores relacionamentos, mais saúde física e outras coisas. Entretanto, inconscientemente, temos desejos contrários devido a uma série de sentimentos negativos que acumulamos durante a vida. Vou dar um exemplo sobre como isso funciona.

Certa vez, atendi uma cliente que sempre entrava em relacionamentos com homens que não a respeitavam e a agrediam verbalmente. Racionalmente seu desejo era o de ter um relacionamento harmonioso. Era isso que seu pensamentos conscientes lhe diziam ser o melhor.

Durante o trabalho, surgiu uma questão de rejeição mais profunda que ela guardava da infância. Seu pai abandonou a mãe dela enquanto ainda estava grávida. Ele construiu outra família e a minha cliente nunca teve contato com ele. Normalmente, a criança que passa por uma experiência como essa vai desenvolver pensamentos e sentimentos de rejeição, baixando sua autoestima, levando-a a rejeitar a si mesma. No seu inconsciente, surgem sentimentos e pensamentos do tipo: “Meu pai, que deveria me amar, me rejeitou. Deve ter algo de errado comigo. Talvez a culpa seja minha. Eu não mereço ser amada. Se nem meu pai me amou, quem será capaz de amar? Ninguém vai querer ficar comigo. Eu não mereço um relacionamento harmonioso…”

Como alguém que rejeita a si mesmo poderia criar um relacionamento feliz? É incompatível. Com toda essa carga negativa emocional acumulada no inconsciente, por mais que ela tentasse praticar pensamentos positivos para entrar em uma relação harmoniosa, a parte negativa invisível atuava de forma mais profunda levando-a a entrar em relacionamentos destrutivos. A rejeição que ela sentia por si mesma fazia com que ela inconscientemente escolhesse e criasse essas situações. É uma forma de autopunição.

A solução para o caso dela foi trabalhar através da EFT a carga emocional que ela guardava de rejeição desta situação da infância e de outras que ela foi acumulando ao longo da vida. Consequentemente, a autorrejeição foi também dissolvida e logo em seguida ela conseguiu entrar em um relacionamento totalmente diferente dos anteriores. Não havia mais a carga inconsciente sabotadora para atrapalhar seus objetivos.

Quanto mais carga emocional negativa inconsciente tivermos, mais precisaremos aprofundar e limpar essa energia presa dentro de nós. Somente assim conseguiremos verdadeiramente nos tornar positivos e confiantes, de forma integral, sem conflitos internos. A EFT é uma excelente ferramenta para promover essa limpeza de uma forma simples e bem eficaz. Depois que nos livramos do conteúdo negativo acumulado, pensar e agir de forma positiva se torna algo que fazemos naturalmente, sem qualquer esforço.

 

 

Subject: Psicografia – Santa Maria/RS

“Não tenho todas as respostas, mas posso fazer todas as perguntas”

Guedes Maria

Caros Irmãos de jornada terrena, favor repassar essa mensagem.

Objetivo é chegar aos parentes das vítimas da tragédia, segundo orientação da espiritualidade superior. Como forma de orientação e conforto. Vamos usar todas as redes sociais disponíveis, como forma de divulgação (Facebook). Obrigada

Psicografia passada de forma espontânea, pela espiritualidade, em momento de estudo do Evangelho da Codificação de Allan Kardec. Sendo a mesma direcionada ao acontecido na cidade de Santa Maria/RS.

“Aos que acreditam na imortalidade da alma; na ação e reação; na causa e efeito; segue o nosso apelo de ajuda com o exercício da compreensão de todos, desde as autoridades até os meios de comunicação.

Irmãos nossos, acalmai-vos, não vos desespereis, os jovens estão sendo atendidos, em processo de despertar coletivo. Nós, dos Planos Superiores, comandados pelo Deus Uno e “Terno”, elaboramos um trabalho de socorro extra físico, onde entre os próprios desavisados envolvidos na “morte” coletiva, está sendo preparado um líder para liderar todo o grupo, que não se dispersará, mas sim, seguirá para um só lugar, apropriado, em áreas menos densas, para um tratamento que vai desde as sensações de asfixia, até o tratamento de readaptação no meio em que lhes será destinado a posteriori, face serem todos procedentes de uma mesma região umbralina, que tiveram seu período de experiência física no Plano Terreno e aqui tiveram tempo de repensarem a vida e melhorarem a conduta, nas escolas que os fizeram seres mais sensíveis e como outrora, em épocas remotas, muitos atos de atrocidades e de ignorância foram por eles praticados. Hoje, por escolha feita ainda em estado extra físico, Espiritual, antes de assumirem um corpo carnal, tomaram a decisão de em coletividade saírem do Planeta Terra, de forma chocante, para chamarem atenção sobre atos e ações praticados pelo homem, sem que se leve em consideração o “ Amar o próximo como a si mesmo”.

Assim, só ama o próximo como a si mesmo, aquele que não faz ao outro o que não gostaria que lhe fizesse.

É preciso mudar os valores, o pânico foi de alguns minutos, por assim dizer, entre os que se despedem do Planeta. Todos estão sendo mantidos em vigilância sob a vigília de Seres Espirituais de muita luz, que os mantêm no equilíbrio espiritual e aguardam o despertar de cada um, dentro da limitação individual, para que nenhum sofrimento ocorra, além do choque de saberem pertencerem agora a outro Plano, não mais o material, mas sim, espiritual, que é o verdadeiro estado de ser um  todo, sendo aqui, na terra, um período considerado “Escolar”, como de aprimoramento e cumprimento de provas e expiações, tudo buscado pelo próprio Ser Espiritual que almeja avançar na senda do Senhor – Na Evolução, que é meta de todos nós em uma caminhada que só cessa na Angelitude.

Todos estão sendo mantidos, repetimos, em grupo e em uma praça da cidade, nenhum sofrimento passarão, como foi dito. Familiares, irmãos nossos, vocês não estão sós, estamos com vocês e vos agasalharemos com as energias reconfortadoras de Deus Pai, que constantemente estão sendo aspergidas sobre todos, sem que tenham melhores conhecimentos de tudo o que é possível diante de Deus. Abençoando-vos, confortando-vos. Até novas manifestações. Espiritualidade a mando de Jesus, nosso Irmão e Mestre Maior.

Com a colaboração da médium de Jesus, que como máquina funcional entre os dois Planos, nos serve neste momento.

29/01/2013. – 11:00 h.

 

 

 

 
   

Nesta edição do Boletim Voz do Panda, gostaríamos de te convidar a pensar em quais momentos de sua vida você acredita que poderia trocar o carro pela bicicleta. Você já parou para pensar nisso?

Falamos de sustentabilidade, em mudarmos nossos hábitos, a alimentação, em reaproveitamento e produtividade, e quase sempre de maneira sutil e filosófica. Talvez a proposta seja pensar que pedalando uma vez por semana para ir ao trabalho você pode se exercitar gerando energia positiva para o corpo e cérebro, economizar sem precisar pensar na gasolina e estacionamento na cidade, gerar simpatia entre as outras pessoas, pois é uma prática admirável, e o benefício é todo seu. Sem considerar as calorias perdidas que não te impedirão de evitar a sobremesa neste dia e na disponibilidade física que você passará a adotar a partir desta prática.

É um gesto positivo para o meio ambiente e também para você e seus filhos, pois é uma prática social. E foi com uma conversa informal entre amigos que o movimento Critical Mass, disseminou-se por mais de 300 cidades do mundo inteiro. E no Brasil, que não poderia ficar de fora, a mesma iniciativa é conhecida como Bicicletada e originou vários outros grupos desde seu início, inclusive as Pedalinas, um coletivo feminino de ciclistas. Vale a pena conferir.

Se a ideia fez sua cabeça, talvez você se simpatize com a causa e até venha a se tornar um cicloativista e então vale você dar uma olhada em como o WWF-Brasil tem apoiado uma cicloviagem pelo Cerrado.

E caso você ainda não tenha parado para pensar no assunto, aproveite para fazer esta reflexão hoje mesmo. Talvez durante o tempo em que estiver no transito, parado no congestionamento. É fato que na capital paulista, os automóveis andam em média 6 quilômetros por hora, enquanto a bicicleta pode chegar a 15. E segundo Eric Ferreira, coordenador de mobilidade urbana do Instituto de Energia e Meio Ambiente de São Paulo, quanto mais congestionado estiver o trânsito, mais seguro para você pedalar. Vamos pensar?

Um grande abraço de toda a equipe do WWF-Brasil.

#Acesse o WWF-Brasil nas suas redes sociais e envie uma foto sua e de sua família pedalando!

Visite wwf.org.br

   
 
 
       
   

Relatório Florestas Vivas

 
       

Água para a Vida comemora 10 anos de parceria

   

O aumento da população, da demanda e do uso da madeira em bioenergia podem triplicar a quantidade de madeira que a sociedade retira anualmente das florestas e plantações florestais até 2050, afirma o novo capítulo do Relatório Florestas Vivas, da Rede WWF.

O estudo foi apresentado em Frankfurt (Alemanha) durante a Paperworld, a conferência internacional sobre papel, e prevê que a produção e o consumo de papel duplicarão nas próximas três décadas e que o consumo total de madeira poderá triplicar.

Leia mais

   
 
 
       
   

Educação

 
       

Escolas são incubadoras de mudanças sociais

   

Aconteceu na última semana mais uma etapa do curso para formação de Escolas Sustentáveis e Com-Vida, desta vez na Universidade Federal do Mato Grosso, em Cuiabá. Na ocasião, a professora e analista de Educação Ambiental do Programa Cerrado-Pantanal do WWF-Brasil, Terezinha Martins, apresentou conceitos e ações ligados à Pegada Ecológica.

“Com mais compreensão e capilaridade, a Pegada Ecológica poderá se consolidar como parte do ´cardápio´ das escolas sustentáveis. Assim, nas redes de ensino haverá mais profissionais engajados na busca de soluções para reduzir a pegada ecológica, algo positivo para o conjunto da sociedade e para o planeta”, ressaltou.

Leia mais

   
 
 

Hora do Planeta: 23 de março, 20h30

Hora do Planeta 2013

 

 

 

Acompanhe o
WWF-Brasil:

 

Twitter

Facebook

Youtube

Flickr

RSS

 

 
 

Junte-se a nós!

 

 

 
               
 

WWF-Brasil
SHIS EQ QL 6/8
Conjunto E
71620-430
Brasília, DF
Fotos © WWF ou utilizadas com permissão

 

Construindo um futuro em que as pessoas vivam em harmonia com a natureza.

       
               
     
 

Política de Privacidade

 
     
 
   

E-zine
VendaMais
Raúl Candeloro

Ano 15

nº 07

26 de fevereiro de 2013

Nesta edição

Editorial – Metas: Desafio dos 30 Dias – Parte 2
Por Raúl Candeloro

Opinião do leitor

Artigo da semana – O poder dos sonhos na mente de um campeão
Por Paulo Sérgio Buhrer

Entrevista exclusiva comAdriano Amui

Compartilhe:

FBTwttermail

Editorial

Metas: Desafio dos 30 Dias Parte 2

Por Raúl Candeloro

Olá, Osmar.
“Sucesso é o processo de concentrar forças espalhadas num único canal focado.” James Allen
Na semana passada lancei um desafio sobre como estabelecer metas. Pedi para as pessoas postarem seus comentários no Facebook e os mais votados foram convidados a participar de um grupo fechado, para fazermos juntos uma série de exercícios sobre como estabelecer corretamente suas metas e administrar seu tempo, energia e foco.
Mas a procura foi tão grande e tanta gente pediu para participar, que acabei criando um segundo grupo, aberto. Se você quiser fazer parte do grupo 2 (gratuito) ainda pode! Basta visitar a página do grupo
( http://www.facebook.com/groups/461860090547268/) e pedir para participar.
Só para ter uma ideia das leituras e reflexões que fizemos durante o final de semana, vamos recapitular rapidamente o que vimos até agora:

1. Administrar o tempo corretamente é, antes de mais nada, uma questão filosófica: como você quer viver sua vida e quais seus grandes objetivos.

2. Administrar o tempo corretamente é, de verdade, administrar em quais prioridades vai concentrar sua energia.

3. Administrar o tempo corretamente é entender que você tem um calendário e que, ao final do dia, é menos um dia no seu calendário. Então use bem esse dia.

4. Administrar o tempo corretamente é uma habilidade e, como toda habilidade, precisa ser aprendida, treinada e desenvolvida.

5. Administrar o tempo corretamente é uma questão de hábitos. E hábitos precisam de tempo para virar rotina.

6. Administrar o tempo corretamente é assumir o controle da sua vida.

7. Administrar o tempo corretamente é – mais importante de tudo – uma ESCOLHA.

8. É melhor fazer poucas coisas, mas bem-feitas e com profundidade, do que o contrário.

9. A maior parte das pessoas hoje em dia está fazendo justamente o contrário.

10. Faça listas diárias de coisas para fazer, separando o pessoal do profissional, para eliminar as BORBOLETAS MENTAIS.

11. Acostume-se com a ideia de que mudar um hábito leva 30 dias.

12. É melhor mudar um único hábito por vez.

13. Ao mudar um hábito, você mexe com uma força poderosa: a Resistência.

14. A Resistência conhece você e quer que você volte ao que fazia antes. Ela não quer sair da zona de conforto e quer que tudo permaneça igual, mesmo que uma grande parte de você não esteja feliz ou satisfeito com isso.

15. Estabelecer metas, prioridades e objetivos é administrar seu tempo, energia e foco.

16. Administrar seu tempo, sua energia e seu foco é uma decisão pessoal. Você decide, você tem o comando. Prometa a você mesmo ser um/a MESTRE de atingir objetivos e administrar seu tempo, energia e foco. A melhor maneira de fazer isso é usando continuamente linguagem positiva com você mesmo (eu administro bem meu tempo; eu sempre consigo atingir as metas que me proponho).

17. Você só vai ter realmente autoridade e domínio sobre a Resistência se estiver com suas metas claramente definidas, alinhadas com seus valores e prioridades e com hábitos e processos físicos e mentais que levem você de maneira disciplinada aos objetivos.

18. Seus valores, objetivos e prioridades têm que estar definidos de maneira muito clara e objetiva.

19. Seus valores, objetivos e prioridades têm que estar todos alinhados.

20. Você tem um número finito de dias. Valorize cada um deles.

21. Você não pode alterar os dias que passaram. Mas tem 100% de controle sobre os que ainda têm pela frente. Valorize cada um deles.

22. Administrar corretamente o tempo é, antes de mais nada, administrar corretamente o foco da sua energia para as atividades prioritárias, de acordo com os objetivos que estabeleceu.

Revista VendaMais Assine já

Opinião do leitor

“É impressionante como o assunto é abordado, uma simplicidade maravilhosa, de fácil compreensão. Parabéns VendaMais!!!”
Marcelo Ferreira

Entrevista

Imagem do livro

“Através de uma leitura leve e dinâmica o livro propõe discutir o estágio de desenvolvimento da atividade de Trade Marketing no Brasil. Sem a pretensão de querer se posicionar como conclusivo, ele propõe exatamente o debate democrático como válvula propulsora para a evolução de Trade. Uma imersão indispensável para profissionais que querem ampliar seu conhecimento técnico e ponto de vista a respeito das questões essenciais que cercam a atividade no Brasil”.
Confira a entrevista com Adriano Amui.
Continuar a leitura >>

Para pensar

“Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem-feito.”
Pitágoras

Reforçando: se você quiser fazer parte do grupo 2 (gratuito) ainda pode! Basta visitar a página do grupo
( http://www.facebook.com/groups/461860090547268/) e pedir para participar. Aceitarei novas pessoas no grupo até sexta-feira. Aí ele será fechado.
Abraço com foco em como usar corretamente tempo e energia para atingir suas metas,
Raúl Candeloro

Box ExpoVendaMais 2012

Dica da semana

O poder dos sonhos na mente de um campeão

Por Paulo Sérgio Buhrer

Você conhece alguém que, quando você conta seus sonhos, essa pessoa trata logo de dizer: “pare com isso, nascemos para ser pobres e vamos morrer mais pobres ainda. Pare de sonhar tão alto, coloque os pés no chão”. Na realidade, o que elas estão dizendo é: “fique aqui seu desgraçado, não me deixe sozinho”.
Fuja desse tipo de gente. Elas são vampiros. Não sugam sangue, mas…

Continuar a leitura >>

Publicidade

Treinamentos VendaMais
Desenvolver uma equipe vencedora nunca foi tão fácil e barato.
Acesse aqui e confira.

Osmar, mande suas ideias ou contribua com sugestões, enviando sua mensagem para: raul@vendamais.com.br

Telefone: 4004-0174 ou 0300 789-2010 (de 2ª a 6ª, das 8h às 18h)
Para mais informações, envie um e-mail para atendimento@vendamais.com.br

Editora Quantum

Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada, adicione os e-mails da Editora Quantum ao seu catálogo de endereços.

A Editora Quantum respeita a sua privacidade e é contra o spam na rede.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails cancele sua inscrição.

© Editora Quantum

Remover | Cadastro | Comentários | Compartilhar | Imprimir


A morte não muda ninguém

Há sempre os que afirmam que ameaçar o criminoso com a morte tem o dom de mudar sua disposição, refreando-lhe os impulsos, pelo temor de sofrer a penalidade fatal.

Apoiados neste entendimento, defendem com vigor a pena de morte como a solução ideal para aliviar a pesada carga social de crimes e criminosos.

O doutor Yan Stevenson, da Universidade da Virgínia, conhecido mundialmente por suas pesquisas em torno da reencarnação, teve oportunidade de dialogar com um jovem do Ceilão, que nasceu com marcas profundas pelo corpo.

Uma enorme cicatriz no peito e o braço direito atrofiado por completo. Tem ele recordações muito nítidas de trechos de sua vida anterior.

Recorda-se de ter vivido antes no próprio Ceilão. Lembra-se de, conforme rezam as tradições daquele país, ter contraído matrimônio civil com uma jovem e marcado a data para a realização da cerimônia religiosa para alguns meses depois.

Nesse período de tempo começou a construir a casa para onde deveria levar sua esposa e passou a sonhar com uma vida de muita felicidade.

Contudo, com o passar do tempo, a moça apaixonou-se por outro rapaz e pediu o rompimento do compromisso.

O jovem abandonado tomou-se de revolta e planejou terrível vingança. Mataria a noiva infiel e culparia o seu próprio rival. Assim pensou e assim fez.

Numa noite escura, protegido pelas sombras, ele a apunhalou certeiramente no coração.

Mas, foi visto por testemunhas. Foi preso, julgado e condenado a morrer pela forca.

Renasceu como filho de seu irmão e, além da problemática física, também tinha lembranças atormentadoras do momento em que se faziam testes com a forca para ver se funcionava bem. Lembrava-se ainda dos dias que passou no presídio e que antecederam sua morte.

A esse jovem, que tão bem recorda de sua morte na forca e a causa que a originou, perguntou o pesquisador doutor Yan Stevenson: Se voltasse a acontecer com você o que aconteceu no passado, como você procederia?

O rapaz respondeu prontamente: Com toda a certeza, voltaria a matar.

* * *

Verdadeiramente, sacrificar a vida do criminoso não o educa, nem o regenera.

A educação ou a reeducação é um processo lento, que não se realiza sem afeto e dedicação. Processo que se exterioriza nos atos do ser, mas que tem sua origem na intimidade da criatura.

Para acabar com o crime, a violência, há que se percorrer o longo caminho da educação, que demanda esforço, dedicação e tempo. No entanto, exatamente como a medicação correta, agirá atacando o mal pela raiz, porque modifica a causa do problema e o transforma.

* * *

Na Bíblia encontramos anotações que nos informam que o Pai não quer a morte do pecador, mas sim a do pecado.

E essa afirmação nos diz exatamente o caminho que devemos seguir quando pensamos em acabar com o mal que tanto nos aflige.

Redação do Momento Espírita, com base no item A morte não muda ninguém, do jornal Correio Fraterno do ABC, de novembro de 1998.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s