macro visão

Se você não está conseguindo visualizar este e-mail, clique aqui.

Informativo eletrônico – Edição 1252

Quarta-Feira, 10 de julho de 2013

 

Prezado leitor,

Você está recebendo o Macro Visão. Veja os destaques desta edição:

Economia Brasileira

· Focus reduz previsão para PIB e IPCA em 2013

· IGP-M varia 0,26% no primeiro decêndio de julho

Economia Internacional

· Produção industrial da Alemanha recua 1,0% e surpreende mercado

Focus reduz previsão para PIB e IPCA em 2013

O Boletim Focus, divulgado na última segunda-feira (08/07) pelo Banco Central, manteve a projeção da semana passada para a taxa Selic no final de 2013, no patamar de 9,25%. Já as expectativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apresentaram revisão baixista, caindo ligeiramente de 5,87% na semana passada para 5,81% na última leitura.

As expectativas em relação à taxa de câmbio aumentaram pela terceira semana consecutiva. O mercado aposta em R$/US$ 2,20 para 2013 (final de período), frente à cotação de R$/US$ 2,15 da semana passada, refletindo o processo de desvalorização cambial das últimas semanas.

Pela oitava semana consecutiva, o mercado revisou para baixo a previsão de crescimento da economia brasileira. O último relatório prevê expansão de 2,34% do PIB em 2013, taxa inferior àquela projetada na semana anterior (elevação de 2,40%). No que diz respeito à produção industrial, o mercado diminuiu a previsão de crescimento de 2,49% para 2,34%. Para a conta corrente do balanço de pagamentos, por sua vez, o mercado projetou maior déficit pela nona semana consecutiva, chegando ao montante de US$ 75,0 bilhões. Por fim, a previsão para o saldo da balança comercial ficou igual àquela da última divulgação, com projeção de superávit de US$ 6,0 bilhões em 2013.

IGP-M varia 0,26% no primeiro decêndio de julho

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) variou 0,26% no primeiro decêndio de julho, enquanto que no mesmo período do mês anterior a variação foi de 0,43%, de acordo com os dados divulgados na terça-feira (09/07) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O primeiro decêndio de julho compreende o período entre os dias 21 a 30 do mês de junho.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) – que corresponde a 60% do IGP – variou 0,21% no primeiro decêndio de julho, taxa superior àquela do mesmo período do mês anterior (-0,18%). A categoria de Bens Finais (de -0,35% para -0,41%) apresentou um movimento de queda mais acentuado. Já a categoria de Bens Intermediários (de 0,36% para 1,05%) mostrou aceleração em sua taxa de aumento do nível de preços, com destaque para o subgrupo de materiais e componentes para manufatura (variação de 0,59% para 1,60%). Por fim, o índice de Matérias Primas Brutas apresentou queda, ao passar de 0,61% para -0,05%, com destaque às variações baixistas do minério de ferro e da soja.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) – correspondente a 30% do IGP – desacelerou e registrou variação de 0,04% no primeiro decêndio de julho, frente a 0,25% no mesmo período de junho. Quatro das oito classes de despesa tiveram menores taxas de variação no período, sendo que as maiores contribuições partiram dos grupos Alimentação (de 0,01% para -0,52%) e Transportes (de 0,04% para -0,52%).

Por fim, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) – correspondente a 10% do IGP – cresceu 1,01% no primeiro decêndio de julho, após ter mostrado ganho de 2,40% em igual período do mês passado. O INCC foi bastante influenciado pela desaceleração do índice relativo ao custo da mão de obra, com variação de 1,50% no primeiro decêndio deste mês, após elevação de 4,03% em junho.

Produção industrial da Alemanha recua 1,0% e surpreende mercado

A produção industrial da Alemanha recuou 1,0% entre abril e maio – já descontados os efeitos sazonais -, taxa inferior à projetada pelos analistas (-0,5%). A queda encerrou uma série de três meses consecutivos de aumento na produção da indústria alemã, com destaque à expansão de 2,0% verificada na passagem de março para abril. No acumulado do ano findo em maio, o setor industrial avança 1,8%, sendo que em igual período do ano anterior mostrava ganho de 1,7%. Os dados foram divulgados na segunda-feira (07/07) pelo Ministério da Economia do País.

Já na França a indústria recuou 0,4% em maio na comparação com abril, livre de influências sazonais, conforme divulgou hoje (10/07) o INSEE. A queda foi menos intensa do que o mercado previa (-0,8%). A indústria de transformação puxou o indicador para baixo, ao apresentar retração de 1,0%, enquanto que a produção de energia e água avançou 2,0%.

No Reino Unido, a produção industrial permaneceu estável em maio frente a abril, quando o setor registrou ligeira queda de 0,1%. O setor de mineração avançou 3,5%, na série dessazonalizada. Em sentido oposto, a produção da indústria de transformação britânica cedeu 0,8%, puxada pela queda da indústria farmacêutica (-5,9%) e de produtos de metal (-4,1%). Os dados foram divulgados ontem (09/07) pelo Escritório Nacional de Estatísticas da região.

Relatório divulgado em 10/07/2013

IPCA (%)

5,80

5,87

5,81

(1)

IGP-DI (%)

4,50

4,79

4,96

(5)

IGP-M (%)

4,40

4,84

4,88

(5)

IPC-Fipe (%)

4,79

4,71

4,66

(2)

Taxa de Câmbio – fim de período (R$/US$)

2,10

2,15

2,20

(3)

Taxa de Câmbio – média do período(R$/US$)

2,07

2,11

2,13

(3)

Meta da Taxa Selic – fim de período (%aa)

8,75

9,25

9,25

=

(1)

Meta da Taxa Selic – média do período (%aa)

8,09

8,25

8,25

=

(1)

Dívida Líquida do Setor Público(% do PIB)

35,00

35,00

35,00

=

(8)

PIB (% do crescimento)

2,53

2,40

2,34

(8)

Produção Industrial (% do crescimento)

2,53

2,49

2,34

(2)

Conta Corrente (US$ bilhões)

-73,00

-74,50

-75,00

(9)

Balança Comercial (US$ bilhões)

7,35

6,00

6,00

=

(1)

Invest. Estrangeiro Direto (US$ bilhões)

60,00

60,00

60,00

=

(30)

Preços Administrados (%)

2,70

2,50

2,23

(3)

*comportamento dos indicadores desde o último Relatório de Mercado; os valores entre parênteses expressam o número de semanas em que vem ocorrendo o último comportamento ( aumento, diminuição ou = estabilidade)

Fonte: Banco Central do Brasil – Relatório de Mercado/Focus.

O Boletim Focus é uma pesquisa realizada pelo Banco Central do Brasil com as principais instituições financeiras do País. Todas as estimativas ali apresentadas devem ser examinadas com bastante cautela, pois não significam compromisso do BACEN nem expressam a opinião da FIESP/CIESP.

Elaboração FIESP/CIESP
Com exceção dos indicadores marcados com *, os dados de 2005 a 2007 foram revisados pelo IBGE.

 

Copyright © 2013 Fiesp. Todos os direitos reservados.

Dúvidas e sugestões, clique aqui.

Se você não deseja mais receber esse informativo, clique aqui.

Macro Visão é uma publicação da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e
do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP)

Av. Paulista, 1313 – 5º andar – Cep 01311-923 – Tel.: 11 3549-4316
Diretor Titular do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos: Paulo Francini

 

Faça substituições saudáveis

Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-estar

Acesse aqui, caso não consiga visualizar a newsletter

 

Não deixe de receber seus cuidados semanais, adicione
o email minhavida@minhavida.com.br à sua lista de contatos.

 

Cuidados semanais

Alimentação

11 de julho de 2013

 
 
 

eu cuido da minha alimentação!

 
 

 

Trocas saudáveis reduzem a gordura da dieta

Escolher pão francês e compota de frutas pode cortar a gordura pela metade

 

JÁ AJUDOU 158 PESSOAS

 
 
 

// Sete alimentos típicos de inverno que cabem na dieta

// Nove sabores de pizza com até 300 calorias

// Dieta rica em cromo reduz fome e vontade de comer doces

 
 
 

 

Conheça os alimentos que aumentam suas chances de engravidar

Dieta da fertilidade reúne alimentos de baixo índice glicêmico, sem gordura trans e ricos em vitaminas e minerais

 

JÁ AJUDOU 289 PESSOAS

 

 

O inverno engorda mesmo você?

Responda as perguntas e descubra se você tem hábitos mais gordos nos dias frios

 

JÁ AJUDOU 251 PESSOAS

 

TV Minha Vida

 
   
 

 

Como fracionar as refeições no dia a dia?

 

JÁ AJUDOU 565 PESSOAS

 
   

 

Avaliação de Peso

 
   
 

Você conhece seu peso ideal?

 

Faça a Avaliação de peso ideal do Dieta e Saúde e veja como podemos te ajudar!

 

Descubra

 
   

 

Guias do Minha Vida

 
   
 
   
   

 

Guia de Alimentação

 

 

Guia de Dieta

   

 

Guia de Digestão

 

 

Intestino em Dia

   
         

 
 
 

 

Leite: compare os diferentes tipos e escolha o mais benéfico para sua saúde

 

JÁ AJUDOU 129 PESSOAS

 

 

Sua saúde não pode passar sem estes 7 nutrientes

 

JÁ AJUDOU 20868 PESSOAS

 

 

Desbanque os mitos sobre o leite de alpiste para emagrecer

 

JÁ AJUDOU 3979 PESSOAS

 

PUBLICIDADE

 
 
 
 

   

 

 

 

Como manter a forma no inverno?
Conheça sete alimentos que podem comprometer sua dieta

 
 
 

QUERO EMAGRECER
COM O DIETA E SAÚDE

 

 

 

 
 

Dieta e Saúde

 

Conheça

 

 

 

Histórias de sucesso

 

 

O que ainda te afasta de SEU PESO IDEAL?

 

Osmar, ontem o Douglas te ajudou a entender melhor as fases da dieta e você viu como não precisa se restringir e ainda pode aproveitar tudo o que gosta, não foi? E o melhor: o quanto você ganha em saúde e disposição!

 

E por que então, você ainda não deu início à sua vida mais saudável?

 

 
 

Quero uma vida mais saudável!

 

 

 

Se acha que não vai ser fácil…

 

Queremos te contar um pouquinho da história do Douglas! Quando já tinha histórico de diabetes, colesterol e pressão alta na família, sentia dores no joelho causadas pelo sobrepeso.

 

Depois que o Douglas encontrou o Dieta e Saúde, percebeu a diferença que a alimentação equilibrada faz para sua disposição e principalmente, para alcançar seu peso ideal! Pode não ser tão fácil a princípio, mas vale muito mais a pena e é muito melhor do que a situação em que se encontrava, tendo que se preocupar com sua saúde e os efeitos do sobrepeso.

 

Conheça toda a história de Douglas!

 

Agora, Douglas melhorou seu fôlego, a qualidade de seu sono e a autoestima e foi isso que fez seu esforço valer a pena!

 

 

Veja agora como se sentem aqueles que ainda estão
no caminho para conquistar seu peso ideal:

 

“Depois de 20 dias que realizei o meu cadastro, e seguindo o programa ao pé da letra eu já consegui perder 1,9kg. Eu consegui perder estes quilos, sem ter que deixar nada do que eu gosto de comer, a única coisa que eu fiz foi balancear a comida nos intervalos propostos pelo programa Dieta e Saúde. Com isso a minha autoestima foi lá pra cima e me sinto mais motivado para atingir a minha meta.“

 

Alfeu, assinante Dieta e Saúde

 

“Resumindo: nada melhor do que emagrecer comendo, é o que eu aprendi com o Dieta e Saúde e em apenas 7 dias emagreci mais de 3 kg, fácil. O segredo é comer bem e exercitar sempre. Sempre tenha objetivos!”

 

Fabi, assinante Dieta e Saúde

 

Viu, só? Douglas, Alfeu e Fabio podem ter tomado a decisão de emagrecer por motivos diferentes, mas uma coisa eles têm em comum: força de vontade! Quando você tem um objetivo, pode levar mais ou menos tempo, mas você vai conseguir. Você tem essa força dentro de você? Então já não tem muito no que pensar, não é? Faça a escolha certa agora. Você não tem nada a perder a não ser peso!

 

 
 

Quero começar agora!

 

 

   

Comece com o pé direito!

 

Tomando a decisão certa hoje, você ganha nosso exclusivo livro de receitas. São 100 opções para garantir muito sabor e motivação na sua dieta!

 

 

 
 

Quero começar e ganhar o livro de receitas

 
     
 
 

Estamos te esperando!
Abraços, equipe Dieta e Saúde

 
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s