CRIANDO SUA PIRÂMIDE DE PODER NA QUINTA DIMENSÃO

Principais links do Clube: Escolha uma opção Clube Logar Produtos Serviços Eventos Artigos Usuários Estatuto Categorias Almas Gêmeas Astrologia Corpo e Mente Espiritualidade Oráculos Psicologia Vidas Passadas Conteúdo Artigos Oráculos Blog Esta Semana Horóscopo Stum World Arquivo Interativos Mapa Astral  Numerologia Baralho Cigano Vidas Passadas Meditação Jogo das Runas Oráculos do Amor Atendimentos Tarô via Skype Consulta de Runas Consulta de I-Ching Sinastria Astral Revolução Solar Nome de Bebês Previsão de Tarô Sobre o Site Quem Somos Cadastre-se Clube Stum Loja Anuncie Widgets Facebook Twitter Ajuda

HOME
VOLTAR

Selecione o idiomaalemãoárabecoreanodinamarquêsespanholfinlandêsfrancêsgregohebraicohindiholandêshúngaroinglêsitalianojaponêsnorueguêspolonêsromenorussosérviosuaílesuecotailandêsturcoucraniano

Powered by Google Tradutor

CRIANDO SUA PIRÂMIDE DE PODER NA QUINTA DIMENSÃO

Bookmark and Share

CRIANDO SUA PIRÂMIDE DE PODER NA QUINTA DIMENSÃO

por Mônica Erichsen Nassifmenassif89@gmail.com

Arcanjo Miguel através de Ronna Herman –  Parte da mensagem canalizada em  março de 2001
Daremos agora um modo à prova de falha para acessar a quinta dimensão e seus tesouros a qualquer hora que desejar.
Temos falado freqüentemente da “pirâmide” e de seu poder. Nós o ajudaremos na construção de uma pirâmide na quinta dimensão, onde se unirá com sua família de alma e outros viajantes das estrelas. Esperamos que a visite freqüentemente, para unidos, juntos na amorosa intenção – enviemos Amor/Luz e energias curadoras para a Terra e toda a humanidade. Agora o ajudaremos na construção de sua Pirâmide de Poder, onde poderá ir em seus momentos de tranqüilidade e durante o sono, para receber curativos, inspiração, para criar o que desejar e também, para encontrar uma “Solução Divina” para qualquer situação ou desafio que possa enfrentar.
Deseje criar esta sua pirâmide de Luz e com esta sincera intenção ela será manifesta na quinta dimensão.

Há um ápice em sua pirâmide e ele contém uma espiral de Raios de Luzes do Arco-Íris, contendo todas as cores, virtudes e atributos de nosso Deus Pai/Mãe. À medida que entra no interior de sua pirâmide olhe ao redor: as paredes e piso possuem uma radiante Luz interna e há doze cadeiras de cristal dispostas em um círculo (você poderá acrescentar mais de tempos em tempos).
Há uma mesa de cristal no centro e quando você se deita sobre ela ela assume perfeitamente as conformações de seu corpo. Há um magnífico e claro cristal de quartzo pendurado sobre o centro da mesa. O cristal é facetado em ambas as pontas e pela ponta facetada superior ele conecta-se com o ápice da pirâmide.
Esta é a estrutura básica de sua pirâmide, contudo, sugerimos que adicione seus próprios toques pessoais à medida que visite este seu sagrado templo e o faça seu próprio.
Exemplos de como a sua pirâmide pode ser usada.
PRIMEIRO: Quanto tiver uma situação de conflito com alguém em sua vida. Em estado de meditação, entre em sua sagrada pirâmide e sente-se em uma das cadeiras de cristal e coloque a outra pessoa sentada do outro lado da mesa de cristal, à sua frente. Peça ao Eu Superior da pessoa para se reunir a vocês e que você possa dialogar com esta pessoa, mas, por favor, coloque o seu Eu em um estado passivo e fale do coração, com sua alma.
Objetivamente declare seu caso e, então, coloque a situação sobre a mesa de cristal e peça por uma “Solução Divina” e pelo resultado mais elevado que sirva para ambos. Visualize a Chama Violeta da transmutação brilhando de baixo para cima da mesa, envolvendo a situação.
Agora, veja como o grande cristal pendurado sobre a mesa de cristal começar a ativar os seus grandes fluxos de Luz dourada (eles se parecem em muito com os raios que vemos durante as tempestades). Esses raios de “Iluminação” focalizam-se sobre a mesa de cristal e a situação, e depois se expandem para cada um de vocês e, eventualmente, enchem a sala.
SEGUNDO: Se desejar focalizar em seu corpo físico uma doença, ou uma situação de desequilíbrio, coloque-se sobre a mesa de cristal. Declare seu desejo, que pode ser específico ou de forma genérica. Peça ao seu Eu Superior, ou Presença EU SOU, para ser seu facilitador cósmico e supervisionar o processo à medida que a Chama Violeta arde de baixo para cima, o envolve e são ativadas as chamas de Iluminar. Isto acelerará e aumentará grandemente o processo de liberação de quaisquer energias negativas impressas dentro da estrutura física e construirá seu recipiente de Luz. Você descobrirá que não será permitido colocar qualquer outro ser sobre sua mesa de cristal sem sua permissão, ou em casos especiais com a permissão de seu Eu Superior.
TERCEIRO: Passe um tempo dentro de sua Pirâmide de Poder quanto tiver que tomar uma decisão, para fortalecer e energizar suas visões e aspirações. Aqui você pode usar as Leis Universais de Manifestação em suas mais dinâmicas formas, à medida que se torna proficiente com um mestre de co-criação. Passe tempo purificando sua visão do futuro em todas as áreas: espiritual, mental, emocional e física.
QUARTO: Se houver uma situação grupal, digo, dentro da família ou o local de trabalho, veja a todos os envolvidos sentados nas cadeiras de cristal e coloque a situação no centro. Peça ao Eu Superior de cada pessoa para se posicionar, respectivamente, atrás de cada um, supervisionando o processo. Novamente, coloque a situação sobre a mesa de cristal, pedindo pelo resultado mais elevado para todos. Peça pela “Solução Divina” e então, utilize tanto tempo quanto necessário focalizando a energia da Luz Violeta sobre a situação e no local. À medida que a Chama Violeta age há a possibilidade de neutralizar a situação conflitiva e transmutá-la à Luz do Espírito.
QUINTO: Às vezes pode desejar estar em sua Pirâmide de Poder trabalhando só por você e, outras vezes, poderá expandir sua estada para qualquer duração que desejar, à medida que você traz um grande número de pessoas ou situações que necessite transmutar em elevada forma de expressão.
Através do acesso à sua Pirâmide de Poder da quinta dimensão, você evita o negativo, energias distorcidas da terceira dimensão, conflitos e energias ambíguas da quarta dimensão. É tempo de recuperar a habilidade para funcionar dentro de planos sutis de energias, onde somente a perfeição é possível.
Amado amigo, você está se tornando um Ser de Luz multidimensional à medida que integra seu Eu – Alma e gradualmente se torna transpessoal. Muitos integraram seus Eus Superiores, seus Eus – Galácticos e estão no bom caminho de acessar o Eu – Fonte.
Isso é que é ascensão em todos os sentidos, amado.
Cultive as muitas maravilhosas facetas de SI, que você deixou pelo caminho em sua descida para a Terra dos sonhos chamada Terra. Nós sabemos como verdadeiramente magnífico você é e vemos seu fantástico potencial. Entre em nosso mundo, querido coração, estamos esperando para cumprimentá-lo.
EU SOU Arcanjo Miguel.
http://www.ronnastar.com/

Texto revisado

por Mônica Erichsen Nassifmenassif89@gmail.com
Reikiana e floralterapeuta. Atendo de forma presencial e à distância. Faça contato!
Lido 1495 vezes, 17 votos positivos e 1 votos negativos.  
E-mail: menassif89@gmail.com
Visite o Site do autor

Escudeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Question book.svg

Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros,acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Um escudeiro (do francês “écurie” (estábulo)) é um título nobiliárquico. Historicamente, tratava-se de um assessor sênior que tinha como responsabilidade cuidar dos cavalos de um nobre. No seu uso contemporâneo faz menção a um assessor pessoal de umsoberano ou membro da família real. É um termo análogo a ajudante de ordens, mas este prevalece atualmente apenas noCommonwealth das Nações. É o último cargo, em ordem decrescente de importância, na base da nobreza. No entanto, é um título de bastante honra, sendo seu titular possuidor de seu próprio escudo de armas.

O escudeiro é um cavaleiro em treinamento, e recebia-se esse título geralmente aos 14 anos, depois de servir desde os 7 comopagem. Os escudeiros eram delegados a um cavaleiro que prosseguia com a educação do jovem. Além de treinamento marcial, os escudeiros se exercitavam em jogos, aprendiam pelo menos a ler, se não a escrever, e estudavam música, dança e canto. O escudeiro era o companheiro e servente do cavaleiro. Os deveres do escudeiro incluíam o polimento das armaduras e armas (propensas àferrugem), ajudar seu cavaleiro a se vestir e despir, tomar conta de seus pertences e até dormir no vão ocupado pela porta como umguarda.

Nos torneios e batalhas, o escudeiro ajudava seu cavaleiro quando preciso. Ele levava armas substitutas e cavalos, tratava das feridas, afastava os cavaleiros feridos do perigo, ou garantia um enterro decente, se necessário. Em muitos casos, o escudeiro ia à batalha com seu cavaleiro e lutava ao seu lado. Um cavaleiro evitava lutar contra um escudeiro; se possível, procurava ter como adversário um cavaleiro de posição similar ou mais alta que a sua. Os escudeiros, por sua vez, procuravam atacar cavaleiros inimigos, a fim de ganhar glória matando ou capturando um nobre de título maior que o seu.

Com 21 anos, o escudeiro se tornava elegível para se tornar um cavaleiro. Os candidatos mais adequados eram proclamados cavaleiros por um lorde ou outro cavaleiro de grande reputação. A cerimônia de se tornar um cavaleiro inicialmente era simples: geralmente recebia-se o título no ombro com uma espada e depois afivelava-se um talim. A cerimônia acabou se tornando mais elaborada e aIgreja ampliou o rito. Os candidatos tomavam banho, cortavam o cabelo curto e ficavam acordados a noite inteira numa vigília de reza. De manhã, o candidato recebia, de um cavaleiro, a espada e a espora.

A cavalaria habitualmente só era atingível para aqueles que possuíam terras ou renda suficientes para cobrir as responsabilidades da classe. Entretanto, lordes e bispos importantes podiam manter um considerável contingente de cavaleiros e muitos conseguiam emprego nessas circunstâncias. Escudeiros que lutassem particularmente bem poderiam ganhar o reconhecimento de um grande lorde durante a batalha e ser proclamados cavaleiros no campo de batalha.

Na ficção, um escudeiro famoso é Sancho Pança, que servia à Dom Quixote, na obra-prima do escritor espanhol Miguel de Cervantes.

[Expandir]

ve

Profissões

Ícone de esboço
Este artigo sobre títulos de nobreza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s