O PURGATÓRIO BRASILEIRO ESTÁ PRESTES A COMEÇAR*

 

PURGATORY ABOUT TO BEGIN – by Henry Makow from Canada

Comentário da imprensa Canadense tirando espaço daqueles que por aqui, classificam esse tipo de matéria como  Vejismo”…

  Assunto: Imprensa do Canadá sobre Dilma Rousseff.

 

O PURGATÓRIO BRASILEIRO ESTÁ PRESTES A COMEÇAR*

Ninguém se importa se Dilma Roussef tenha assassinado ou roubado. É apenas o populismo na forma mais cruel. Ela é a senhora Lula. Os pobres se beneficiaram um pouco do fim da inflação e se esqueceram que esta situação foi herdada por Lula. O interessante é que o Partido dos Trabalhadores não é comunista, nem o que auxilia os trabalhadores. IBGE, a principal instituição de estatística no Brasil, acaba de lançar a informação dando conta que o analfabetismo no Brasil aumentou, durante o reinado de Lula. O saneamento básico está no mesmo nível que era no momento da sua coroação.

50 mil brasileiros morrem de mortes violentas, a maioria causadas por armas e drogas contrabandeadas para o país pelos terroristas marxistas das FARC, os aliados de Lula. A próxima Copa do Mundo será no Rio de Janeiro. Em contrapartida, o Banco Federal de Desenvolvimento (BNDES) recebeu este ano 100 US$ bilhões para emprestar às grandes corporações, a fim de “comprar” a sua boa- vontade em relação ao governo durante a campanha eleitoral.

Os capitalistas receberam o dinheiro com juros em torno de 3,5% a 7%, enquanto o governo paga 10% a 12% para os bancos. Banco Itaú teve o maior lucro de um banco nas Américas, incluindo os dos EUA.

Outros atos de generosidade do governo incluem a distribuição de licenças de TV e rádio para os capitalistas e os políticos, uma rede de TV para os dirigentes sindicais (que ganham um dia de salário dos trabalhadores e não podem ser fiscalizadas) e a definição dos objetivos de investimento dos fundos de pensão de empresas estatais, na ordem de centenas de bilhões de dólares.

Eles podem fazê-lo ou quebrá-lo.

FASCISMO: Esta é uma economia fascista, na sua mais pura definição.

Mussolini estaria orgulhoso. É difícil para o povo a entender como o comunismo mudou a partir de uma utopia social para este fascismo na forma mais primata. O motivo é que eles mantêm a aparência sob o velho charme por causas culturais, como o aborto livre, o casamento gay, a globalização, o radicalismo ecológico etc. Assim como na China, dizem-lhe como viver sua vida particular.

Censura ou “controle da mídia” está na agenda de Dilma, da mesma forma como se encontra em pleno andamento da Argentina e Venezuela hoje em dia. A privacidade fiscal de oponentes de Dilma foi quebrada sem consequências.

Os direitos fundamentais garantidos pela Constituição nada valem para o Partido dos Trabalhadores e eles estão desafiando os direitos de propriedade. Um grupo de camponeses comunistas, todos financiados e liderados por agitadores profissionais, invadem fazendas, matam pessoas (como fazem agora) e a questão será decidida por consulta popular, da comuna. Estão sendo preparados para ser peões do governo mundial. Prevejo tempos difíceis à frente para o Brasil. Dilma é competente e teimosa. A dívida pública do Brasil quase triplicou, e está prestes a explodir, devido às altas taxas de juros. O boom da exportação de minerais e agro- commodities, que impulsionaram a popularidade de Lula, pode acabar a qualquer momento, especialmente se uma crise pesada atingir o dólar. O nível da tributação no Brasil é um dos mais altos do mundo, com 40,5%, e a burocracia, com 85 diferentes impostos na última contagem, astronômica.

Eles não serão mais capazes de aumentar os impostos para sustentar os vagabundos empregados do governo e a alta corrupção. Quando o governo quebrar, as ajudas sociais que apoiaram a popularidade de Lula estarão em risco. Sem o crescimento das exportações, haverá menos postos de trabalho, e é possível que nós venhamos a ter tumultos e protestos. As coisas têm sempre sido muito fáceis neste país, onde o alimento cresce até nas rachaduras na calçada.

Talvez já esteja na hora de os brasileiros amadurecerem pelo sofrimento.

PS: O pai de Dilma era búlgaro. Ele fugiu de seu país porque era comunista perigoso, ativista. Surpreendentemente, no Brasil, tornou- se um capitalista e muito rico. Dilma teve uma vida burguesa privilegiada, vivendo em uma casa grande e estudando em escolas privadas. É sempre muito bom fazer parte da elite comunista.

.

Seja Você Mesmo

Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.

Perdoe-as assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de bobo e interesseiro.

Seja gentil, assim mesmo.

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros.

Vença assim mesmo.

Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.

Seja honesto assim mesmo.

O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra.

Construa assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja.

Seja Feliz assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.

Dê o melhor de você assim mesmo.

Veja, que no final das contas é apenas com você.

Nunca foi entre você e as outras pessoas.

www.planetamais.com.br

Por um Mundo Melhor!

Se você não está conseguindo visualizar este e-mail, clique aqui.

Informativo eletrônico – Edição 1162

Segunda-Feira, 25 de fevereiro de 2013

 

Prezado leitor,

Você está recebendo o Macro Visão. Veja os destaques desta edição:

Economia Brasileira

· Boletim Focus aponta inflação de 5,69% para 2013

· IPC-Fipe apresenta forte desaceleração na 3ª quadrissemana de fevereiro

· IPC-S mostra queda de 0,29 ponto percentual na 3ª semana de fevereiro

Boletim Focus aponta inflação de 5,69% para 2013

O Boletim Focus, divulgado hoje (25/02) pelo Banco Central, aponta para uma taxa de câmbio média de R$/US$ 2,00 em 2013, registrando a quinta semana consecutiva de movimentos baixistas nas expectativas. Na semana passada, o mercado projetava a taxa de câmbio no patamar de R$/US$ 2,01 para o período.

As expectativas para o IPCA em 2013 apresentaram a segunda redução consecutiva. Na semana anterior, a média das projeções indicava variação de 5,70%, ligeiramente acima do dado divulgado hoje (5,69%). Por sua vez, a taxa Selic manteve a média de projeções pela 15ª semana (7,25%).

O Boletim Focus aponta crescimento de 3,10% para o PIB em 2013, previsão ligeiramente acima àquela observada na semana anterior, quando as expectativas eram de 3,08%. Segundo a pesquisa, a produção industrial terá expansão de 3,10% neste ano. Há uma semana o mercado projetava o avanço de 3,00%.

IPC-Fipe apresenta forte desaceleração na 3ª quadrissemana de fevereiro

O Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que mensura a inflação paulistana, divulgou hoje (25/02) as informações referentes à terceira quadrissemana de fevereiro. Foi identificada uma forte desaceleração no nível dos preços praticados no período, já que o índice ficou em 0,52%, frente a 0,83% na 2ª quadrissemana de fevereiro.

Dentre as sete classes de despesa que compõem o IPC-Fipe, apenas três apresentaram aceleração no nível de preços: Transporte, que passou de 0,65% na segunda quadrissemana de fevereiro para 0,80% no último índice divulgado, sendo o maior impacto do IPC, ao representar 27,10% da variação total do índice; Saúde, que passou de 0,58% para 0,66%; e Vestuário, variando de 0,40% para 0,57%.

Dentre as classes que apresentaram desaceleração no período, Alimentação foi a que mais impactou a variação global do índice, dada a contribuição de 24,17%, proveniente da taxa de 1,02%, ante 0,54% no período anterior. As demais classes que apresentaram desaceleração foram: Habitação (de 0,36% para 0,14%), Despesas Pessoais (de 1,48% para 0,51%) e Educação (de 3,61% para 1,78%).

IPC-S mostra queda de 0,29 ponto percentual na 3ª semana de fevereiro

O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S), divulgado na manhã de hoje (25/02) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), apresentou variação de 0,26% no período compreendido entre 23 de janeiro e 22 de fevereiro, na comparação com o mesmo período do mês anterior. No índice divulgado na semana passada, a variação havia sido de 0,55%.

Cinco das oito classes de despesa que compõem o índice apresentaram decréscimo em suas taxas de variação. O destaque veio do grupo Habitação, que passou de -1,25% na semana passada para -1,87% nessa semana, sendo influenciado diretamente pelo item tarifa de eletricidade residencial, que declinou de -13,39% para -17,24%, devido à redução de tarifas que vem ocorrendo nas últimas semanas. As demais classes que apresentaram desaceleração nessa semana foram: Alimentação (de 1,86% para 1,48%), Educação, Leitura e Recreação (de 1,97% para 1,15%), Despesas Diversas (de 2,84% para 1,88%) e Vestuário (de -0,03% para -0,20%).

Por outro lado, as classes que apresentaram acréscimo em suas taxas de variação foram: Transportes (de 0,70% para 0,93%), Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,37% para 0,47%) e Comunicação (de 0,10% para 0,21%).

Relatório divulgado em 25/02/2013

IPCA (%)

5,67

5,70

5,69

(2)

IGP-DI (%)

5,19

5,18

5,17

(1)

IGP-M (%)

5,26

5,21

5,20

(1)

IPC-Fipe (%)

4,96

5,30

5,32

(1)

Taxa de Câmbio – fim de período (R$/US$)

2,07

2,02

2,00

(5)

Taxa de Câmbio – média do período(R$/US$)

2,05

2,01

2,00

(5)

Meta da Taxa Selic – fim de período (%aa)

7,25

7,25

7,25

=

(15)

Meta da Taxa Selic – média do período (%aa)

7,25

7,25

7,25

=

(15)

Dívida Líquida do Setor Público(% do PIB)

34,00

34,50

34,50

(1)

PIB (% do crescimento)

3,10

3,08

3,10

(1)

Produção Industrial (% do crescimento)

3,10

3,00

3,10

(1)

Conta Corrente (US$ bilhões)

-61,96

-62,65

-63,10

(1)

Balança Comercial (US$ bilhões)

16,75

15,20

15,20

=

(1)

Invest. Estrangeiro Direto (US$ bilhões)

60,00

60,00

60,00

=

(11)

Preços Administrados (%)

3,20

3,40

3,25

(1)

*comportamento dos indicadores desde o último Relatório de Mercado; os valores entre parênteses expressam o número de semanas em que vem ocorrendo o último comportamento ( aumento, diminuição ou = estabilidade)

Fonte: Banco Central do Brasil – Relatório de Mercado/Focus.

O Boletim Focus é uma pesquisa realizada pelo Banco Central do Brasil com as principais instituições financeiras do País. Todas as estimativas ali apresentadas devem ser examinadas com bastante cautela, pois não significam compromisso do BACEN nem expressam a opinião da FIESP/CIESP.

Elaboração FIESP/CIESP
Com exceção dos indicadores marcados com *, os dados de 2005 a 2007 foram revisados pelo IBGE.

 

Copyright © 2011 Fiesp. Todos os direitos reservados.

Dúvidas e sugestões, clique aqui.

Se você não deseja mais receber esse informativo, clique aqui.

Macro Visão é uma publicação da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e
do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP)

Av. Paulista, 1313 – 5º andar – Cep 01311-923 – Tel.: 11 3549-4316
Diretor Titular do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos: Paulo Francini

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s