política

Meus IIr.´. vejam a percepção de um MM.´. do GOB

Avaliação pessoal:

Existem três chapas e três campanhas distintas:

Uma de gabinete e sujeição dos votantes ao controle da liderança institucional: modelo de imposição do voto aos mestres por conveniências de poder pessoal de cada um, resta perguntar: para o que, por que e para quem e responder;

Uma outra que mistura o poder da maçonaria com o poder político profano que está desgastado, mas que causa algum impacto na expectativa dos mestres em poder se utilizarem dessa mistura para melhorar o padrão de atendimento aos irmãos e a si próprios;

Uma outra, ainda, que oferece a verdadeira mudança e o verdadeiro poder que a maçonaria, como instituição, e os irmãos, como partícipes, precisam: a possibilidade de exercitarem, formalmente, o preceito maçônico de fraternidade: ajuda, assistência, e etc, por meio da ação política interna e externamente, enquanto elite estratégica e estrategicamente preparada, local e nacionalmente.

A continuar como está, significa desperdiçar os talentos e os conhecimentos adquiridos ao longo de anos e anos de estudo e preservação das lojas para os irmãos e as comunidades onde estão inseridas.

Uma grande perda para todos.

Quem ganha mantida a maçonaria como está pelos próximos 5 anos? Prazo muito longo que levará a instituição e ficar cada vez menor e menos operante e a cúpula vivendo as benesses do poder central instituído.

A gestão sugerida pela incorporação ao poder político profano caminha na contramão do que a sociedade espera e deseja de seus líderes.

É um grande risco social de acelerar o esfacelamento da instituição. Sai do poder de gabinete para as manchete dos escândalos.

A chapa 3 oferece programas de atuação e gestão a altura do momento e das necessidades maçônicas e sociais, vem buscando, de forma aberta e transparente, ser ouvida por aqueles que decidem os destinos do todo.

Observe é a chapa que está se expondo nas lojas e nos espaços de comunicação restritos (listas e grupos), pois que não pode ter acesso ao mailing dos irmãos para que estes pudessem conhecer as alternativas em disputa e o que cada chapa propõe, isso sim seria uma disputa democrática..

Por tudo isso sugiro que os writers da campanha possam expor essas diferenças, enfatizando a transparência e a exposição da chapa que fala abertamente com os irmãos, se expõem publicamente ao contraditório, num esforço pessoal desgastante, tudo para que os eleitores possam ter acesso e verificarem por si próprios os valores e as crenças que coadunem com os seus próprios, além dos desejos de uma maçonaria que possa verdadeiramente ser chamada de fraterna.

TFA

Ir.’. João Paulo Jacob

M.’.I.’.  Gr.’. 33

Vice-Presidente do Lar Fraterno da Acácia

 

 

 

Para aqueles que insistem e concordam com a “presidenta”…

ai vai a última explicação sobre o assunto!

E não falemos mais nisso!

Uma belíssima aula de português!

Foi elaborado para acabar de vez com toda e qualquer dúvida se tem presidente ou presidenta.

A presidenta foi estudanta?
Existe a palavra: PRESIDENTA?
Que tal colocarmos um “BASTA” no assunto?

Miriam Rita Moro Mine – Universidade Federal do Paraná.

No português existem os particípios ativos como derivativos verbais. Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante… Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade.

Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte. Portanto, a pessoa que preside é PRESIDENTE, e não “presidenta”, independentemente do sexo que tenha.                                  Diz-se: capela ardente, e não capela “ardenta“; se diz estudante, e não “estudanta“; se diz adolescente, e não “adolescenta“; se diz paciente, e não “pacienta”. Um bom exemplo do erro grosseiro seria: “A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta. Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta“.                                                 Por favor, pelo amor à língua portuguesa, repasse essa informação..

   OS BENEFÍCIOS DA CAMINHADA  …

SEU  CORAÇÃO  AGRADECE …


OS BENEFÍCIOS DA CAMINHADA

RELATO DE UM jovem de sessenta e….!!!!!!!
PESSOAL, PARA QUEM ESTÁ SEDENTÁRIO, OS BENEFÍCIOS DA CAMINHADA !!!

ESTOU CAMINHANDO COM UMA VIZINHA TODOS OS DIAS.
NUNCA PENSEI QUE CAMINHAR COM OUTRA PESSOA
ME FARIA TÃO BEM .

NÃO NOS FALAMOS DURANTE A CAMINHADA ,

POIS A VIZINHA CAMINHA 10 PASSOS ADIANTE DE MIM !

clip_image001

COMECEI ESTE PROGRAMA DE CAMINHADAS HÁ UMA SEMANA.
SINTO ME MUITO MELHOR A CADA DIA QUE PASSA E, INCLUSIVE,
MINHA VISÃO  TEM MELHORADO MUIIIIIIITO…..

 

 

 

João Veiga Garcia publicou no grupo Coligação Maçônica do ABCDMRR

 

João Veiga Garcia

6 de março de 2013 13:12

Recebi do nosso Ir. Nicolas e repasso.
Irmãos Maçons Regulares,
Não permitam em hipótese alguma que maçons irregulares e espúrios adentrem ou freqüentem nossas Lojas.
Se possível, identifique-os e os denunciem formalmente.
É sua obrigação fazer com que a nossa Instituição Regular seja respeitada.
ENCAMINHE A QUANTOS IRMÃOS (DE VERDADE) VOCÊ PUDER !!!
Combate à Maçonaria clandestina em São Paulo e no Brasil.
GRUPOS MAÇÔNICOS NÃO RECONHECIDOS NA CIDADE DE SÃO PAULO
1. Academia Maçônica do Estado de São Paulo
2. Academia Superior Maçônica do Brasil
3. Grande Loja do Brasil – GLOB
4. Grande Loja Arquitetos de Aquário – GLADA
5. Grande Loja Brasileira – GLB
6. Grande Loja Regular Brasileira – GLR
OBS: A Academia superior maçônica e um tal de Colégio sacro
maçônico são uma espécie de agência de captação pela internet
que cobra até 3 mil reais por iniciação. Os que promovem isso são
ex maçons expulsos da GLESP e do GOB seus mentores são conhecidos
das autoridades das Potências que infelizmente aceitam Lojas formadas
por estes. É óbvio que os profanos iniciados por estes grupos não
tem culpa e podem ser ótimos maçons.
*Lojas e obreiros pertencentes a estes grupos não são reconhecidos
pelo Grande Oriente do Brasil – (GOB), pela Confederação da
Maçonaria Simbólica do Brasil – CMSB (Grandes Lojas) e pela
Confederação Maçônica do Brasil – COMAB (Grandes Orientes
Independentes Estaduais), No caso de São Paulo, não são
reconhecidos pelo GOSP, GLESP e GOP.
http://www.maconaria.srv.br/
VOCÊ É RESPONSÁVEL PELO SEU JURAMENTO.
NÃO REPASSE OS TEMAS MAÇÔNICOS DESTE GRUPO A MAÇONS IRREGULARES OU PROFANOS

Maçonaria Brasileira

www.maconaria.srv.br

Ma̤onaria Brasileira Рum aviso sobre a Ma̤onaria Tradicional e Regular Brasileira

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s