energia

Versão online | Adicione à sua lista de contatos

Schneider Electric | Xperience Efficiency 2013

Soluções   |    Produtos e Serviços   |    Suporte   |    Área de Clientes

Key Code: 71434D

Quer aprender mais sobre o gerenciamento inteligente de energia?
Participe do Xperience Efficiency 2013 e conheça novas ferramentas para aumentar a eficiência, economizar dinheiro e fazer sua organização crescer (#SchneiderXE). Saia do escritório para ver as soluções que irão transformar o modo como trabalhamos, aprendemos e pensamos em sustentabilidade!

  • Mais de 30 sessões com as últimas novidades da indústria;
  • Apresentações interativas de sistemas de gerenciamento de energia, soluções e tecnologia;
  • Especialistas renomados e discussões abertas sobre problemas que você está tentando resolver hoje.

A energia é um desafio para todos. Com o aumento dos preços e leis de proteção ao meio ambiente mais severas, todos sabemos que as mudanças são necessárias. Esteja pronto para os desafios de hoje e de amanhã — e leve para sua empresa soluções eficientes participando do Xperience Efficiency 2013.

Saiba Mais!

Patrocinador Platinum Global:
Hewlett Packard

A sua chance de falar pessoalmente com especialistas em energia
Inscreva-se agora para obter GRATUITAMENTE o seu kit Xperience Efficiency 2013: 3 white papers que o ajudarão a melhorar a eficiência energética, a economia e a sustentabilidade. E ainda concorra a um iPad® mini!

Xperience Efficiency 2013. E ainda concorra a um iPad® mini!

Data: 4 a 7 de junho
Local: São Paulo
            WTC Events Center
            Golden Hall

Inscreva-se Agora para o Evento!

Não pode comparecer ao evento?
Inscreva-se agora no evento virtual Xperience Efficiency 2013 que começa em 5 de junho.

Inscreva-se Agora para o Evento Virtual!

E-zine
VendaMais
Raúl Candeloro

Ano 15

nº 18

14 de maio de 2013

Nesta edição

O cliente tem sempre razão?
Por Raúl Candeloro

Opinião do leitor

Coisas que todo vendedor deveria saber sobre o dinheiro na sua forma original
Por Gustavo Huber

Compartilhe:

FBTwttermail

Editorial

O cliente tem sempre razão?

Por Raúl Candeloro

Olá, Osmar.
O cliente tem sempre razão? Esse é um debate sempre muito interessante em qualquer ambiente de Vendas. Principalmente quando a conversa direciona-se para “demitir” clientes.
Sou defensor fervoroso de demitir clientes em algumas situações, mas nem todo mundo concorda comigo. Algumas pessoas concordam, mas depois não fazem nada, já que demitir um cliente tem vários inconvenientes:

1. Você obviamente perde o cliente e, com isso, o faturamento que ele traz.

2. Você tem que passar pelo possível constrangimento de ter que comunicar, de maneira delicada, mas firme, que não vai mais atender o cliente.

3. Você corre o risco do cliente fazer uma cena, reagir mal, etc.

Mesmo assim, acredito que existam tipos de clientes cujo atendimento tem um retorno negativo sobre o tempo, energia e dinheiro investidos.
Quando demitir um cliente?

1. Quando o cliente é grosso, mal-educado, inconveniente e/ou falta ao respeito com as pessoas que o atendem na empresa.

2. Quando o cliente é deficitário, ou seja, atendê-lo não dá lucro e ele não aceita pagar mais pelos produtos/serviços.

3. Quando o cliente demanda tanto tempo e energia para atendê-lo, sem compensação financeira, que outros clientes acabam sendo mal-atendidos.

4. Quando o cliente falta à ética e claramente desrespeita os valores nos quais você acredita.

 

Opinião do leitor

Pensa numa revista incrível? Recebo toda semana notícias…
Marcus Vinicius

Para pensar

“Uma parte dos homens age sem pensar, e a outra pensa sem agir”.
Rosseau

Nestes 4 casos específicos, acredito que é melhor para todos se o cliente for demitido/a.
E você, o que acha?

  • Você já demitiu algum cliente? Como foi?
  • Em quais casos você acha que é melhor demitir um cliente?
  • Como você comunicaria ao cliente que não quer mais atendê-lo?

Estamos escrevendo um artigo sobre isso para a VendaMais. Se quiser enviar sua opinião, por favor, envie para  leitor@vendamais.com.br ou poste seu comentário na nossa página no Facebook
Abraço e boa$ venda$,
Raúl Candeloro
P.S.: O Canal Venda Mais nasceu em abril com 100 filmes de treinamento para vendedores e gestores. Hoje, apenas um mês depois, já são 122. Se você ainda não é assinante, assine agora e aproveite as melhores técnicas e ferramentas para vender mais:  www.canalvendamais.com.br.

 

Dica da semana

Coisas que todo vendedor deveria saber sobre o dinheiro na sua forma original

Por Gustavo Huber

Há dez mil anos antes de cristo, para atender o abastecimento da população, surgiram os mercadores e mercadejadores, os quais trocavam mercadorias de todos os tipos. Com o passar do tempo, o processo do escambo tornou-se nervoso. Os entendimentos sobre valores de trocas se conflitavam e as referências se perdiam. Até que os líderes governistas entenderam que os sistemas primários da troca não atendiam mais às exigências entre a população.
Fez-se mister um denominador comum de troca para os valores em mercancia, entre as várias tentativas, chegou-se às cunhas de metais nobres da época (cobre e ouro), imunes à corrosão do tempo e por sua escassez na natureza, eram muito apreciados. Segundo alguns historiadores, foram os fenícios que tiveram a ideia de fundir os metais em formas de lascas de peso e tamanhos iguais. Denominou-se de “elétrons”. É o que podemos considerar de ancestral do dinheiro de hoje. Isso não significou que a população passou a conhecer o valor do apego monetário, continuou prevalecendo o valor do espírito de amor – a fraternidade era a predominância. 

Continuar a leitura >>

Publicidade

SUA EMPRESA PRECISA DESENVOLVER LIDERANÇAS PARA ALCANÇAR AS METAS OUSADAS DE 2013??
No dia 21/05 estarei em São Paulo, especialmente para receber um grupo exclusivo de Gestores e Líderes que participarão do Workshop Roda da Liderança – 10 Habilidades Essenciais de um Líder.
Traga o Líder da sua empresa para fazer parte desse seleto grupo. Ligue agora, reserve a participação e garanta uma Liderança preparada para os desafios de 2013!!!
Acesse aqui e confira.

Osmar, mande suas ideias ou contribua com sugestões, enviando sua mensagem para: raul@vendamais.com.br

 

Remover | Cadastro | Comentários | Compartilhar | Imprimir


A nota da esperança

Foi num jornal de grande circulação que lemos recentemente a incrível história do violinista Isaac Perelman.

No dia 18 de novembro de 1995, Isaac Perelman se apresentou no Lincoln Center em Nova Iorque.

Às oito horas daquela noite, Isaac Perelman pisou o palco.

O que para a maioria das pessoas seria uma tarefa simples, para Isaac este momento sempre representava um tremendo esforço.

Apoiado por aparelhos ortopédicos presos às suas pernas e em duas muletas, Isaac caminhou, como sempre fazia, lentamente, em passos penosos, porém, sem perder a majestade.

O público em geral já estava acostumado a esta cena, fruto de uma poliomielite que o atingiu ainda em sua infância.

Isaac se aproximou da cadeira, se sentou, desatou os aparelhos ortopédicos, deixou as muletas ao seu lado, no chão.

Com o auxílio das mãos, encolheu uma perna para trás, esticou a outra para a frente.

Em seguida, retirou seu precioso violino da caixa, colocou-o sobre o ombro, apoiado em uma das mãos.

Com a outra mão segurou o arco, e apontou para o regente da orquestra, indicando que ele começasse.

O que se viu em seguida, como de hábito, foi a genialidade de um homem através de seu violino, embalando o público com acordes de talentosa maestria.

De repente se ouviu um estalo!

Uma das quatros cordas do violino havia se rompido!

Todos olharam, em silêncio absoluto, para Isaac.

Ele fechou os olhos, respirou profundamente, levantou o arco, pedindo ao regente que continuasse no exato ponto em que haviam parado.

E Isaac tocou com incrível paixão, criando em sua mente, em sua alma, notas e acordes, de forma a produzir os mesmos sons da partitura original.

O público quase não podia acreditar. Isaac estava tocando a mesma sinfonia com um violino com três cordas.

Quando terminou, o público se ergueu e não parava mais de aplaudir.

Finalmente, os aplausos cessaram a pedido do violinista. As palavras que ele pronunciou tinham a doçura da convicção e continham uma grande lição:

Um músico deve produzir sonoridade com aquilo que lhe resta.

* * *

Todos somos músicos no concerto da vida. Mesmo com o coração dilacerado, as cordas dos sentimentos quebradas, é preciso continuar a executar as notas musicais.

Podem ser notas simples, isoladas, mas que aos poucos formarão uma melodia.

E embalados pela melodia da nossa própria dor haveremos de encontrar forças para executar a bela sinfonia da vida.

Mesmo que os dias amanheçam chuvosos e frios. Mesmo que o amor tenha partido. Mesmo que tenhamos ontem acompanhado os corpos dos nossos amores ao cemitério.

Continuemos tocando a melodia e descobrindo as notas de esperança que a vida nos oferece, no sorriso de uma criança, na mão de um amigo, no abraço carinhoso de um companheiro.

Redação do Momento Espírita, com base no artigo A nota da esperança , assinado por Edmond Fatuch, publicado no Jornal Gazeta do Povo, em agosto. 2000.

Versão online | Adicione à sua lista de contatos

APC by Schneider Electric

Uptime online

Soluções   |    Produtos e Serviços   |    Suporte   |    Seu negócio

Key code: 71557D 

Novidades

Maximize o desempenho do data center hoje mesmo
Simplifique o projeto do espaço de TI
APC by Schneider Electric lança no-break bivolt para pequenas e médias empresas
APC by Schneider Electric atualiza sua linha de no-breaks Back-UPS

Agilidade de primeiro nível
Conheça sua capacidade
Características sustentáveis eficientes

Adote um plano de dimensionamento adequado e diminua suas despesas hoje mesmo

Os nove erros mais frequentes no planejamento do data center

Faça o download do White Paper N° 145

Faça o download do White Paper N° 145

Por que tantas construções e expansões de data centers são malsucedidas? Este White Paper da Schneider Electric responde esta pergunta crucial e revela os nove erros mais frequentes cometidos pelas empresas na projeção e construção de novos ambientes de data centers. Mas isso não é tudo. Os especialistas do nosso Data Center Science Center demonstram uma forma muito eficaz de ter sucesso na projeção de um data center adotando a abordagem do custo total de propriedade (TCO). 
Você vai projetar um data center? O planejamento começa aqui

O planejamento deficiente gera demoras e despesas adicionais

Cinco passos fundamentais para o projeto de data centers

Mais detalhes

O planejamento de sistemas é uma tarefa árdua para qualquer profissional de TI que trabalhe no projeto de um novo data center. Os erros no planejamento podem aumentar nas fases posteriores de implantação, produzindo demoras, custos excessivos e, afinal, sistemas em risco. Muitos desses problemas podem ser eliminados se o planejamento de sistemas for concebido como um modelo de fluxo de dados, com uma sequência ordenada de tarefas.
Cinco passos fundamentais para o projeto de data centers

Finalmente, novos avanços em matéria de energia e refrigeração  

Faça o download de "A virtualização e a TI em nuvem" hoje mesmo

Faça o download do White Paper N° 118

As inovações transformadoras em matéria de TI na nuvem provocaram uma revolução permanente no data center. Não é mais possível enfrentar os desafios relativos a densidades mais altas, gerenciamento de capacidade, consumo de energia e onerosa redundância de equipamentos com métodos antigos em matéria de energia e refrigeração. Saiba por que as soluções flexíveis são essenciais para estabilizar os data centers de alto desempenho atuais.
Faça o download de “A virtualização e a TI em nuvem” hoje mesmo


JUNTE SE A NÓS

Facebook

ASSISTA-NOS

YouTube

JUNTE SE A NÓS

Twitter

SIGA-NOS

Linked In

DESCUBRA EM

SETV

1-Cancelar Assinatura | Subscription Center | Política de privacidade

©2013 Schneider Electric, All Rights Reserved.
Schneider Electric and APC are trademarks owned
by Schneider Electric, or its affiliated companies in the United States and other countries.
All other trademarks are property of their respective owners..

APC by Schneider Electric Brazil
Av. das Nações Unidas, 18605 – 04753-100 – São Paulo – SP
Phone: +55 11 2165-5400

Os pássaros do paraíso…

Ornitólogo da National Geographic  filmou em uma densa floresta, pássaros com deslumbrantes plumagens. O projeto foi chamado de Os Pássaros do Paraíso. Depois colocou seu trabalho ao alcance do público.

clip_image001

http://www.youtube.com/embed/REP4S0uqEOc

 

 

 

 

Se você não está conseguindo visualizar este e-mail, clique aqui.

Informativo eletrônico – Edição 1217

Quarta-Feira, 15 de maio de 2013

 

Prezado leitor,

Você está recebendo o Macro Visão. Veja os destaques desta edição:

Economia Brasileira

· Comércio varejista apresenta retração de 0,1% em seu volume de vendas no mês de março

Economia Internacional

· PIB da Zona do Euro recua 0,2% no 1º trimestre do ano

· Economia francesa recua 0,2% e país entra em recessão

· PIB da Alemanha cresce 0,1% nos primeiros três meses de 2013

Comércio varejista apresenta retração de 0,1% em seu volume de vendas no mês de março

A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou recuo de 0,1% no volume de vendas do varejo restrito em março frente ao mês imediatamente anterior, quando o indicador havia declinado 0,4%, já descontadas as influências sazonais. Já o varejo ampliado apresentou expansão de 0,2% em março. No acumulado de 12 meses o varejo restrito registrou variação de 6,8%, e o varejo ampliado de 7,2%. As variações para o terceiro mês do ano foram bastante próximas às previsões do Depecon/Fiesp, que apontavam para queda de 0,3% no varejo restrito e estabilidade no conceito ampliado (0,0%).

O desempenho menos robusto para a PMC reflete o dinamismo de variáveis como emprego, renda e crédito. O aumento do salário real não se mostrou tão expressivo como nos anos anteriores, o crédito pessoal segue em um nível fraco para o início do ano e não há muito espaço adicional para a queda da taxa de desemprego. Ademais, o alto nível de inflação também tem grande impacto sobre o comportamento de vendas do setor varejista.

Na comparação de março ante o mês anterior, já descontada a influência sazonal, seis das dez atividades pesquisadas apresentaram expansão no volume de vendas, com destaque para o segmento de Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, cuja variação de -2,1% foi fortemente influenciada pelo comportamento acima da média do nível de preços. No entanto, na comparação interanual mensal, a atividade apresentou aumento de 4,0%, desempenho que foi beneficiado pela comemoração da Páscoa em março, e não em abril, como ocorreu em 2012.

No segmento de Móveis e eletrodomésticos o crescimento na margem foi de 0,7% em março. Na comparação com mesmo período do ano anterior, a atividade apresentou queda de 4,0%, refletindo a politica atual do governo de reposição gradual das alíquotas de IPI e a menor disponibilidade do crédito pessoal. No segmento de Tecidos, vestuário e calçados houve aumento expressivo de 3,9% em março frente a fevereiro, enquanto que na comparação interanual o crescimento foi ainda maior (5,9%). Tal expansão foi impactada pelo lançamento da coleção de outono-inverno, que induziu à liquidação da coleção anterior.

Já a atividade de Veículos, motos, partes e peças apresentou avanço de 1,9% na margem para o mês de março, e de 1,2% na comparação interanual mensal, tendo em vista a prorrogação da medida de IPI reduzido. Por sua vez, o segmento de material de construção mostrou crescimento de 0,7% frente ao mês anterior. O volume de vendas de Combustíveis e Lubrificantes aumentou 2,4% em março ante fevereiro, refletindo o ajuste moderado no nível de preços (5,1% no acumulado de 12 meses, ante 6,6% do IPCA).

Com exceção do segmento de Outros artigos de uso pessoal e doméstico, que avançou 0,7% em março frente a fevereiro, as demais atividades apresentaram retração nesta métrica: Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-5,2%), Livros, jornais, revistas e papelaria (-2,9%) e Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (-1,9%).

Na comparação interanual mensal, dentre as vinte sete unidades da federação, vinte e cinco apresentaram expansão no comércio varejista em março, sendo que São Paulo (4,8%) avançou acima do crescimento nacional de 4,5%. Vale ressaltar as variações das seguintes federações: Rio Grande do Norte (13,2%); Mato Grosso do Sul (11,2%); Acre (11,2%); Rio de Janeiro (7,2%); Rio Grande do Sul (5,9%); Paraná (5,5%).

PIB da Zona do Euro recua 0,2% no 1º trimestre do ano

O Produto Interno Bruto (PIB) da Zona do Euro recuou 0,2% no primeiro trimestre de 2013, quando comparado com o trimestre imediatamente anterior. Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, o PIB da região apresentou contração de 1,0%. A prévia dos dados foi divulgada hoje (15/05) pelo escritório de estatísticas da região, Eurostat.

Essa foi a sexta contração consecutiva na margem, e o resultado veio pior do que a previsão dos analistas, que esperavam recuo de 0,1%. Já o PIB da União Europeia recuou 0,1% no primeiro trimestre do ano, na comparação com o período imediatamente anterior. Na comparação interanual a contração foi de 0,7%.

O PIB da Itália recuou 0,5% no primeiro trimestre do ano, em comparação na margem, com todos os setores da economia apresentando contração, exceto a agricultura. A economia italiana está em recessão há sete trimestres consecutivos, a mais longa desde 1999, quando o Escritório de Estatísticas do País (Istat) começou a compilar os dados de forma comparável.

A Grécia teve seu PIB reduzido em 5,3% no primeiro trimestre de 2013, na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Apesar da forte queda da atividade econômica neste trimestre, é importante ressaltar que o recuo foi menos acentuado do que o registrado no último trimestre do ano passado (5,7%).

Economia francesa recua 0,2% e país entra em recessão

Após uma queda de 0,2% no último trimestre do ano passado, o PIB da França novamente recuou 0,2% no primeiro trimestre deste ano, levando o país a uma recessão – usualmente caracterizada por dois trimestres consecutivos de retração no PIB –, segundo os dados divulgados hoje (15/05) pelo Instituto de Estatísticas do País, INSEE. Na comparação interanual, a retração do primeiro trimestre foi de 0,4%.

A variável que mais impactou negativamente o PIB francês foi a formação bruta de capital fixo, que declinou 0,9% em relação ao trimestre imediatamente anterior, após quedas de 0,2%, 0,7% e 0,8% nos três últimos trimestres do ano passado. Vale destacar também o comportamento das exportações, que apresentaram o expressivo recuo de 0,5% na margem, após queda de 0,7% no último trimestre do ano passado.

A inflação do país caiu 0,1% em abril na comparação com o mesmo mês do ano anterior, surpreendendo os analistas, que esperavam uma alta de 0,1%. No acumulado de 12 meses, o índice subiu 0,7%. A maior influência negativa veio dos preços da energia, que arrefeceram 1,1% na comparação mensal.

PIB da Alemanha cresce 0,1% nos primeiros três meses de 2013

O PIB alemão apresentou expansão de 0,1% no primeiro trimestre do ano, quando comparado com o trimestre imediatamente anterior, e evitou, dessa forma, a entrada do país em recessão. Segundo o Escritório de Estatísticas do País – Destatis -, uma das principais razões pelo baixo crescimento da economia alemã foi a temperatura extremamente baixa que castiga o país.

Na comparação interanual e com ajustes sazonais, realizados devido ao fato da Páscoa ter caído em trimestres diferentes em 2012 e 2013, o PIB da Alemanha retraiu 0,2% nos primeiros três meses de 2013. Já na comparação na margem, o crescimento alemão foi resultado do aumento da demanda por parte das famílias, já que a formação bruta de capital fixo seguiu a tendência de queda e a balança comercial do país ficou relativamente estável.

Relatório divulgado em 13/05/2013

IPCA (%)

5,68

5,71

5,80

(1)

IGP-DI (%)

4,95

4,80

4,43

(2)

IGP-M (%)

4,93

4,75

4,51

(2)

IPC-Fipe (%)

5,12

4,92

4,95

(1)

Taxa de Câmbio – fim de período (R$/US$)

2,00

2,00

2,01

(1)

Taxa de Câmbio – média do período(R$/US$)

2,00

2,00

2,00

=

(6)

Meta da Taxa Selic – fim de período (%aa)

8,50

8,25

8,25

=

(3)

Meta da Taxa Selic – média do período (%aa)

7,88

7,81

7,81

=

(3)

Dívida Líquida do Setor Público(% do PIB)

34,50

34,80

35,00

(2)

PIB (% do crescimento)

3,00

3,00

3,00

=

(5)

Produção Industrial (% do crescimento)

3,00

2,39

2,53

(1)

Conta Corrente (US$ bilhões)

-68,00

-70,00

-70,05

(1)

Balança Comercial (US$ bilhões)

10,64

10,00

9,05

(11)

Invest. Estrangeiro Direto (US$ bilhões)

60,00

60,00

60,00

=

(22)

Preços Administrados (%)

2,95

2,80

2,80

=

(1)

*comportamento dos indicadores desde o último Relatório de Mercado; os valores entre parênteses expressam o número de semanas em que vem ocorrendo o último comportamento ( aumento, diminuição ou = estabilidade)

Fonte: Banco Central do Brasil – Relatório de Mercado/Focus.

O Boletim Focus é uma pesquisa realizada pelo Banco Central do Brasil com as principais instituições financeiras do País. Todas as estimativas ali apresentadas devem ser examinadas com bastante cautela, pois não significam compromisso do BACEN nem expressam a opinião da FIESP/CIESP.

Elaboração FIESP/CIESP
Com exceção dos indicadores marcados com *, os dados de 2005 a 2007 foram revisados pelo IBGE.

 

Copyright © 2011 Fiesp. Todos os direitos reservados.

Dúvidas e sugestões, clique aqui.

Se você não deseja mais receber esse informativo, clique aqui.

Macro Visão é uma publicação da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e
do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP)

Av. Paulista, 1313 – 5º andar – Cep 01311-923 – Tel.: 11 3549-4316
Diretor Titular do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos: Paulo Francini

WWF-Brasil participa de expedição científica no Tumucumaque

   

O WWF-Brasil foi uma das organizações convidadas pelo Globo Repórter, programa semanal da TV Globo, para compor a equipe de pesquisadores que desbravou as remotas florestas do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (PNMT), em fevereiro deste ano. A reportagem, veiculada no último dia 26 de abril e liderada pela jornalista Claudia Gaigher, desvendou os mistérios do maior Parque Nacional do Brasil e uma das maiores áreas de floresta tropical protegidas do mundo.

Leia mais

   
 
 
       
   

Contra o desmatamento

 
       

Ação do WWF-Brasil contra o desmatamento ganha prêmio internacional de publicidade

   

Para mostrar que a cada quatro minutos uma área equivalente a um campo de futebol é desmatada no Brasil, o WWF-Brasil em parceria com a agência Grey 141 promoveu uma ação inusitada: durante a reprise de um jogo de futebol da seleção brasileira feminina pela TV Bandeirantes, o campo da partida mudou gradativamente a cor do gramado. Ao final dos 4 minutos, os telespectadores receberam a seguinte mensagem: “A cada 4 minutos um campo de futebol é desmatado no Brasil. Entre no site (wwf.org.br) e saiba como ajudar. Depois do jogo, os acessos ao site aumentaram 73%. As pessoas estão mais cientes do problema do desmatamento. E o Brasil ganhou dentro e fora do campo.”

Assista ao vídeo

   
 
 
         
   

Mudanças Climáticas

   
         

Mudanças Climáticas

   

Entidades civis cobraram no dia 09 de maio, do Governo Federal a apresentação dos planos para mitigação e adaptação às mudanças climáticas dos setores de Indústria, dos Transportes, da Saúde, e da Mineração, e pediram que a revisão do Plano Nacional da área, de 2008, traga metas e ações concretas contra o problema. Segundo Carlos Rittl, coordenador do programa de Mudanças Climáticas e Energia do WWF-Brasil, o Observatório do Clima (OC) e o Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais (FBOMS) estão muito preocupados com a revisão do Plano Nacional e aguardam mais informações para avaliar seu conteúdo.

Saiba mais

   
 
 
       
   

Desafiando Limites no Pedal

 
       

Desafiando Limites no pedal

   

Maior evento de seu gênero no país, o Desafiando Limites reuniu este ano mais de 1.500 pessoas, entre ciclistas, voluntários e organizadores. O WWF-Brasil esteve presente na cicloviagem de 100 quilômetros por estradas de terra e trilhas entre as cidades goianas de Santo Antônio do Descoberto e Pirenópolis. Apoiamos a “pedalada” com divulgação à imprensa e cobertura fotográfica, produção de banners de incentivo aos atletas e à conservação do Cerrado e facilitando a participação de 14 destemidos pandas. Eles enfrentaram o trajeto vestindo uma camiseta desenhada especialmente para ciclistas.

Mais informações

   
 
 
 
 

 

Conheça nosso novo blog sobre Unidades de Conservação:

 
 

Observatório de UCs

 

Junte-se a nós na conservação da natureza!

 

Acompanhe o WWF-Brasil:

 

Twitter

Facebook

Youtube

Flickr

RSS

 

 
 
 
 

 

 
               
 

WWF-Brasil
SHIS EQ QL 6/8
Conjunto E
71620-430
Brasília, DF
Fotos © WWF ou utilizadas com permissão

 

Construindo um futuro em que as pessoas vivam em harmonia com a natureza.

       
               
     
 

Política de Privacidade

 
     
 
   

Ciência e tecnologia em Israel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O acelerador de partículas doInstituto Weizmann da Ciência emRehovot.

Os campos de Ciência e Tecnologia em Israel estão entre os mais desenvolvidos do mundo1 2 . Apesar de sua recente história e de seu pequeno tamanho, o Estado de Israel é cada vez mais visto como um centro de inovações utilizadas em escala global3 . Através de instituições educacionais de ponta e de uma ampla rede de empresas start-ups, Israel vem se destacando graças à invenções e inovações que rapidamente se espalham pelo mundo4 .

Israel é um dos países que mais investe em Pesquisa e Desenvolvimento em relação ao seu Produto Interno Bruto e, em proporção ao tamanho da mão-de-obra, é o que ostenta o maior número de autores publicados nos campos das ciências naturais, engenharia, agricultura e medicina5 . Até hoje, 10 cidadãos israelenses foram laureados com o Prêmio Nobel em diferentes áreas.

Índice

[esconder

[editar]Antecedentes e Atualidades

O WEIZAC – Primeiro computador de Israel e de todo Oriente Médio (1954)

Desde antes mesmo da fundação do Estado de Israel em 1948, ainda durante a instalação dos primeiros assentamentos judaicos na então Palestina (século XIX) que a necessidade de se investir na pesquisa científica se fez urgente. As aldeias rurais que formavam o núcleo da ideologia sionista dependiam da agricultura como forma de sobrevivência e o solo pobre e a escassez de recursos hídricos motivaram aqueles colonos a empreenderem experimentos e pesquisas nestas áreas. Tais investimentos também podem ser explicados pela tradição do povo judeu na aplicação individual ao intelecto, bem como à existência de inúmeros e destacados cientistas judeus de diversas nacionalidades. Albert Einstein foi um dos fundadores e professor da Universidade Hebraica de Jerusalém6

As bases da pesquisa agrícola em Israel foram firmadas pelos professores e formandos doYisrael Mikveh School, a primeira escola agrícola judaica na então Palestina, fundada pelaAliança Israelita Universal em 18707 8 . Em uma viagem ao Monte Hermon, em 1906, o agrônomo Aaron Aaronsohn descobriu uma espécie de trigo, a Dicoccoides Triticum, que se acredita ser a “mãe de todas as espécies de trigo”9 . Em 1909, o mesmo Aaron Aaronsohn fundou uma estação de pesquisas agrícolas em Atlit, onde amealhou uma extensabiblioteca e coletou amostras geológicas e botânicas10 . A “Organização de Pesquisa Agrícola”, fundada em Rehovot em 1921, até hoje estuda os aspectos do solo e das condições climáticas de Israel11 .

Por conta de seu território diminuto, Israel necessitou ser preciso e generoso na distribuição de recursos para os setores de Ciência e Tecnologia. Atualmente, 40% do orçamento anual é destinado às pesquisas e ao progresso científico. Os investimentos mais significativos se dão nos campos industrial, agro-tecnológico e médico.

Outro fator que impeliu os israelenses à pesquisa científica foi o fato de o solo do país ser extremamente pobre e em sua maior parte inadequado ao cultivo de quaisquer culturas agronômicas. Foi para ultrapassar tais barreiras que muitos israelenses se dedicaram ao longo de décadas e conseguiram colher enormes logros, transformando terrenos antes desérticos em áreas produtivas. Israel é a nação pioneira em biotecnologia agrícola, irrigação por gotejamento, a solarização de solos, reciclagem de águas de esgoto para uso agrícola e na utilização do enorme reservatório subterrâneo de água salobra do Negev.12

As pesquisas desenvolvidas pelos cientistas israelenses têm contribuído para o avanço da agricultura, ciências da computação,eletrônica, genética, medicina, óptica, energia solar e vários campos da engenharia. Israel é o lar de grandes empreendedores da indústria de alta tecnologia e tem uma das populações mais tecnologicamente instruidas do mundo13 . Em 1998, Tel Aviv foi eleita pela revista “Newsweek” como “uma das dez cidades mais tecnologicamente influentes do mundo”14 .

Ataulmente, Israel é a nação que mais produz publicações científicas per capita – 109 por cada mil pessoas. Também é um dos países com mais patentes registradas per capita e ocupa o terceiro lugar no ranking mundial nos gastos com pesquisa e desenvolvimento1516 em terceiro lugar também em número de patentes per capita15 , o oitavo em preparação tecnológica (de acordo com seus gastos de suas companhias de pesquisa e desenvolvimento, criatividade e comunidade científica, número de computadores pessoais e o índice de penetração na internet), o 11º em inovação, 16º em exportações de alta tecnologia e o 17º em lucros tecnológicos.

A porcentagem de cidadãos israelenses (incluindo os pertencentes às minorias étnicas) envolvidos em atividades de investigação científica e tecnológica, bem como o montante gasto em pesquisa e desenvolvimento em relação ao produto interno bruto (PIB), está entre as mais altas do mundo1 . Israel está em quarto lugar no mundo em atividades científicas medidas pelo número de publicações científicas por milhão de habitantes17 .

[editar]Inovações de Destaque

Cápsula endoscópica

[editar]Biotecnologia
  • “Nanowire” – Fio condutor de eletricidade feito de minúsculas partículas de prata, mil vezes mais finos que um cabelo humano. Desenvolvido por Uri Sivan, Braun Erez e Eichen Yoav do Instituto Technion;
  • O menor dispositivo biológico de computação já construído, de acordo com o Guinness Book de Recordes, que é composto de enzimas e moléculas de DNA capazes de realizar cálculos matemáticos simples e que usa sua molécula de DNA de entrada como única fonte de energia, desenvolvido em 2003 no Instituto Weizmann de Ciências pelo professor Ehud Shapiro e sua equipe.
[editar]Física
  • “Previsão dos Quarks“, por Yuval Ne’eman, da Universidade de Tel Aviv (Em parceria com o físico americano Murray Gell-Mann);

Descoberta do “Efeito Aharonov-Bohm”, por Yakir Aharonov e David Bohm;

  • “Formulação da Entropia dos Buracos Negros”, por Jacob Bekenstein, da Universidade Hebraica de Jerusalém;
  • “Notação de Movimento de Eshkol-Wachman” – Um sistema de notação para o movimento de gravação em papel que tem sido utilizado em muitos campos, incluindo dança, fisioterapia, comportamento animal e diagnóstico precoce de autismo.
[editar]Medicina
  • Desenvolvimento do medicamento imunomodulador “Copaxone” para o tratamento de esclerose múltipla. Foi desenvolvido no Instituto Weizmann de Ciências, por Michael Sela, Ruth Arnon e Deborah Teitelbaum;
  • Desenvolvimento das proteínas Interferon, por Michel Revel do Instituto Weizmann de Ciências;
  • Desenvolvimento da “PillCam” pela Given Imaging, uma cápsula endoscópica para gravar imagens do trato digestivo. A cápsula tem o tamanho e a forma de uma pílula e contém uma pequena câmera. A cápsula é eliminada em poucas horas.
[editar]Óptica
  • Desenvolvimento da menor câmera do mundo – uma câmera de 0,99mm, projetada para caber em um endoscópio minúsculo.
[editar]Química
  • Descoberta dos Quasicristais por Dan Shechtman do Instituto Technion;
  • Descoberta do papel da proteína ubiquitina por Avram Hershko e Aaron Ciechanover, do Instituto Technion (Em parceria com o biólogo judeu americano Irwin Rose). A descoberta levou-os a receber o Prêmio Nobel de Química de 2004.

[editar]Energias Alternativas e Sustentáveis

Israel é um dos países que mais investe na energia solar, com engenheiros na vanguarda nesta tecnologia.18 Suas empresas trabalham em projetos ao redor de todo o mundo 19 20 e mais de 90% dos lares israelitas utilizam energia solar para esquentar a água, o que dá uma economia de 8% em seu consumo de energia anual.21 22 23

[editar]Indústria Aeroespacial

Ilan Ramon (20 de junho de19541º de fevereiro de 2003), o primeiro astronauta israelense

Foi a partir da década de 1970 que Israel começou a desenvolver a infraestrutura necessária para o desenvolvimento de sua tecnologia aeroespacial. Em novembro de 1982, o então Ministro da Ciência e Tecnologia, Professor Yuval Ne’eman, fundou a Agência Espacial Israelense, para coordenar e supervisionar um programa espacial nacional. Devido às limitações geográficas, bem como considerações de segurança, o programa espacial israelense se concentra em satélites muito pequenos e carregados com equipamentos de elevado grau de sofisticação. A Agência Espacial Israelense trabalha em parceria com outras agências espaciais internacionais.

Israel lançou seu primeiro satélite artificial, o “Ofeq-1”, através de um veículo também construído no país, o “Shavit”, em 19 de setembro de 1988. Desde então, as pesquisas espaciais do Estado Judeu têm dado importantes contribuições em várias áreas da investigação espacial.

Desde 1988, a Israel Aerospace Industries desenvolveu e fabricou de maneira independente pelo menos 13 satélites comerciais, de pesquisas e de espionagem.24 A maioria foi lançada para a órbita terrestre da base da Força Aérea Israelense na costa mediterrânea ao sul de Tel Aviv, por veículos lançadores de satélites Shavit. Alguns dos satélites de Israel classificam-se entre os sistemas espaciais mais avançados no mundo.25 Em 22 de junho de 2010, Israel lançou da base aérea dePalmachim o seu satélite de espionagem “Ofeq-9”, equipado com camera de alta resolução.26

O piloto de caça Ilan Ramon foi o primeiro astronauta israelense; atuou como especialista de carga durante a STS-107, na última e fatal missão do ônibus espacial Columbia. em terceiro lugar também em número de patentes per capita15 Ocupa ainda o segundo lugar entre os vinte países com mais impacto relativo em artigos científicos sobre ciências espaciais, num estudo levado a cabo pela agência Thomson Reuters.27 Três de seus cientistas de computação receberam o Prêmio Turing: Michael Rabin, Adi Shamir e Amir Pnueli.28 29 30

[editar]Prêmios Nobel

Ada Yonath em seu laboratório no Instituto Weizmann

Atualmente, Israel possui cinco cidadãos laureados com o Prêmio Nobel em áreas ligadas às ciências31 . Dois deles nasceram em outros países, mas que migraram para o país e adotaram a nacionalidade israelense:

O físico David Gross, estadunidense laureado pelo Nobel de Física, fez bacharelado e é mestre pelaUniversidade Hebraica de Jerusalém.32 Em 2010, o israelense Elon Lindenstrauss, jovemmatemático dessa mesma universidade, recebeu a Medalha Fields, considerada como o “Nobel da Matemática”.33

[editar]Universidades, Institutos e Principais Centros de Pesquisa

O “Technion“, conhecido como o MIT de Israel”

A maior parabólica solar do mundo34 no Centro Ben-Gurion.

Universidade Hebraica de Jerusalém, Campus do Monte Scopus: “Edifício Frank Sinatra” tendo à sua frente o memorial pelas vítimas do atentado terrorista de 31 de julho de 2002

Na área médica, seu crescimento deu-se a partir da Primeira Guerra Mundial, após a fundação do “Centro Hebraico de Saúde”, e continuou a ampliar-se, agora nos departamentos de bioquímica, bacteriologia, microbiologia e higiene da Universidade Hebraica de Jerusalém, que iniciaram a base do Centro Médico Hadassa, a instituição de maior importância nacional na área. Relacionada à indústria, o desenvolvimento foi dos laboratórios próximos ao Mar Mediterrâneo, onde foi criado o Instituto Technion, cujos investimentos são destacados na óptica, na computação, na aeronáutica, narobótica e na eletrônica.35 36 Inserido nesta área, está ainda o departamento de Pesquisa e Desenvolvimento, cujas funções estão relacionadas as telecomunicações, produção elétrica e de energia, e administração de recursos hídricos ligados à indústriae à agricultura.37 Entre seus profissionais estão os chegados da extinta União Soviética, dos quais 40% eram graduados universitários e ajudaram a impulsionar Israel no setor de alta tecnologia.38 Destacando-se internacionalmente, possui cinco cientistas que foram vencedores do Prêmio Nobel: três em química e dois em economia.31 O físico David Gross, estadunidense laureado pelo Nobel de Física, é bacharelado e mestre pela Universidade Hebraica de Jerusalém.39

[editar]Universidades
[editar]Institutos
[editar]Centros de Pesquisa

Astronomia

Física

Química

Tecnologia

Referências

  1. a b Ministry of Industry, Trade & Labor – Foreign Trade Administration
  2. http://www.mfa.gov.il/MFA/Facts+About+Israel/Science+-+Technology/The+Israel+High-Tech+Industry+-+Fifty+Years+of+Exc.htm
  3. http://www.jewishvirtuallibrary.org/jsource/Economy/istechtab.html
  4. http://www.israelnaweb.com/site/index.php?option=com_content&view=article&id=304:invencao-israelense-e-mostrada-no-seriado-glee&catid=49:avancos
  5. http://www.cambici.com.br/index.asp?p=33
  6. http://www.tecmundo.com.br/9070-arquivo-de-albert-einstein-sera-disponibilizado-online.htm
  7. The Land that Became Israel: Studies in Historical Geography, edited by Ruth Kark, Yale University Press & Magnes Press, 1989, “Traditional and modern rural settlement types in Eretz-Israel in the modern era,” Yossi Ben Artzi, pp. 141-144.
  8. Rothschild and Early Jewish Colonization in Palestine, Ran Aaronsohn, Rowman & Littlefield, Magnes Press, 2000, pp.134-145.
  9. Molecular Genetic Maps in Wild Emmer Wheat
  10. Biography of Aaron Aaronsohn
  11. Soil Science, Influence of Exchangeable Cations on the Availability of Phosphate, Ravikovitch, S.
  12. Ciência e Tecnologia > Setor Agrícola. Federação Israelita de Minas Gerais. Página visitada em 27-3-2010.
  13. BBC country profiles
  14. Tel Aviv Hailed as One of the World’s Top Hi-tech Centers. The Israeli Economy, Achievements and Potential, Ministry of Finance of Israel (MOF) November 1998
  15. a b c Gordon, Evelyn. “Kicking the global oil habit“, The Jerusalem Post. Página visitada em 3-3-2010.
  16. Heylin, Michael. “Globalization Of Science Rolls On“, Chemical & Engineering News, American Chemical Society, 27 de junho de 2006, pp. 26–31. Página visitada em 21-8-2007.
  17. Israel ranks 4th for the number of scientific papers per person, Haaretz
  18. Israel Pushes Solar Energy Technology, Linda Gradstein (em inglês). National Public Radio (22 de outubro de 2007).
  19. Sandler, Neal (26 de março de 2008). At the Zenith of Solar Energy (em inglês). BusinessWeek,.
  20. Parry, Tom (15 de agosto de 2007). Looking to the sun (em inglês). Canadian Broadcasting Corporation.
  21. Solar Water Heating (How California Can Reduce Its Dependence on Natural Gas) (em inglês). Environment California Research and Policy Center. Página visitada em 3-3-2010.
  22. Grossman, Gershon. Solar energy for the production of heat Summary and recommendations of the 4th assembly of the energy forum at SNI (em inglês). The Samuel Neaman Institute for Advanced Research in Science and Technology. Página visitada em 12-2-2010.
  23. Solar, what else?!.
  24. Israel Readies for Ofeq-8 Launch. 19 de novembro de 2009, defense news
  25. Israel launches new satellite to spy on Iran, 21 de janeiro de 2008, Guardian Unlimited.
  26. Israel lança o satélite de espionagem Ofek 9. Jornal Haaretz
  27. Top countries in space sciences“, The Times Higher Education Supplemment. Página visitada em 3-3-2010.
  28. 1976 – Michael O. Rabin See the ACM Author Profile in the Digital Library (em inglês). ACM. Página visitada em 27-3-2010.
  29. 2002 – Adi Shamir See the ACM Author Profile in the Digital Library (em inglês). ACM. Página visitada em 27 de março de 2010.
  30. 1996 – Amir Pnueli See the ACM Author Profile in the Digital Library (em inglês). ACM. Página visitada em 27-3-2010.
  31. a b Prof. Ada Yonath awarded 2009 Nobel Prize in Chemistry. Ministério das Relações Exteriores de Israel (7 de outubro de 2009). Página visitada em 3-3-2010.
  32. David J. Gross > The Nobel Prize in Physics 2004 (em inglês). Fundação Nobel. Página visitada em 27-3-2010.
  33. Fields Medal 2010 – Prof. Eilon Lindenstrauss (em inglês). usposttoday. Página visitada em 20-8-2010.
  34. Lettice, John (25 de janeiro de 2008). Giant solar plants in Negev could power Israel’s future. The Register.
  35. Ciência e Tecnologia > Indústria. Federação Israelita de Minas Gerais. Página visitada em 27-3-2010.
  36. Ciência e Tecnologia > Introdução. Federação Israelita de Minas Gerais. Página visitada em 27-3-2010.
  37. http://www.fisemg.com.br/default.php?cont_id=86%7Ctitulo= Ciência e Tecnologia > Pesquisa e Desenvolvimento|acessodata=27-3-2010|publicado= Federação Israelita de Minas Gerais}}
  38. Erro de citação Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas consulate
  39. David J. Gross > The Nobel Prize in Physics 2004 (em inglês). Fundação Nobel. Página visitada em 27-3-2010.
  40. http://oglobo.globo.com/blogs/lafora/posts/2011/07/03/o-melhor-lugar-para-trabalhar-390047.asp

[editar]Ligações externas

Ver avaliações

Avaliar esta página

O que é isto?

Credibilidade

Imparcialidade

Profundidade

Redação

Conheço este assunto muito profundamente (opcional)

Enviar avaliações

Categoria:

Menu de navegação

Pesquisar

Colaboração
Imprimir/exportar
Ferramentas
Noutras línguas

 

 

 

Um dia, Deus, muito insatisfeito com a humanidade e os seus pecados, decidiu pôr fim a tudo.

Deus reuniu então todos os líderes mundiais para comunicar-lhes pessoalmente a sua decisão de acabar com a humanidade em 24 horas.
Deus disse:

“Reuni-vos aqui para comunicar que extinguirei a humanidade em 24 horas”.

E o os lideres diziam:

“Mas, Senhor…”

  • Nada de MAS, este é o limite, a humanidade vai abandonar a Terra para todo o sempre !!!

Portanto, voltem aos respectivos Países e digam ao Povo que  estejam preparados.Têns 24 horas !!!


O primeiro a reunir o povo foi OBAMA. 

  • Em Washington,através deuma mensagem à nação,OBAMA disse:
  • “Americanos, eu tenho uma boa notícia e uma má notícia para dar.

“A boa notícia é que Deus existe e que ele falou comigo”.Mas, claro, já sabíamos disso.

  • A má notícia é que esta grande Nação,o nosso grande  Sonho, só tem 24 horas de existência.
  • Este é o desejo de Deus”.



Fidel  Castro reuniu todos os cubanos e disse: 

  • “Camaradas, povo Cubano, tenho duas más notícias.
  • A primeira é que Deus existe… sim, eu o vi, estava mesmo à minha frente!!!

   Estive enganado este tempo todo…

  • A segunda má notícia é que em 24 horas esta magnífica Revolução pela qual tanto temos lutado, vai deixar de existir.”

Finalmente, no Brasil,

Dilma dá uma conferência de imprensa: 

  • “Brasileiros, hoje é um dia muito especial para todos nós. Tenho duas boas notícias.

A primeira boa notícia é que eu sou uma enviada de Deus, uma mensageira, porque conversei com ele pessoalmente.

A segunda boa notícia é que, conforme constava do Programa do Governo, em apenas 24 horas, ninguém mais irá desembolsar dinheiro para pagar conta de luz, serão erradicados para sempre o desemprego, o analfabetismo, o tráfico de drogas, a corrupção, a pedofilia, os problemas de transporte, água, habitação, de burocracia, e, o mais espectacular de tudo: todos os impostos vão acabar, assim como a miséria e a pobreza neste País!!
É o Governo cumprindo tudo o que prometeu!!!”

 

 

 

clip_image001

  Utilidade Publica Anti-inflamatório Natural – Interessante!!!

Anti-inflamatório Natural

Isso é realmente algo assustador!   
Mas o Dr. Al Sears indica um  analgésico que não tem efeitos colaterais.

E o mais interessante é  que  provavelmente você já tenha esse analgésico aí na sua casa ! Plante num vaso, no quintal ou no jardim.


Os pedaços de gengibre podem durar longo tempo fora ou dentro da geladeira
.
Pasme, mas esse analgésico se chama GENGIBRE.  Isso mesmo!  Gengibre.

Durante séculos o Gengibre tem  sido usado em toda a Ásia para tratar dores nas  articulações, resfriados e até mesmo indigestão.

O  Gengibre cru ou cozido pode ser um analgésico eficaz, mesmo para condições inflamatórias como a osteoartrite.
Isso porque a inflamação é a causa raiz de todos os tipos de problemas como artrite, dor nas costas, dores musculares,  etc.

Ele contém 12 compostos diferentes que combate  a inflamação
.
Um desses compostos abaixa os  receptores da dor e atua nas terminações nervosas.
Juntos, eles trabalham quase o mesmo que as drogas anti-inflamatórias, tais como o  ibuprofeno e a aspirina, mas sem os efeitos  colaterais.

Assim, se a sua intenção é  eliminar esses analgésicos, passe a consumir o  Gengibre.

Segue algumas dicas para você  ter uma boa dose diária de  gengibre:

Isso vai estimular a  circulação sanguínea e aliviar dores nas articulações.

Beber chá de gengibre: É barato. É muito  fácil. O gosto é ótimo. E cura



Aqui está  uma receita usada pelo Dr. Al  Sears:


* Quatro copos de água;
* Um  pedaço de aproximadamente 5 cm de Gengibre  descascado e
cortado em fatias; * Limão e mel a gosto. Se  preferir, use laranja no lugar do limão.  Fica ótimo!
Procedimento:

Ferva a água numa panela com  fogo alto.

Assim que começar a fervura adicione as  fatias de Gengibre,
deixe em fogo baixo, cubra  a panela para que os vapores não saiam e  deixe fervendo por aproximadamente 15  minutos.
O chá está pronto!

Basta coar, e adicionar o mel com o limão ou  laranja.

Compartilhe Este Artigo

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s