momento de reflexão

Remover | Cadastro | Comentários | Compartilhar | Imprimir


Amor e atenção

O século XX ofereceu à Humanidade inúmeros apóstolos da paz, do bem e do entendimento que auxiliaram, de alguma forma, ao progresso do bem e do belo.

Na área da medicina, uma psiquiatra suíça, radicada nos Estados Unidos, dedicou a segunda metade desse século a desenvolver uma nova ciência na área da medicina.

Elizabeth Klüber Ross mudou-se para Nova York muito jovem, logo depois de casar-se com um americano e começou a exercer a medicina, em um dos últimos lugares do mundo que desejaria ir.

Como médica estrangeira, não conseguiu colocação melhor nos hospitais de Nova York a não ser trabalhar com pacientes esquizofrênicos crônicos, incuráveis.

Sentia-se solitária e infeliz. Mas não querendo fazer seu marido infeliz, ela começou a se abrir com seus pacientes. Identificou-se com sua miséria e solidão.

A partir disso, conta ela, pacientes que, há mais de 20 anos não pronunciavam uma palavra, começaram a falar, pois que encontravam nela alguém para compartilhar seus sentimentos e sofrimentos.

De pronto, a médica percebeu que não estava sozinha em suas misérias e dores. E, por dois anos, partilhou da vida de seus pacientes, conhecendo-lhes os nomes, vontades, gostos.

Participava com eles das suas festas, comemorações. Sabia-lhes as manias. Envolveu-se definitivamente com todos eles.

Ao cabo desse período, cerca de 94% dos seus pacientes, dados como incuráveis, tinham recebido alta.

Concluiu a doutora Elizabeth Klüber Ross que o maior presente que seus pacientes lhe deram, foi ensinar-lhe que há mais coisas, além das terapias e da ciência médica.

Ensinaram-lhe que amor e atenção podem ajudar seriamente às pessoas e conseguir que muitas delas se curem.

* * *

Embora não sejamos médicos, muitos de nós somos desafiados com relacionamentos difíceis.

Por vezes é o filho com dificuldades emocionais, físicas ou neurológicas.

De outras vezes, o desafio é o companheiro que, antes dócil e compreensível, se torna o tirano doméstico.

Ainda pode-se ter que enfrentar o chefe autoritário e desumano a administrar números, esquecendo-se das pessoas.

Todos esses são desafios que nos convidam a exercitar as lições de que amor e atenção são remédios eficazes.

Não o amor superficial. É necessário o amor incondicional. Amar pela simples possibilidade de amar.

* * *

Ao vivenciar esses relacionamentos, utilizemos a terapia da atenção, do olhar nos olhos, de entender as necessidades de quem amamos e que, muitas vezes, temos dificuldade para compreender.

Permitamo-nos amar intensamente, profundamente, amando a alma muito além daquilo que os olhos percebem e conseguem ver.

Lembremos que os conhecimentos e as técnicas ajudam as pessoas porém, o conhecimento por si só não ajudará a ninguém.

Se não forem usadas a cabeça, o coração e a alma, não conseguiremos ajudar a um ser humano sequer.

Redação do Momento Espírita, com base no livro Morrer é de vital importância, de Elizabeth Klüber Ross.

Caso não esteja visualizando o e-mail, acesse aqui.

E-zine
VendaMais
Raúl Candeloro

Ano 15

nº 12

02 de abril de 2013

Nesta edição

21 (ou mais) grandes lições do Metas: Desafio dos 30 Dias
Por Raúl Candeloro

Opinião do leitor

Vendas é coisa de campeão
Por Professor Paulo Sérgio Buhrer

Compartilhe:

FBTwttermail

Editorial

21 (ou mais) grandes lições do Metas: Desafio dos 30 Dias

Por Raúl Candeloro

Olá, Osmar.
Na semana passada concluímos os trabalhos do Metas: Desafio dos 30 Dias, onde ajudei um grupo de pessoas a rever e clarificar suas metas pessoais e profissionais e o que precisam fazer para atingi-las. Através de artigos, exercícios e com o apoio e participação ativa dos participantes do próprio grupo, foram 30 dias de muita reflexão e lições práticas sobre como podemos utilizar nosso tempo de maneira mais eficiente e eficaz se realmente quisermos ter alta performance em nossas vidas.
Para quem não participou da dinâmica em grupo, aqui vão as principais conclusões/grandes lições:
1) Você tem um número finito de dias. Valorize cada um deles.
2) Você não pode alterar os dias que passaram. Mas tem 100% de controle sobre os que ainda têm pela frente. Valorize cada um deles.
3) Administrar corretamente o tempo é, antes de mais nada, administrar corretamente o foco da sua energia para as atividades prioritárias, de acordo com os objetivos que estabeleceu.
4) É melhor fazer poucas coisas, mas bem-feitas e com profundidade, do que o contrário.
5) Com um bom planejamento, você, em média, consegue liberar de uma a duas horas do seu dia. Estima-se que para cada minuto organizando e planejando seu dia, você ganha 10 minutos de produtividade.
6) É melhor mudar um hábito por vez.
7) Ao mudar um hábito, você mexe com uma força poderosa: a Resistência.
8) A Resistência conhece você e quer que você volte ao que fazia antes. Ela não quer sair da zona de conforto e quer que tudo permaneça igual, mesmo que uma grande parte de você não esteja feliz ou satisfeito com isso.

 

Opinião do leitor

Sou assinante e quero compartilhar que as matérias desta revista somaram muito para meu crescimento profissional, indico para quem trabalha na área de Vendas.
Rosimeri R. Oliveira
via Facebook

Para pensar

“As oportunidades são como o nascer do sol; se você esperar demais, vai perdê-las”.
Willian Arthur Ward

9) A Resistência é o Vale dos Ecos. Fale de maneira positiva e construtiva com você mesmo e com ela e terá de volta energia positiva e construtiva.
10) Sabe qual é o maior segredo do sucesso? Você e sua Resistência juntos são INVENCÍVEIS. A Resistência não é sua inimiga. Ela é a maior amiga, a maior parceira, 100% dedicada a você. O que você precisa é dar-lhe uma nova direção e um novo foco.
11) Duas excelentes técnicas para mudar hábitos: Superdia e Só um Pouquinho.
12) Você precisa mapear seu dia a dia em termos de ciclos de energia. Os momentos do dia onde sua energia é mais alta são chamadas de Zonas de Alta Performance (ZAPs). Pessoas de alta performance encaixam suas PRIORIDADES nas Zonas de Alta Performance.
13) Meta consciência: Lembre-se do “Presente!” e do “Acorda!”.
14) Cuidado com Buracos Negros e Vampiros Energéticos.
15) Segredos da Mente Milionária: Preste sempre atenção na sua programação mental e lembre-se que você pode se reprogramar.
16) Homeostase: as pessoas que estão à sua volta são influências muito importantes na sua vida. Se forem positivas, ótimo. Se não forem, o que você vai fazer de maneira objetiva e proativa para lidar de maneira positiva e construtiva com essa situação? Mais importante ainda: que tipo de energia VOCÊ tem irradiado à sua volta?
17) Defina claramente quais são seus VALORES, as atitudes que expressam seu ‘eu ideal’ no dia a dia.
18) Defina claramente quais são suas metas para as principais áreas da sua vida.
19) Faça uma lista de Borboletas Mentais todos os dias antes de ir dormir.
20) Crie um check-list com seu Dia Perfeito e revise-o constantemente.
21) Faça uma revisão semanal todo Domingo para acompanhar seus projetos, suas metas, seus valores, seus avanços, o que precisa ser feito e, principalmente, para AGRADECER.
Em breve devo abrir um novo grupo para realizar o processo novamente. Avisarei de novas vagas através desta própria e-zine, está bem?
Abraços organizados e produtivos,
Raúl Candeloro

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s