Lua Cheia do Signo de Câncer

clip_image002

A Lua cheia do Signo de Câncer entrou ontem e está em Capricórnio,

diretamente oposta ao Sol em Câncer, por isto, Lua Cheia.

Teve seu plenilúnio ontem as 8:32h da manhã.

Mas, na passagem de ontem para hoje e durante as próximas 24:00h

estará num aspecto fortíssimo que vale a pena estarmos atentos!!!

A Lua estará em Conjunção exata com Putão retrógrado a 10° de Capricórnio

oposta ao Sol em Câncer, signo natural da Lua ativando ao máximo sua energia,

atingindo em cheio o emocional, (o sentir profundo) e conjunta a  Plutão

que ativa o poder, a morte e o renascimento!!!

Ou seja, renovação total do emocional, onde estão registradas todas as feridas

que bloqueiam nossa evolução e limitam nossas escolhas e caminhos.

Para completar, a Lua além de oposta ao Sol, estará também oposta a Júpiter,

em quadratura com Urano e em Trígono com Saturno…ou seja…

absolutamente intensificada, trazendo total revolução emocional,

renovação de direcionamentos, libertação de bloqueios do EU em relação ao Mundo,

libertando o que estava sufocado em nosso eu profundo e propiciando

que venha à tona e nos auxilie a nos colocarmos com verdade interior!!!

Por sorte, esta conjunção intensa da Lua com Plutão,

(que mexe abruptamente com o emocional de cada um e está no signo de Capricórnio,

que é o signo natural de Saturno, que rege o Karma, traz uma limpeza de fato profunda e efetiva)

está totalmente bem aspectada com o próprio Saturno,

o que faz com que este processo seja mais harmônico e menos traumático.

A presença do Sol e de Júpiter, alinha este momento com a verdade de cada um

e com a Justiça Divina e o fato de termos Urano em Áries ligado também ao Sol,

à Lua e ao Plutão completa o momento de transformação e renovação do eu.

Vale acrescentar que no mapa do Brasil este aspecto Lunar está na casa Dez,

que representa o Governo e a Política, o que indica a revolução do Povo Brasileiro,

trazendo sua verdade à tona, se manifestando…

Tanto no âmbito pessoal quanto no coletivo, o momento é de Verdade absoluta e

é melhor estarmos em harmonia com este fluxo,

para que o processo seja natural e não abrupto e dolorido !!!

Lembrando sempre que a energia é emanada a todos,

e os que estiverem em sintonia, darão passos maiores no caminho da libertação!!!

Claudia Lazzarotto – Astróloga Kármica –

 

Heloísa Lassálvia

Meditação

Invocamos pela Presença de Pachacutec, encarnação Inka do nosso amado Mestre Saint Germain para que através de suas bênçãos dê por aberto a celebração deste sagrado dia que completa 102 anos da chegada de Haram Bingam  a Machu Picchu, redescobrindo assim  a Cidade dos Deuses  e toda cultura Inka.

Bem amado Mestre, que no dia de hoje, 24 de junho de 2013, dia do Inti Rami, o Festival do Sol,  que possamos todos elevar a nossa consciência aos planos superiores de Luz para oferecer a nossa gratidão a todos nossos ancestrais Inkas pela herança cultural que nos é ofertada e que nos proporciona através de seus Templos sagrados a transformação individual e Planetária.

Vamos e então com muito amor aos nossos ancestrais orarmos a Grande Invocação neste Festival de Inti, o Deus Sol Inka.

A GRANDE INVOCAÇÃO

Do ponto de Luz na mente de Deus,

que flua Luz à mente dos homens,

e que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no coração de Deus

que flua amor ao coração dos homens,

que Cristo retorne à Terra.

Do centro onde a vontade de Deus é conhecida,

que o propósito guie as pequenas vontades dos homens,

propósito que os mestres conhecem e servem.

Do centro a que chamamos a raça dos homens

que se realize o plano de Amor e de Luz

e feche a porta onde se encontra o mal.

Que a Luz, o Amor e o Poder

restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra hoje

e por toda a eternidade.

Amém.

Bem amado Deus Supremo Pachacamac, que possamos encontrar um novo caminho, um novo significado em nossas vidas através da Sabedoria Inka, purificando corpo e mente, resgatando, honrando e respeitando sua cultura e ensinamentos.

Que esta celebração abra no dia de hoje, Festival de Inti Rami, o Festival do Sol, as bênçãos de nossos ancestrais Inkas das irradiações da morada onde um dia servimos e que cada pedra da cidade sagrada de Machu Picchu nos fale de seus segredos que no seu interior tem guardado para que em sintonia com Inti Rami, o Festival do Sol possa vossa Maestria e Sabedoria abrir o Livro da missão individual de cada um de nós para sermos o exemplo vivo da evolução espiritual para toda a humanidade, fazendo prevalecer em  todos os nossos dias terrestres, a Paz, o Amor, a Sabedoria e Abundância Infinita de saber compartilhar e respeitar todos os seres de todos os reinos de nossa amada Mãe Terra.

Bem amado Pachacamac que a Vossa Luz esteja sempre presente no nosso olhar, em nossas palavras e em nossas atitudes durante esta jornada em nome de todas as fraternidades de luz.

Que neste INTI RAMI, possamos renascer para um novo momento em ANTÍ (O Sol nascente) e re-despertarmos em ÍNTI (o Sol do meio dia) no esplendor de nossas Consciências Crísticas, irradiando à todos Paz, Harmonia e Perfeição que vem de KUNTI ( O Sol da tarde).

Vamos então respirar profundamente nos conectando neste momento com o Templo Inka da Sabedoria em  SAQSAYHUAMA, com suas enormes pedras sobrepostas com precisão perfeita e sem liga, formando uma enorme serpente.

SAQUSAYHUAMAN, que modificou a vida de tantos que pisaram em seu solo sagrado e que em cada 24 de Junho recebe milhares de pessoas para celebrar o INTI RAMI, a festa do Sol Inka em agradecimento da colheita de tudo  que se  obteve nos últimos 6 meses e em agradecimento pela abundância  da colheita do  próximo semestre.

Vamos então nos conectar com a energia Inka em resgate de todo o conhecimento e sabedoria dessa civilização herdeira da antiga Lemúria, invocando e saudando a Trindade Inka: WIRACOCHA|, O Pai, o Deus em sua instância mais elevada e sublime é a causa de todas as causas. MAMAPACHA, a Mãe, a Mãe Terra, a Mãe Mundo, a Mãe Natureza e ÌNTI, O Filho, que é a face manifesta e visível de Wiracocha, o Pai.

Invocamos então por APU INTI, O Espírito do Sol, APÚ MAMAPACHA, o Espírito da Mãe Terra, APÚ HAÍRA, o Espírito do verbo e da respiração e APÚ UNO, o Espírito da Paz.

Vamos então respirar profundamente para saudarmos o Espírito da Sabedoria Inka.  Em saudação vamos erguer nossos  braços para o Sol  e repetir por 3 vezes:

“Saudações APU INTI, Espírito do Sol !”

Vamos direcionar nossas mãos para a Terra e repetir:

“Saudações APU MAMAPACHA, Espírito da Mãe Terra!”

Vamos cobrir o rosto com as mãos e repetir:

“Saudações APU HAIRA, Espírito do verbo e da respiração!”

Vamos abrir as mãos em posição de entrega e repetir:

“Saudações APU UNO, Espírito da Paz”!

Vamos colocar as mãos na altura do coração para  agora receber os raios de Inti, o Sol, que fará florir as mais lindas flores da Sabedoria em nossas vidas, nos apascentando e  iluminando para nunca adoecermos por maus pensamentos, guardando-nos sãos e salvos.

Vamos sentir o Poder de  Mamapacha,  a Mãe Terra sob os nossos pés que nos dá força, coragem, segurança e alimento. Que eles nunca se esgotem e que a nossa semeadura amadureça bem e nunca se estrague.

Vamos sentir as bênçãos de Wiracocha, o Pai, que deu vida ao sol e deixou que houvesse dia e noite. Que permitiu que novamente clareasse e  amanhecesse . Vem Pai, vem Wiracocha, vem em Paz e cuida de iluminar as horas que criastes.

Protegei-nos, Abençoai nossa mente, intelecto, coração e mãos. Em nossa consciência deposite a pluma da Inspiração Inka. Descerre em nós a visão e a memória Inka. Proteja e bendiga cada filho que aqui vem em busca da Luz. Abra para cada um de nós, os caminhos da vida. E nós vos agradecemos pela Vossa sagrada Presença em nossas vidas.

Bem Amados seres aqui presentes, que neste INTI RAMI, o Sol brilhe no seu poder máximo. Que cada raio interceda na consciência de cada um, iluminando a todos com Sabedoria, Igualdade e Fraternidade, para que no próximo Inti Rami, possamos todos juntos celebrar a colheita da vitória da abundância Infinita e uma Nova Idade de Ouro sobre a Terra. E nós vos agradecemos pela Vossa sagrada Presença em nossas vidas.

Que assim seja!

Bem Amado Mestre Saint Germain pela Vossa encarnação como Pachacutec, Poderoso Guardião Inka, nós Vos saudamos. Em vós reverenciamos os Inkas que jamais morreram. Saudações de todos nós, que através do Amor Incondicional e desta celebração, retornamos a Machu Picchu, morada onde um dia servimos. Que o Vosso Poder de Luz Inka como fundador do Império Inka que manifestou a última Idade de Ouro sobre a Terra no Peru retorne soberano, verdadeiro e vitorioso para conclamar a nova Idade de Ouro sobre a Terra, quando a Liberdade e a Paz plena reinem supremas e com seu exemplo direcione dirigentes e líderes mundiais com o amor da Grande Fraternidade do Arco Íris.

Vamos então abrir nosso chacra cardíaco no centro do peito como um grande arco-íris de luz nas Chamas Azul, Dourada, Rosa, Branca, Verde, Rubi e Violeta para juntos, como todo nosso amor e gratidão oferecemos o Mantra Inka do Poder da Iluminação e mais uma vez orarmos a Grande Invocação:

MANTRA INKA DEL PODER Y LA ILUMINACION

APU

KON TITI

TEQSE TITI

PACHA YACHACHEQ

TEQSE MUYUQ

PACHA KAMAC

ILLA TEQSE

HUAQCHA KUYAQ

SONQO SAPA

WIRACOCHA

KOYLLORITI

A GRANDE INVOCAÇÃO
 
Do ponto de Luz na mente de Deus, 
que flua Luz à mente dos homens, 
e que a Luz desça à Terra.
 
Do ponto de Amor no coração de Deus
que flua amor ao coração dos homens,
que Cristo retorne à Terra.
 
Do centro onde a vontade de Deus é conhecida,
que o propósito guie as pequenas vontades dos homens,
propósito que os mestres conhecem e servem.
 
Do centro a que chamamos a raça dos homens
que se realize o plano de Amor e de Luz
e feche a porta onde se encontra o mal.
 
Que a Luz, o Amor e o Poder
restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra hoje
e por toda a eternidade. Amém!

 

 

 

Veja os sintomas mais comuns da imunidade baixa

Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-estar

Acesse aqui, caso não consiga visualizar a newsletter

 

Não deixe de receber seus cuidados semanais, adicione
o email minhavida@minhavida.com.br à sua lista de contatos.

 

Cuidados semanais

Saúde

24 de junho de 2013

 
 
 

eu cuido da minha saúde!

 

MATÉRIA

Conheça dez sinais de alerta para a baixa imunidade

Descubra os sintomas mais comuns que indicam um sistema de defesa deficiente

JÁ AJUDOU 17474 PESSOAS

 
 
 

// Reconheça sete sinais inusitados para problemas cardíacos

// Mulheres são mais propensas a sobreviver ao câncer

// Diabetes: pacientes que monitoram a glicose controlam melhor a doença

 
 
 

MATÉRIA

Conheça oito maneiras de parar de roncar

Entenda por que emagrecer ou evitar álcool antes de dormir melhora o problema

JÁ AJUDOU 3517 PESSOAS

MATÉRIA

Casa saudável: nove transformações em casa que protegem seu organismo

Panelas, tecidos, lâmpadas e outros objetos podem virar ameaças dentro do lar

JÁ AJUDOU 2024 PESSOAS

TV Minha Vida

 
   
 

 

Câncer: o que é e como ele se forma?

 

JÁ AJUDOU 1360 PESSOAS

 
   

Avaliação de Peso

 
   
 

Você conhece seu peso ideal?

 

Faça a Avaliação de peso ideal do Dieta e Saúde e veja como podemos te ajudar!

 

Descubra

 
   

Guias do Minha Vida

 
         
   

 

Guia do Coração

 

 

Guia de Digestão

   

 

Saúde Íntima

   

 

Guia do Saúde Bucal

   
         

 
 
 

MATÉRIA

Mau hálito pode indicar problemas como refluxo, doenças hepáticas e diabetes

JÁ AJUDOU 282 PESSOAS

MATÉRIA

Especialistas desvendam os maiores mitos sobre a visão

JÁ AJUDOU 183 PESSOAS

MATÉRIA

Reconheça sete sinais inusitados para problemas cardíacos

JÁ AJUDOU 2444 PESSOAS

PUBLICIDADE

 
 
 

 

Aqui você encontra especialistas indicados por pacientes como você!

Encontre agora um profissional
de saúde e agenda sua consulta.

Indique seu médico de confiança e nos
ajude a melhorar a saúde no Brasil.

 
 

Tire 12 dúvidas sobre o uso da camisinha masculina

Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-estar

Acesse aqui, caso não consiga visualizar a newsletter

 

Não deixe de receber seus cuidados semanais, adicione
o email minhavida@minhavida.com.br à sua lista de contatos.

 

Cuidados semanais

Melhor da Semana

24 de junho de 2013

 
 
 

eu cuido da minha vida!

 
 

Tire 12 dúvidas sobre o uso da camisinha masculina

Aprenda a escolher o tamanho ideal e como fazer se a camisinha estourar

JÁ AJUDOU 1483 PESSOAS

 
 
 

// Sete deslizes de beleza que somam anos a sua aparência

// Dor de garganta: oito medidas que aliviam o sintoma

// Faça seu treino bombar com sete dicas simples

 
 
 

Oito exercícios de musculação que garantem seios mais firmes

Trabalhando os músculos certos, a postura também fica favorecida

JÁ AJUDOU 3100 PESSOAS

Sete frutas laxativas que combatem a prisão de ventre

Ameixa, abacaxi e figo têm substâncias que vão além das fibras para tratar o problema

JÁ AJUDOU 2590 PESSOAS

TV Minha Vida

 
   
 

 

Alisamento capilar: saiba como alisar os cabelos sem prejudicá-los

 

JÁ AJUDOU 229 PESSOAS

 
   

Avaliação de Peso

 
   
 

Você conhece seu peso ideal?

 

Faça a Avaliação de peso ideal do Dieta e Saúde e veja como podemos te ajudar!

 

Descubra

 
   

Guias do Minha Vida

 
   
 
   
   

 

Guia de Dieta

 

 

Guia do Coração

 

 

Guia do Sono

   

 

Guia de Cabelos

   

 

Guia de Exercícios

   
         

 
 
 

Sete lanches para comer na ceia e dormir melhor

JÁ AJUDOU 6114 PESSOAS

12 receitas típicas de festa junina que cabem na dieta

JÁ AJUDOU 642 PESSOAS

Pamonha cremosa de assadeira

JÁ AJUDOU 189 PESSOAS

PUBLICIDADE

 

OS QUATRO SERMÕES DE JESUS

“Tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer” (João, 15:15)

Os Evangelhos nos dão conta de quatro sermões proferidos por Jesus Cristo: o Sermão da Montanha, também conhecido por Sermão das Bem-aventuranças: o Sermão Profético; o Sermão do Cenáculo e por último um outro sermão que representou severa reprimenda aos seus figadais detratores: os escribas e fariseus.

O primeiro foi pronunciado na fralda de um monte e teve caráter coletivo, considerando-se que foi dirigido a todas as pessoas que o seguiam: nele, Jesus formulou várias promessas:

– a bem-aventurança foi prometida aos sofredores de todos os matlzes;

– aos que passam fome e privações foi-lhes assegurado que serão fartos e consolados;

– aos pacificadores foi prometido o qualificativo de bem-aventurados;

– aos brandos e pacíficos ficou certo que o reino dos céus seria a sua herança;

– reiterou que seriam almas dignas das maiores recompensas de ordem espiritual, os misericordiosos e os que viessem a sofrer perseguições pelo amor da justiça.

O segundo, pronunciado no Horto das Oliveiras, consistiu numa série de profecias, abordando questões profundas, tais como o início das dores que viriam sobre o mundo, pelo fato de não terem os homens conhecido a hora da visitação do Meigo Nazareno, ou por não terem percebido que os tempos das grandes reformas espirituais da Terra são chegados. Nessas tribulações, o Mestre incluiu também os seus próprios discípulos, pois muitos deles tragariam também a taça da amargura. Discorreu ainda sobre o surgimento de falsos profetas e a necessidade de vigilância constante contra as investidas das trevas.

Nesse Sermão, empregando também a sistemática das Parábolas, Jesus deixou bem explícita a responsabilidade dos seres humanos, que devem procurar, cada vez mais, aproximar-se do Criador. Finalmente fez caloroso e veemente convite a todos para que abalizem seus rumos pelas leis do amor, pois quando soar a hora da redenção espiritual os Espíritos que não estiverem enquadrados nos preceitos de caridade e solidariedade, sofrerão danosas conseqüências, as quais, implicitamente, cumprir-se-ão no desenrolar de amargos sofrimentos expiatórios, na pauta da Lei da Reencarnação.

O terceiro, pronunciado num cenáculo, ou seja, num recinto fechado, logo após a chamada última ceia, foi essencialmente dirigido aos seus apóstolos, os quais, logicamente, eram os únicos que estavam capacitados para a assimilação dos temas que constituíam a motivação do advento de Jesus entre nós. Nele, o Mestre falou sobre as muitas moradas da Casa do Pai, significando os múltiplos mundos que giram no espaço infinito e que servirão de futuras moradas para os Espíritos dos homens, quando estes tiverem atingido um maior grau de pureza, no qual teriam ultrapassado o limite de perfeição comportado pelo nosso mundo. Abordou ainda a vinda do Consolador, o Espírito de Verdade, com a finalidade de restabelecer na Terra todos os Seus ensinamentos, em seus devidos lugares. Falou finalmente ser ele a Videira verdadeira e que toda vara que nessa videira não der fruto, será extirpada, uma vez que o Pai, que é o Agricultor, limpará a árvore para que os galhos que dão frutos tenham condições de produzir ainda mais. Como súmula desse Sermão, o Mestre deixou transpareccr a profunda identidade que existe entre a criatura e o Criador.

O quarto sermão, por sua vez, representa severa admoestação aos escribas e fariseus, que se haviam constituído em tremendo obstáculo para a marcha ascensional do homem e que, na época, ofereciam enorme barreira à propagação dos ideais que o Cristo viera trazer.

Sem dúvida alguma, o Sermão da Montanha é o mais expressivo dentre os quatro. Nele o Mestre acena à Humanidade com as mais consoladoras promessas, dando a todos a certeza de que ninguém existe por mero acaso, e que a Providência divina preside a superior destinação do homem, atendendo às suas necessidades mais imediatas e as porvindouras.

Quando Jesus afirmou que Deus sustenta as aves dos céus, que não plantam nem armazenam víveres em celeiros; quando proclamou que o Pai veste os lírios dos campos com mais magnificência do que Salomão o fez no auge de sua glória terrena, dá-nos a certeza irretorquível de que jamais deveremos duvidar do amparo dos céus, mormente em se considerando, conforme afirmou Jesus, que os homens têm muito mais valor aos olhos do Criador do que as aves e os lírios.

No desenvolvimento do Sermão da Montanha, o Mestre advertiu que não deveremos andar sequiosos pelo que comeremos ou vestiremos no dia de amanhã, pois para nos afligir bastam as tribulações de cada dia. Deus sabe de antemão tudo aquilo de que necessitamos e provê o substancial para a nossa vida, por isso Jesus nos recomendou que, primeiramente, buscássemos o reino dos céus e Sua Justiça e todas as demais coisas nos viriam por acréscimo.

Paulo Alves Godoy

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s